Cansados de esperar, moradores realizam mutirão para tapar buracos nas ruas de Bacabal

Os moradores da cidade de Bacabal resolver se unir para tapar os buracos de várias ruas do Bairro Vila Coelho Dias. A ação voluntária reuniu dezenas de moradores que, cansados de esperar, usaram cimento e materiais domésticos para solucionar um problema que deveria ser resolvido pela administração municipal.

Recentemente a cidade de Bacabal passou por mudança de administração e foi empossado o novo prefeito, Edvan Brandão (PSC), eleito no último dia 28 de outubro através da eleição suplementar.

Em vídeo divulgado nas redes sociais, os moradores pedem ajuda ao novo prefeito.

Até o momento a Prefeitura de Bacabal não se posicionou sobre o caso.

Eleição em Bacabal, disputa pode ocorrer em outubro

A cidade de Bacabal se prepara para mais uma eleição, para a escolha do prefeito municipal em pleito suplementar. 

O prefeito Zé Vieira e o vice Lourenço tiveram os registros das candidaturas indeferidas por decisão do Tribunal Superior Eleitoral, e desde de ontem, terça-feira (03), assumiu o comando do executivo municipal o Presidente da Câmara de Bacabal, o agora pré-candidato à prefeitura, vereador Edvan Brandão.

O prefeito interino assume o comando da gestão de forma provisória, e se a lei for cumprida pelo TSE, até no máximo o mês de Agosto de 2018, poderá ter nova eleição para prefeito em Bacabal.

Pelo prazo, a eleição suplementar deveria ocorrer entre 20 e 40 dias. Tempo, inclusive, para evitar que o prefeito interino tenha vantagens sobre os demais candidatos, mas tudo indica que a disputa fica para outubro. 

A disputa também não vai poder contar com programas de rádio e TV, assim sendo, as redes sociais terão papel preponderante na eleição suplementar de Bacabal.

Existe uma expectativa de que a eleição suplementar seja realizada no dia 27 de outubro, data marcada para o 2º turno das eleições. Nada foi definido ainda.

Dois nomes já são apontados como candidatos ao “mandato tampão”: o próprio prefeito interino, Edvan Brandão, que faz parte do grupo do deputado estadual Roberto Costa (MDB), que chegou a ter o nome ventilado como uma nova chance para assumir a prefeitura, já que o parlamentar perdeu a disputa nas últimas eleições para o prefeito que teve registro de candidatura indeferido; e o outro nome é o da esposa de Zé Vieira, Patrícia Flávia Braga Vieira Lins.

José Vieira de volta à prefeitura de Bacabal

Continua a novela do vai-volta na prefeitura de Bacabal … O Tribunal de Justiça do Maranhão determinou hoje (01), novamente, o retorno de José Vieira Lins ao comando da prefeitura de Bacabal. A decisão é do desembargador Raimundo Melo.

Zé Vieira (PP) e Florêncio Júnior (PHS)

No dia 10 de novembro, o vice-presidente do Tribunal de Justiça do Maranhão, desembargador Antônio Fernando Bayma Araújo, determinou a prevalência de uma decisão anterior do desembargador José Ribamar Castro, que retirava Zé Vieira do cargo de prefeito.

Nesta última decisão do TJ-MA, Raimundo Melo justificou que, ao conceder a liminar determinando o retorno do prefeito José Vieira ao cargo, apenas seguiu as regras regimentais aplicáveis. “Em outros termos, o decano da Corte não poderia haver decidido pelo afastamento do prefeito de Bacabal porque não tinha competência para fazê-lo, nos termos do Regimento Interno”, ressaltou.

A decisão ainda cabe recurso. Até nova decisão, a câmara de vereadores de Bacabal pode ser notificada pela justiça para dar nova posse à Zé Vieira. O vice-prefeito de Bacabal, Florêncio Neto, já havia sido empossado pela câmara de vereadores da cidade após a primeira decisão do Superior Tribunal de Justiça.
Histórico das decisões

Zé Vieira é novamente afastado da prefeitura de Bacabal

A justiça afastou novamente o prefeito de Bacabal, Zé Vieira (PP). A decisão foi desembargador José de Ribamar Castro, da Segunda Câmara Cível do Tribunal de Justiça do Maranhão, e torna sem efeito o despacho da desembargadora Cleonice Freire, responsável pelo plantão judicial de ontem, que havia retornado Zé Vieira ao cargo.

Zé Vieira (PP) e Florêncio Neto (PHS)

O vice-prefeito Florêncio Neto (PHS), vai reassumir o comando da administração municipal, ele que chegou a ser empossado, na Câmara de Vereadores, na última segunda-feira.

O Superior Tribunal de Justiça já havia condenado Zé Vieira por ato de improbidade administrativa, o que provocou o primeiro afastamento por parte da Câmara Municipal.