Ricardo Murad será encaminhado para Penitenciária de Pedrinhas

A Polícia Federal segue com a investigação sigilosa das Operações Peixe de Tobias e Abscondito II, que foram deflagradas na manhã desta quinta-feira (17) no Maranhão, Goiás, Tocantins, Pará e em Brasília. Foram cumpridos 30 mandados judiciais nas duas operações, que aprendeu 13 milhões de dólares e uma arma. Todos os presos, inclusive os de outros estados, vão ser encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em São Luís.

Uma das prisões foi a do ex-secretário de Saúde do Maranhão Ricardo Murad. Equipes da Polícia Federal foram até a casa de Murad para cumprir mandado de prisão, mas ele não foi encontrado. Enquanto ocorria a operação em sua residência, o ex-secretário se apresentou na sede da superintendência da PF no Maranhão, onde foi cumprido o mandado de prisão temporária. Murad prestou depoimento e será encaminhado para o Complexo de Pedrinhas, onde permanecerá por cinco dias, para cumprimento da prisão temporária.

Como parte da Operação Peixe de Tobias, um desdobramento da Operação Sermão aos Peixes, foram cumpridos 11 mandados de busca e apreensão e 9 de prisão temporária, são eles: Em São Luís (MA), 1 prisão temporária e 2 de busca e apreensão; Em Imperatriz (MA), 6 mandados de busca e apreensão e 5 de prisão temporária; Em Palmas (TO), 1 mandado de busca e apreensão e 1 de prisão temporária; Em Paraubebas (PA), 1 de busca e apreensão e 1 de prisão temporária; Em Goiânia (GO), 1 de busca e apreensão e 1 de prisão temporária.

Na Operação Abscondito II, que trata de vazamento de informações em investigações de desvio de recursos da Saúde, foram cumpridos os seguintes mandados: Em Goiânia (GO), 1 mandado de busca e apreensão e 1 de prisão preventiva; No Distrito  Federal, foram 2 de busca e apreensão, sendo que um deles foi em um escritório de advocacia; Em São Luís (MA), foram 4 mandados de busca e apreensão; Em Imperatriz (MA), foram 2 mandados de busca e apreensão e 1 de prisão preventiva. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *