Subcomissão permanente da Câmara vai acompanhar uso da Base de Alcântara

Uma Subcomissão Permanente da Câmara dos Deputados deverá acompanhar as tratativas para uso do Centro de Lançamento de Alcântara (CLA), no Maranhão. O pedido, feito nesta quarta-feira (29) durante audiência da Comissão de Ciência, Tecnologia, Comunicação e Informática da casa, foi assinado pelos deputados federais Luiza Erundina (PSOL-SP) e Márcio Jerry (PCdoB-MA) e aprovado pela Comissão.

O intuito é constituir um colegiado específico para promover uma discussão qualificada e aprofundada sobre o novo Acordo de Salvaguardas Tecnológicas (AST), firmado entre o Brasil e EUA em março deste ano, e outros possíveis acordos internacionais, além de acompanhar o debate em torno do potencial e relevância do CLA para o desenvolvimento científico e tecnológico brasileiro.

Citando as ações que já têm sido desenvolvidas no Estado do Maranhão e na casa legislativa, Jerry afirmou que a ampliação do debate é benéfica para que não reste dúvida sobre as possíveis consequências do projeto. “O AST finalmente chegou à Câmara dos Deputados, terá que tramitar, e é preciso que a gente faça o debate o mais amplo possível, para que não haja dúvida sobre os termos e os impactos para a população de Alcântara e para a comunidade quilombola, que é dona legítima do território onde está instalado o CLA”, comentou.

Composta por nove membros da CCTCI, a subcomissão também vai analisar e monitorar as políticas relacionadas à Base no território maranhense, oferecendo sugestões e propostas que possam auxiliar na superação dos desafios da política espacial do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *