Eles são donos do Temer”, diz Flávio Dino sobre o grupo Sarney

“Os que botaram o Temer aí querem me responsabilizar. Eles são donos do Temer, da recessão, da crise, do caos”. Com essa afirmação, o governador Flávio Dino explicou uma série de ataques que vem sofrendo do grupo Sarney que nada tem relação com o governo estadual, mas sim com o governo do presidente Michel Temer.

Em entrevista na sabatina da TV Guará, na noite desta segunda-feira (27), Dino destrinchou as dificuldades vividas pelos governos estaduais na maior crise econômica da história do Brasil, que é decorrente do golpe, da instabilidade política e do “desastrado” – como classificou o governador – presidente Michel Temer.

Ele lembrou que o aumento de 16% na conta de energia é uma medida tomada pelo Governo Federal, por meio a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) – que tem como diretor um indicado por José Sarney –, e que os governos estaduais ficam de mãos atacadas, já que a Cemar é uma empresa privada, que foi terceirizada nos primeiros governos de Roseana.

Flávio Dino atribuiu também o aumento da criminalidade no Brasil à crise econômica que o país vive, sobretudo nos últimos dois anos sob o comando de Michel Temer. Ele comemorou o fato de o Maranhão andar na contramão dessa realidade e sublinhou que São Luís saiu da lista das 50 cidades mais violentas do mundo por conta de investimentos sérios durante a sua gestão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *