Começam obras do novo prolongamento da litorânea

As obras do novo prolongamento da Avenida Litorânea tiveram início com a retirada de construções na área da praia do Caolho. Serão 1800 metros de extensão a partir do prolongamento litorânea até a avenida São Carlos, a mesma do Hotel Sesc Olho D´Água.

São Melhorias na infraestrutura e urbanização que vão mudar o cenário do local, pois o projeto inclui a construção de bares e restaurantes padronizados, praças, pontes, calçadão e pavimentação.

A ideia é, não só de urbanização e turismo, o novo prolongamento possibilita infraestrutura adequada para implantação do novo corredor de transporte, o BRT.

O BRT é um ônibus de transporte rápido entre os municípios da Grande Ilha, com a construção de dois terminais, um terminal no retorno do Quartel da Polícia Militar e outro no entorno do Elevado da Raposa. A previsão é que em 24 meses a obra seja concluída.

Serão três trechos, com a previsão de entrega da primeira com seis meses após o início das obras, a segunda etapa deve ser entregue em dez meses e a finalização do novo prolongamento deve ser entregues em 24 meses.

“Essa obra tem uma ampla importância por ser a base para que este novo corredor de tráfego seja implementando garantindo maior fluxo ao trânsito entre os municípios da Grande Ilha. Um grande trabalho que vai impactar positivamente no turismo, na geração de emprego e renda e, o mais importante, na melhor qualidade de vida para quem frequenta e reside na área”, disse o presidente da Agência Metropolitana Lawrence Melo.

Veja o vídeo: Governo do estado edita decreto para garantir serviços essenciais

Na manhã deste domingo (27), em razão da crise federal de combustíveis, o governador do Estado, Flávio Dino, editou decreto autorizando a requisição administrativa de veículos e embarcações para garantir os serviços essenciais para a população.

Em razão dos bloqueios das estradas, o abastecimento de ambulâncias, viaturas das forças de segurança e dos veículos de transporte coletivo, por exemplo, estava sendo ameaçado.

Quando o Governo precisar se utilizar de algum bem ou serviço pertencente a um particular, prevê a Constituição, o proprietário será posteriormente indenizado.

Com o decreto deste domingo, uma das primeiras medidas foi a requisição administrativa de embarcação de ferry boat para transportar combustível para a Baixada Maranhense, que já sofria com desabastecimento total, colocando a população em risco, sem serviços públicos de ambulância e policiamento.

Já na noite deste domingo (27) as cidades da Baixada receberam combustíveis. O Governo do Maranhão vem acompanhando o movimento grevista com o respeito constitucional que lhe é merecido, mas buscando preservar os serviços essenciais para a população.

Secretaria da Saúde esclarece fim do contrato com Instituto que administrava hospitais no Maranhão

A Secretaria da Saúde emitiu nota oficial nesta quinta-feira (24) esclarecendo o fim do contrato com o Instituto Gerir que administrava hospitais no Maranhão. Segundo a nota, o Instituto não atendia às exigências para garantir as melhores condições de trabalho dos servidores, por conseguinte não garantia o melhor atendimento à população.

Ainda segundo a Secretaria, várias notificações foram feitas por conta dos sucessivos descumprimentos de contrato, e reiterou que não irá ceder às ameaças e chantagens por parte dos representantes do Instituto Gerir.

Veja na Íntegra a Nota Oficial

1. A Secretaria de Estado da Saúde informa que resolveu suspender o contrato com o Instituto Gerir, que administrava três hospitais no Maranhão, tendo em vista reiterados descumprimentos do contrato.

2. A medida foi antecedida de sucessivas notificações ao Instituto Gerir, que infelizmente não estava cumprindo suas obrigações.

3. Chama atenção que o Instituto Gerir foi a única OS a apresentar incompreensível resistência em submeter-se às melhorias do sistema de prestação de contas de recursos públicos, o que é inaceitável nesta gestão.

4. A suspensão do contrato visou possibilitar a melhoria dos serviços prestados à população, já que o Instituto Gerir falhou nesse objetivo.

5. Lamentavelmente, alguns representantes do Instituto Gerir resolveram reagir com ameaças e chantagens, inclusive envolvendo indevidamente uma emissora de TV. Contudo, a nossa gestão não cede a chantagistas nem a qualquer tipo de pressão ilegal, venha de onde vier.

6. As medidas que estão sendo adotadas pelo Estado visam garantir o melhor atendimento à população e melhores condições de trabalho para os servidores da saúde.

Governo empossa novo secretário de Trabalho e Economia Solidária

Hernando Macedo foi empossado como o novo secretário da Setres

Foi empossado na manhã de hoje (21) no Palácio dos Leões, o novo secretário de Trabalho e Economia Solidária, Hernando Dias de Macedo.

Hernando é irmão do deputado estadual Fábio Macedo. O novo secretário foi prefeito de Dom Pedro entre os anos de 2013 e 2016. 

Durante a solenidade, o governador Flávio Dino ressaltou ainda os dados positivos de geração de empregos formais no estado, referente ao primeiro quadrimestre de 2018. 

De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), o Maranhão gerou mais de 1,8 mil admissões líquidas, a maior parte delas nos setores de agropecuária e serviços.

Com a posse de Hernando Macedo na SETRES, Dino pacifica totalmente as relações políticas com a família Macedo.

Secretaria de Trabalho e Emprego terá novo Secretário

Foram confirmadas as especulações de mudança na pasta estadual do Trabalho e Emprego. O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) anunciou através de suas redes sociais a troca de comando da secretaria a partir de segunda-feira (21).

O novo secretário é o ex-prefeito de Dom Pedro, Hernando Dias de Macedo (PDT), parente do empresário Dedé Macedo.

No anúncio, o Governador agradece os antecessores, o deputado federal Julião Amin e Silvio Pinheiro, que volta para o cargo de Subsecretário.

“Mudanças concretas e efetivas”, destaca Márcio Jerry sobre as ações do governo reconhecidas pela imprensa nacional

São 3 anos e 3 meses de governo Flávio Dino e os resultados vêm sendo reverberados na imprensa nacional.

O secretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos, Márcio Jerry (PCdoB), ressaltou hoje (20), em reunião de alinhamento com os gerentes regionais da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), três pontos positivos do governo que foram destaques nacionais: Os compromissos de campanha cumpridos; a 2º melhor situação de saúde fiscal entre os estados brasileiros; e o 2º melhor desempenho do PIB do país.

Essa reunião ocorre periodicamente com os gerentes e servidores da Caema, o diferencial neste encontro foi a apresentação realizada sobre as ações e resultados da gestão Flávio Dino.

“São ações de mudanças efetivas e concretas na educação, saúde, segurança pública, infraestrutura urbana, produção, preparação do estado para receber grandes investimentos privados, e desse momento virtuoso que vive o Maranhão, mesmo num momento de crise nacional, com o Maranhão firme e forte. Foi isso que pudemos mostrar para os gestores, criando um ambiente de mais sinergia nas ações do nosso governo em todo o Maranhão”, ressaltou o secretário.

Empresários chineses participam de Seminário sobre desenvolvimento econômico do Maranhão

governador Flávio Dino abriu o seminário com um breve levantamento sobre os avanços econômicos do Maranhão nos últimos anos

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) abriu hoje (19) o Seminarios Estratégicos Mais Desenvolvimento fazendo um levantamento sobre os avanços econômicos alcançados pelo Maranhão nos últimos anos. “Nós tivemos um 2017 muito positivo; pela primeira vez na história, o Maranhão foi o Estado que teve o maior desenvolvimento econômico do Brasil. Isso se constitui exatamente na continuidade dessa política. Nós temos que continuar trabalhando para sustentar esse ciclo, nós estamos muito confiantes que nesses dias [de seminário] nós estamos assistindo a um salto adiante da economia do Maranhão, a continuação dessa estratégia de desenvolvimento”, afirma Flávio Dino.

Mais de 100 empresas maranhenses confirmaram presença nos debates, palestras, painéis, exposição e rodadas de negócios programados para os dias de evento.

O evento é um momento de discussão de investimentos, geração de emprego e incentivos à produção no Maranhão, por meio dos programas desenvolvidos pelo Governo do Estado para impulsionar o setor produtivo.

Ainda no evento, os empresários maranhenses tiveram a chance de conhecer um pouco mais sobre a China Brazil New Energy Environment International Investment, mais conhecida como CBSteel, que se instalará ainda este ano no Maranhão.

A empresa chega depois de anos de negociação entre o Governo do Maranhão para a instalação de uma megasiderúrgica no estado. O investimento anunciado é de até US$ 8 bilhões – em duas fases – para produção de até R$ 10 milhões de toneladas de aços longos.

O cronograma prevê o início da construção ainda no segundo semestre de 2018 e das operações até 2022. Nos cálculos do Governo, entre empregos diretos e indiretos, o negócio pode gerar 10 mil postos de trabalho na obra e 2.500 na fase operacional, criando uma nova cidade inteligente na região de Bacabeira.

“O estado do Maranhão é uma terra promissora. Amamos este solo e as pessoas dessa terra. Faremos grandes contribuições ao desenvolvimento da economia. Nos tornaremos cidadãos do Maranhão. A CBSteel é uma grande aliança com mais de 30 parceiros e o começo do projeto de construção é só o primeiro passo. Sob a liderança do Estado do Maranhão, o projeto da CBSteel irá atingir o êxito pretendido”, conta Zhang Shengsheng, CEO da CBSteel.

Cerca de 800 viaturas já foram entregues pelo governo do estado nos últimos 3 anos

O Maranhão aparece em segundo lugar no ranking de investimentos em segurança. O levantamento foi divulgado hoje (05) pelo jornal Folha de São Paulo, e o Maranhão, que aumentou o investimento em 26% (R$ 1.559 milhão) perde apenas para o Piauí que aumentou em 186% o investimento (R$ 707 milhões).

O governo vem investindo tanto em equipamentos como em aumento de contingente policial. Hoje foram entregues mais 20 viaturas à polícia militar que tem como destino o interior do estado, totalizando mais de 800 viaturas entregues nos últimos 3 anos, e foi ampliado o número de policiais no Maranhão, são 12 mil profissionais com as nomeações feitas a partir de 2015.

Governo do estado entrega 20 novas viaturas

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), disse que os investimentos têm garantindo bons resultados, como a redução no número de homicídios na Grande São Luís que diminui 60% em fevereiro deste ano, no comparativo com o mesmo período de 2014. O levantamento foi feito pela Secretaria de Estado de Segurança Pública.

Escola sem reforma a mais de 30 anos é reinaugurada em Davinópolis

“Antes não tinha condição de ter aula aqui, tinha até que despachar os alunos, pois chovia mais dentro do que fora”, desabafa Maria Elayne, a aluna de 17 anos que estuda no Centro de Ensino Francisco Alves II.

A escola da cidade de Davinópolis foi entregue hoje (02) reformada e readequada para atender a quase 700 alunos, com investimentos de mais de R$ 870 mil.

A escola ganhou telhado e piso novos, teve a parte hidráulica recuperada, foi construída sala para laboratório, janelas de madeira trocada por janelas de vidro, portas e grades trocadas. São oito salas de aula, construção de auditório, laboratório, secretaria, sala de professores.

A unidade foi contemplada ainda com dois kits esportivos, totalizando 204 itens para a prática de modalidades diversas. A solenidade será na Avenida Davi Alves Silva, Centro.

Incentivo em dinheiro. Sancionada Lei que cria Bolsa Residente e Bolsa Preceptor

A partir desta sexta-feira (2) o processo de formação especializada dos profissionais da área da saúde para atuarem no Sistema Único de Saúde (SUS) recebeu um grande incentivo do governo do estado. Foi sancionada pelo governo estadual a Lei que cria a ‘Bolsa Residente’ e o ‘Bolsa Preceptor’.

O projeto de autoria do Poder Executivo foi aprovado em regime de urgência pela Assembleia Legislativa e dá incentivo financeiro de até R$ 3.330,43 por bolsa de estudo.

“Visa-se atender, sobretudo, às necessidades da Residência Médica e Multiprofissional em Saúde em nosso Estado, com vistas ao aprimoramento dos profissionais e manutenção de pessoal capacitado em solo maranhense”, disse o governador Flávio Dino.

De acordo com o projeto, as bolsas serão concedidas para os programas de Residência que estejam devidamente autorizados pelos órgãos competentes. O valor da ‘Bolsa Residente’ será de até R$ 3.330,43 (três mil, trezentos e trinta reais e quarenta e três centavos) e deverá ser concedida, exclusivamente, aos residentes admitidos mediante processo específico de seleção, nos moldes e valores estabelecidos pelo Ministério da Educação (MEC).

O valor da ‘Bolsa Preceptor’ será de até R$ 2.000,00 (dois mil reais) e deverá ser concedida, exclusivamente, aos integrantes designados para atuar como preceptor.

As Bolsas não se incorporarão à remuneração ou proventos.