Polícia prende atual prefeito de Davinópolis pelo assassinato de ex-prefeito

Ex-prefeito Ivanildo Paiva foi assassinato no dia 3 de novembro

Em Operação realizada na manhã desta segunda-feira (31), a polícia civil prendeu o atual prefeito de Davinópolis, Rubem Firmo, pelo envolvimento no assassinato do ex-prefeito Ivanildo Paiva, que foi executado em novembro deste ano.

Foto: Blog Luís Cardoso

Além do atual prefeito, também foi preso na mesma operação policial o filho de Rubem Firmo.

As investigações já levaram à prisão diversas pessoas envolvidas no homicídio, inclusive dois militares.

Prioridades para 2019

Artigo do governador Flávio Dino

Construímos muita coisa boa nos 4 anos do nosso 1º mandato. Mesmo em meio à maior crise da história do Brasil, o Maranhão conseguiu andar para a frente, ampliando serviços públicos. Fizemos 10 novos hospitais de grande porte, 3.000 km de asfalto, mais de 800 escolas construídas ou reformadas e a maior tropa policial da história. E mais, muito mais, em todas as áreas, visando sempre ao desenvolvimento com justiça social.

Para a nossa nova gestão, ainda não surgiu no horizonte a saída para a crise nacional. Mas tenho certeza de que, juntos, continuaremos construindo um Maranhão melhor para todos. Graças à renovação da confiança que o povo do Maranhão depositou em mim, teremos mais 4 anos para implementar programas. Vamos aprofundar ainda mais nossa aposta no que foi a marca de nossa primeira gestão, a Educação. Nosso principal programa, o Escola Digna, já resultou em um expressivo aumento no IDEB da rede estadual, na ordem de 20%. E queremos continuar a elevar a qualidade do nosso ensino, pois todas as experiências internacionais e nacionais mostram que essa é uma premissa para o crescimento econômico e para uma sociedade mais justa.

Além da construção e renovação de prédios escolares, vamos celebrar o Pacto pelo Fortalecimento da Aprendizagem, envolvendo ainda mais escolas municipais para a melhoria sustentável do nosso IDEB, agora e na próxima década. Para viabilização do Pacto, irei assinar no dia 1º o Decreto que o regulamenta, visando à obtenção de participação dos municípios.

A tecnologia também será caminho fundamental para a busca do desenvolvimento do Maranhão, com mais escolas técnicas do IEMA. E também com uma política de incentivo para a criação de empresas de inovação tecnológica – as chamadas startups.

Em paralelo a essas políticas, também vamos reforçar ações sociais que já implantamos no primeiro mandato. E que vamos aprofundar agora. É o caso do Cheque Minha Casa. Já em janeiro vamos abrir novo edital para beneficiar mais 4 mil famílias. Esse é um programa fantástico, que oferece recursos diretamente a famílias carentes para que comprem material para reformar suas residências. Além de uma moradia digna, esse programa ajuda a movimentar o comércio, pois garante recursos para compra de material de construção, ajudando a gerar empregos.

Agora vamos criar o Cheque Cesta Básica, uma promessa de campanha à reeleição que já começarei a implementar em 2019. O programa terá início com foco nas gestantes de baixa renda, objetivando reduzir a mortalidade infantil.

Finalmente, menciono que vamos iniciar novas e concluir obras importantes. Entre centenas de exemplos possíveis, menciono os novos Socorrões de São Luís e de Imperatriz, essenciais para melhorar a saúde do nosso Estado.

Infelizmente, no cenário nacional, não temos condições ainda de acreditar em um crescimento vigoroso da economia, como já tivemos em outros tempos. No entanto, juntos podemos seguir avançando em nosso Estado, fazendo a nossa parte. Com seriedade, coragem e transparência para enfrentar os desafios e construir o Maranhão melhor que todos merecemos. Feliz 2019.

Alcântara completa 370 anos e recebe benefícios do governo

A histórica cidade de Alcântara comemorou seus 370 anos com muita festa e benefícios para a população. Neste sábado (22), o secretário de Comunicação e Assuntos Políticos, Márcio Jerry, esteve no município, representando o governador Flávio Dino, para garantir ações do Governo do Estado na data do aniversário da cidade.

Como parte das ações do fortalecimento da saúde e do apoio aos municípios do Maranhão, o Governo garantiu convênio, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, de R$ 1,8 milhões para a reforma do Hospital Municipal. A ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Anderson Wilker e pelo secretário Márcio Jerry, como parte do pacote de benefícios entregues no aniversário de Alcântara.

Durante a manhã de festas e inaugurações, a Prefeitura entregou a Unidade Básica de Saúde Nayres da Cruz Rodrigues, que foi totalmente reformada e equipada para atender a população do povoado Mangueiral, e assinou ordem de serviço para a revitalização do prédio do Executivo Municipal. Também foram entregues veículos para as secretarias de Saúde, Assistência Social e Guarda Municipal.

“Hoje um dia importante para Alcântara que merecidamente recebe presentes importantes do prefeito Anderson e do governador Flávio Dino”, ressaltou Márcio Jerry, que ainda vistoriou o andamento das obras de pavimentação de ruas na sede do município.

“Sem dúvidas, o Governo do Estado tem sido um grande parceiro na construção dessa Alcântara de todos nós. Só tenho a agradecer o governador Flávio Dino por essa parceria que tem gerado bons frutos para a nossa população”, destacou o prefeito Anderson.

“Trabalho e seriedade só geram resultados positivos”, diz Edivaldo em mensagem de fim de ano

Em vídeo com mensagem de fim de ano, o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) felicitou todos os ludovicenses e definiu 2018 como um período em que se teve que trabalhar mais com menos. Encerrando mais um ano de administração planejada e equilibrada, o pedetista tem vivenciado uma das maiores altas de popularidade da sua carreira política.

Edivaldo conseguiu, mesmo enfrentando um cenário de crise, assegurar as contas públicas em dia, tarefa difícil para a maioria dos municípios, diante dos sequenciais aumentos da demanda da cidade e das sucessivas quedas dos repasses federais. Enquanto capitais tiveram dificuldade de manter em funcionamento até os serviços básicos, em São Luís o pedetista investiu em obras e ações de todos os setores.

“Não recuo um milímetro da responsabilidade assumida porque tenho convicção que trabalho e seriedade só geram resultados positivos”, disse o prefeito em trecho da mensagem em que desejou um ano de prosperidade para todos.

Assembleia do Maranhão entra em recesso com a expectativa para próxima gestão

A Assembelia Legislativa do Maranhão entra em recesso parlamentar depois da realização da sessão solene para entrega da Medalha Manuel Beckman, ao Comandante Geral da Polícia Militar, Coronel Jorge Luongo. O requerimento é de autoria do deputado Rogério Cafeteira (DEM). A Medalha Manuel Beckman, é maior honraria da Assembleia Legislativa.

Os parlamentares limparam a pauta de votação na segunda-feira, e já foi definida a Comissão de Recesso que começa regimentalmente no sábado (22), composta pelos deputados Marco Aurélio (PCdoB), Rafael Leitoa (PDT), Roberto Costa (MDB), Rogério Cafeteira (DEM) e Vinícius Louro (PR).

A Comissão tem como integrantes parlamentares que foram reeleitos, com exceção de Rogério Cafeteira que está cotado para assumir Secretaria na nova gestão do Governo do Maranhão. Inclusive, dos deputados eleitos e reeleitos, já circula nos bastidores da política, que pelo menos seis possam assumir secretarias de Governo, são eles: Adelmo Soares, Daniela Tema, Helena Duailibe, Marco Aurélio, Marcelo Tavares e Neto Evangelista. Por enquanto, apenas especulação, já que o único nome confirmado para compor equipe de Governo, foi o do atual secretário de Educação, Felipe Camarão, que teve o nome confirmado pelo Governador do Maranhão, na coletiva durante a cerimônia de diplomação do TRE.

A bancada da Assembleia teve 57% de renovação, mas o que o cenário mostra é a continuidade da maioria de parlamentares da situação. Por enquanto, são três deputados da oposição, Adriano Sarney (PV), César Pires (PV) e Wellington do Curso (PSDB). Roberto Costa e Arnaldo Melo, ambos do MDB ainda estão com posicionamento indefinido, já que o partido deles não entrou em consenso quanto ao novo presidente da sigla.

A definição da presidência do MDB ocorre em fevereiro, lembrando que a disputa pelo partido é polarizada entre Roberto Costa e César Pires… agora essa é uma outra história.

O incômodo da oposição com o sucesso do Mais Asfalto

A gestão de Flávio Dino à frente do Maranhão em seus primeiros quatro anos de mandato tem uma série de marcas de sucesso. Mas algumas são mais destacadas do que outras. Como é o caso do programa Mais Asfalto.

Iniciado nos primeiros dias de 2015, em Imperatriz, a iniciativa já beneficiou quase todos os 217 municípios do estado com milhares de quilômetros de pavimentação de vias urbanas. Mesmo não sendo atribuição do governo, Flávio Dino fez questão de ajudar os municípios em tempos de crise.

Como a população aplaudiu e reconheceu o esforço do Executivo Estadual em melhorar a qualidade de vida do povo por meio da pavimentação de ruas urbanas, a oposição tratou logo de desqualificar o programa que tem gerado benefícios incontestáveis a milhares de maranhenses.

Como não conseguiu descredibilizar a iniciativa ao longo dos últimos anos, mesmo usando massivamente um verdadeiro império midiático, a oligarquia Sarney partiu para o desespero e tenta um tapetão, via Justiça, alegando que o Mais Asfalto foi usado como programa eleitoreiro.

Mas como eles irão provar que uma iniciativa que teve início logo nos primeiros dias da gestão de Flávio Dino e nunca parou foi usada somente para angariar votos?

Talvez o costume de como era feito nos últimos 50 anos de domínio da oligarquia Sarney no Maranhão tenha levado eles a pensar que o modus operandi ainda continuava o mesmo, quando as máquinas de asfalto só chegavam nas cidades nos três meses que antecediam as eleições.

A ação disparatada movida pelo MDB pedindo a cassação do governador Flávio Dino só mostra o incômodo da oposição com o sucesso do Mais Asfalto e uma tentativa desesperada de, mais uma vez, tomar o poder no Maranhão via golpe judicial.

CPI da Cyrela ouve novas testemunhas

A Comissão Parlamentar de Inquérito que investiga supostas irregularidades em obras da Construtora Cyrela no Maranhão ouviu nesta quarta-feira (18) novas testemunhas.

A CPI está na fase de coleta de informações para verificar veracidade do descumprimento de direitos aos consumidores por parte da Construtora.

Um dos casos que está sendo investigado pelos parlamentares é do condomínio Jardins, próximo ao Cohafuma. Entregue como construção de alto padrão, mas vários imóveis precisaram ser evacuados após ameaça de desabamento por causa de um vazamento de gás.

A CPI é composta por 14 deputados e tem o prazo de 120 dias para proceder às investigações, então deve seguir até o dia 31 de janeiro.

Igarapé do Meio, posse de suplente de vereador deve ocorrer em sessão extraordinária

O impasse na Câmara Municipal de Igarapé do Meio continua, já que ainda falta tomar posse um dos suplentes de vereador, José do Carmo (Professor Zezé), o que deve ocorrer em sessão extraordinária, pois a Caa Parlamentar já entrou em recesso. O outro suplente, Dimas de Souza de Lima, já tomou posse e se tornou vereador titular. Os dois ocupam as vagas deixadas pelas vereadoras, Odeanna Layser Melo e Rozenilde Vieira, que tiveram os mandatos extintos por se ausentarem, sem justificativas, de mais de um terço das sessões legislativas.

A ausência das parlamentares foi comprovada em mais de 10 sessões plenárias, sendo que a Câmara teve apenas 24 sessões durante o ano de 2018. A denúncia de faltas sucessivas foi acolhida pelo Presidente da Câmara Municipal, José Benedito Mendes Santos, com base no Decreto-lei 201/67, na Lei Orgânica do Município e no regimento interno da Casa Parlamentar.

O advogado especialista em direito eleitoral, Carlos Sérgio, ressaltou que a decisão tomada pela presidência da Casa Parlamentar foi a mais correta ao final do ano Legislativo, e afirmou que ainda existe possibilidade das vereadoras recorrerem.

A extinção dos mandatos provocou revolta em outros vereadores, como Givanildo de Freitas e Djair Pereira Viana, que agora devem responder por ameaças e destruição de patrimônio público. Já que na segunda-feira (17) durante sessão na Câmara municipal de Igarapé do Meio provocaram tumulto.

Os vereadores estão sendo acusados de terem quebrado a porta de acesso ao gabinete do presidente da casa, de terem ameaçado outros vereadores e destruído livros oficiais.

Maranhenses denunciam médium João de Deus, diz MP de Goiás

A força-tarefa, criada pelo Ministério Público de Goiás, para apurar as acusações de abuso sexual contra o médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, recebeu até essa segunda-feira (17) 506 relatos de mulheres que denunciam crimes sexuais envolvendo o médium. Há uma semana, desde que o grupo foi criado, o número de denúncias aumenta.

O delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, André Fernandes, confirmou que o pedido de prisão preventiva contra João de Deus se baseou em 15 denúncias, já formalizadas, aos policiais. Nelas, as mulheres prestaram depoimento separadamente e contaram relatos semelhantes sobre o suposto modo de agir do médium.

De acordo com o Ministério Público, há possíveis vítimas também no Ceará, Mato Grosso e Rio Grande do Norte. Anteriormente, as investigações se concentravam em Goiás, no Distrito Federal, em Minas Gerais, em São Paulo, no Paraná, no Rio de Janeiro, em Pernambuco, no Espírito Santo, Rio Grande do Sul, no Mato Grosso do Sul, no Pará, em Santa Catarina, no Piauí e no Maranhão.

Há, ainda, relatos de suspeitas em seis países: Alemanha, Austrália, Bélgica, Bolívia, Estados Unidos e Suíça. As vítimas podem fazer os relatos para [email protected]

A força-tarefa foi instituída pelo procurador-geral de Justiça de Goiás, Benedito Torres Neto, e é formada por seis promotores e duas psicólogas da equipe do MP.

Há seis dias, o procurador-geral de Justiça também encaminhou um ofício-circular aos procuradores-gerais de Justiça dos MPs Estaduais e do Distrito Federal solicitando que sejam designadas unidades de atendimento para coleta de depoimentos de possíveis vítimas do médium.

CNJ define que auxílio-moradia de R$ 4.377 só será pago para magistrados transferidos

O CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) aprovaram nesta terça-feira (18) a resolução que regulamenta o pagamento do auxílio-moradia a juízes, desembargadores e membros do Ministério Público de todo o país.

A partir de agora, o benefício fica restrito aos magistrados e procuradores que forem designados para trabalhar em locais distintos de sua atuação original por demanda do Poder Judiciário.

Ou seja, não serão contemplados casos em que a mudança ocorreu por interesse do próprio magistrado, como em mudanças de cidade por progressão na carreira.

A resolução do CNJ entrará em vigor no dia 1º de janeiro de 2019. O Conselho prevê que posteriormente seja editada uma resolução conjunta com o CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) para igualar as regras para juízes e membros do Ministério Público.