Governo do Maranhão envia reforço e intensifica investigação em Bacabal

O Governo do Maranhão enviou reforço policial para a cidade de Bacabal, nesta segunda-feira (26). As investigações sobre o caso foram intensificadas, dois suspeitos foram presos.

A Polícia Militar reagiu ainda na noite de domingo a ousada e planejada ação de bandidos de outros Estados na cidade de Bacabal. O alvo foi uma agência do Banco do Brasil. Os policiais conseguiram expulsar a quadrilha do município, mesmo com o forte esquema montado pelos bandidos.

A ação da quadrilha surpreendeu até mesmo especialistas em segurança pública por causa da estrutura e do planejamento. Os bandidos queimaram viaturas e interditaram trechos da cidade, a fim de tentar impedir a perseguição da polícia.

Mas a PM reagiu prontamente, com fuzis e outros armamentos. No confronto, três suspeitos – sendo um do Tocantins – foram mortos. Até o início da manhã desta segunda-feira, dois suspeitos tinham sido presos.

O governador Flávio Dino afirmou, em suas redes sociais, que o trabalho foi intensificado. “Polícia do Maranhão reagiu e continua em campo. Há criminosos mortos, feridos e presos. Secretaria de Segurança vai divulgar balanço quando ações forem concluídas”, disse Flávio Dino.

A Secretaria de Segurança emitiu nota, veja abaixo na íntegra.

Sobre a ação dos criminosos em Bacabal, iniciada na noite deste domingo (25), a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA) informa que foram deslocadas várias equipes das polícias Civil e Militar para o município e cidades vizinhas. Três suspeitos, um deles do Tocantins, foram mortos em confrontos com as forças policiais. Até o início da manhã desta segunda-feira, dois suspeitos foram presos. A Polícia está estudando a conexão dos envolvidos com quadrilhas de outros estados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *