Diretório Estadual do PCdoB faz balanço e inicia planejamento para 2020

Em reunião do diretório estadual do PCdoB-MA, nesta sexta-feira (23), a legenda começou a deliberar as primeiras estratégias de planejamento para os próximos anos, com foco no pleito de 2020. A intenção é manter os resultado obtidos nas últimas eleições municipais, em 2016, quando o PCdoB liderou o ranking como partido que mais elegeu prefeitos no Maranhão.

O encontro contou com a participação do dirigente nacional Fabio Tokarski e foi, antes de tudo, um momento de avaliação do processo eleitoral deste ano. Para o presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, a sigla apresentou excelente resultado em 2018, tendo, além da reeleição do governador Flávio Dino, eleito dois deputados federais e seis deputados estaduais.

“Uma reunião muito produtiva, que aponta, no Maranhão, o protagonismo ainda maior do PCdoB e que também nos faz pensar em ter grandes e importantes conquistas também em 2020”, defendeu Márcio Jerry, dando o pontapé inicial ao planejamento interno para os próximo dois anos.

“Em 2016 nós fomos o partido que elegeu o maior número de prefeitos no estado e vamos trabalhar para repetir a performance em 2020 e essa reunião já foi, mesmo neste ano, o ponto de partida para que a gente planeje 2019 e 2020”, informou o presidente do diretório do partido.

Congresso nacional do PC do B reúne lideranças políticas até de outros partidos

Reunindo lideranças dos movimentos sociais, autoridades e lideranças políticas de diversos partidos, o ato do 14º Congresso do PCdoB, realizado neste sábado (18), transcendeu o encontro da legenda e se transformou num grande movimento das forças populares em defesa dos interesses nacionais e contra o retrocesso do governo de Michel Temer.

“Somos retalhos de uma mesma colcha e os nossos militantes serão os costureiros da unidade”, sintetizou a pré-candidata do PCdoB à Presidência da República, ao se referir aos partidos presentes no ato, que contou com representantes do PDT, PT, PSB, PV e PPS. O ex-presidente Lula esteve no encontro no domingo (19), no encerramento do Congresso.

“Não tentem nos dividir”, advertiu Manuela, numa clara referência ao discurso propagado por parte da grande mídia de que a sua pré-candidatura seria para dividir o campo progressista ou atrapalhar as pretensões de outros pré-candidatos.

“Não tentem dividir aos homens e mulheres que estão neste palco e que vivem o que significa a desconstrução veloz do Estado brasileiro. Não tentem dividir aqueles que trabalham e sabem o valor da CLT. Não tentem dividir as mulheres e homens que estão nas universidades ou institutos federais e sabem o que significa a Emenda Constitucional 95. Não tentem dividir aqueles que sonham com um Brasil soberano, desenvolvido e justo para o seu povo”, reafirmou a deputada gaúcha.

E completa: “Nós, do PCdoB, sempre fomos aqueles que soubemos o valor da unidade. Não será num momento de busca de saídas de uma crise tão severa que faltaremos com o compromisso com a bandeira e os sonhos de um Brasil justo e soberano”.

Legitimidade

A presidenta nacional do PCdoB, deputada Luciana Santos (PE), asseverou que 2018 será a grande arena de debate no país. “O PCdoB defende a legitimidade da campanha de Lula. Assim como é legítima a candidatura de Ciro Gomes. E é nessa mesma seara que o PCdoB, um partido de 95 anos, apresenta pela terceira vez na sua história, uma pré-candidatura a presidente da República com Manuela D’Ávila”, disse a dirigente comunista.

E acrescenta: “Todas são candidaturas estão a serviço da retomada do projeto nacional e popular. A serviço de uma frente ampla que discuta o Brasil e possa dar garantias de que esse pais tem saídas e a nação não se renderá e vai assegurar a retomada do projeto nacional e popular”.

PDT e Ciro

Márcio Jerry é reeleito presidente estadual do PC do B durante Conferência

Márcio Jerry é reeleito presidente estadual do PC do B durante a conferência estadual da legenda.

A 15ª Conferência Estadual do PC do B foi realizada durante o final de semana no espaço Renascença, em São Luís. Participaram do encontro líderes políticos, prefeitos, vereadores e militantes de todas as regiões, dos partidos PT, PSB, PDT, PTC, PR, PRB, PTB, PEN, PPS, SD, DEM e PP.

Mais de três mil pessoas compareceram à Conferência. O governador do Maranhão, Flávio Dino, que é integrante do partido, destacou as conquistas nos últimos anos. “Mas nós não somos movidos hoje, diferente de quatro anos atrás, apenas por uma ideia abstrata de esperança. Nós temos ao nosso lado a confirmar a nossa esperança, fortalecer e dar coerência, dar vida às nossas palavras. Temos ações e resultados. Eu tenho muito orgulho de dizer para vocês que nesses quatro anos de 2013 até hoje, eu aprendi muito. Aprendi todos os dias. E me dediquei como nunca eu fiz na minha vida profissional a essa missão”, ressaltou Flávio Dino.

A presidente nacional do PCdoB, Luciana Santos, participou da Conferência e  sublinhou as alianças que formam uma identidade programática e ideológica que fazem ser possível enfrentar qualquer desafio. Ela destacou a trajetória profissional e política do governador Flávio Dino e frisou que a com a sua “capacidade, inteligência, competência e, antes de tudo, compromisso com o povo, é capaz de virar a história do Maranhão e de mudar o rumo do estado”.

O presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry, foi reconduzido ao cargo durante a conferência e enfatizou a construção de algo que vem sendo histórico no estado, “que é esse projeto de um Maranhão melhor para todos liderado pelo governador Flávio Dino”. Ele agradeceu aos parceiros que estão irmanados nessa grande luta por igualdade, justiça e oportunidades e citou a militância e a “gratidão aos companheiros e companheiras que não são do PCdoB mas que comungam da mesma fé que o nosso partido”, ressaltou.