Equipes de Bombeiros e Sema chegam à Godofredo Viana para desbloquear material de Mineradora

Equipes do Corpo de Bombeiros e da Secretaria Estadul de Meio Ambiente (Sema) foram enviadas à Godofredo Viana, nesta segunda-feira (05), para desobstrução da única via de acesso ao Povoado Aurizona, a 209 km de São Luís, localizado no litoral oeste maranhense.

Materiais que estavam em uma estrutura onde são colocados rejeitos de mineração deslizaram na manhã do último domingo (04), bloqueando a entrada do povoado. A mineradora informou que o desmoronamento aconteceu no que foi classificado como ‘pilha estéril’ e que vai investigar o acidente.

O desbarretamento no Maranhão ocorre na mesma semana em que a tragédia de Mariana-MG completa três anos, o maior impacto ambiental da história brasileira e o maior do mundo envolvendo barragens de rejeitos, quando 18 pessoas morreram e uma desapareceu depois que rompeu a barragem de rejeitos da mineração controlados pela Saramago Mineração S.A.

Uma equipe do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão já está no local fazendo um levantamento, para avaliar os danos causados pela movimentação de terra, afastar possíveis perigos e prejuízos causados à população.

A Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Sema) também enviou uma equipe técnica ao local para analisar possíveis impactos de natureza ambiental.

A Mineradora Aurizona foi notificada. Veja a nota divulgada pela Mineradora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *