Prefeitura de São Luís realiza limpeza e desobstrução do sistema de drenagem

As equipes da Prefeitura de São Luís continuam, nesta quarta-feira (27), os trabalhos de limpeza e desobstrução do sistema de drenagem da cidade.

Na terça-feira, a ação foi executada no túnel do elevado da Cohama, que por conta do lixo que é descartado irregularmente nas ruas, teve a sua rede de drenagem obstruída.

No local, foi realizada limpeza das galerias e bueiros com auxílio de máquina retroescavadeira e caminhão hidrojato.

Os serviços vão diminuir os riscos de alagamentos no trecho e garantir melhor mobilidade urbana, evitando transtornos à população

Edivaldo entrega equipamentos para Conselho e anuncia implantação de abrigo permanente para idosos

Em mais uma ação visando ao fortalecimento das políticas municipais voltadas à pessoa idosa em São Luís, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior entregou ao Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa (CMDI), na manhã desta segunda-feira (21), equipamentos fundamentais para o desenvolvimento do trabalho realizado pelo órgão. Além de um veículo Citroen Air Cross, foram entregues mobiliário para escritório e equipamentos de informática obtidos em parceria com o Governo Federal. Na ocasião, o prefeito anunciou a implantação do primeiro abrigo municipal para acolhimento de idosos na capital, previsto para ser inaugurado ainda este ano.

“A criação do abrigo será mais uma iniciativa planejada e executada por nossa gestão, como parte da política de valorização da pessoa idosa em nossa cidade. Isso denota o cuidado e o respeito com que temos tratado as questões relativas ao bem-estar dos idosos, para que vivam com mais dignidade. Para isso, temos desenvolvido um trabalho muito bem articulado com as instituições e órgãos de apoio a esse público, o que nos tem possibilitado instrumentalizar melhor o trabalho dessa rede de apoio e avançar significativamente na área. E com a criação da nova instituição de longa permanência para acolhermos e abrigarmos idosos em situação de vulnerabilidade e abandono daremos mais um grande passo em nossa política em atenção a esse público”, afirmou o prefeito Edivaldo.

O ato de entrega contou com a presença do vice-prefeito Julio Pinheiro; da secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande da representante do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, Izabel de Fátima Lopezic; e da presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Maria Goreth Cunha, do promotor de Justiça do Idoso, José Augusto Cutrim Gomes, entre outras autoridades. Entre os equipamentos entregues ao Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa estão um veículo Citroen Air Cross, três mesas estações de trabalho, mesa de reunião, TV LED de 50 polegadas para apresentações e videoconferências, armário para escritório, cadeiras para espera (duas longarinas para três lugares), três computadores com webcams, copiadora multifuncional e um bebedouro. A entrega dos equipamentos visa melhorar aparelhar e reforçar o trabalho do CMDI em São Luís.

A secretária municipal da Criança e Assistência Social (Semcas), Andréia Lauande reforçou que a ação de entrega dos equipamentos ao CMDI faz parte dos avanços conquistados com a implementação das políticas de atenção ao idoso na capital, com a determinação do prefeito Edivaldo.

INSTITUTO

Sobre a instituição de longa permanência que será criada pela Prefeitura de São Luís, a gestora explicou que trata-se de um abrigo exclusivo para pessoas idosas, homens e mulheres a partir dos 60 anos. A Casa terá capacidade para atender 30 idosos. “Será a primeira unidade exclusiva para acolhimento institucional para a pessoa idosa de São Luís, mantida pelo município. A iniciativa tem a determinação e orientação do prefeito Edivaldo, que não tem medido esforços para garantir a essa pessoa melhor qualidade de vida, saúde e bem-estar social e emocional”, ressaltou Andréia Lauande. Ainda conforme a secretária, os recursos para a criação da Instituição de Longa Permanência foram captados junto à Fundação Você, através do Fundo Municipal da Pessoa Idosa.

No ato de entrega, a presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, Maria Goreth Cunha, destacou a importância do apoio dado pela Prefeitura de São Luís no desenvolvimento do trabalho do órgão que é fundamental para a defesa dos idosos na capital.

“Sem dúvida todos os instrumentos recebidos aqui vão contribuir significativamente para o bom desenvolvimento do nosso trabalho. Muitas vezes tivemos que fazer as diligências em nossos próprios carros, o que não acontecerá mais porque o órgão conta agora com essa importante ferramenta para a realização de nossas atividades de campo. De forma que o trabalho articulado com a Prefeitura de São Luís reforça o compromisso do prefeito Edivaldo com a causa e tem reforçado a rede de apoio aos idosos no município e nos possibilitado avançar nas políticas voltadas a esse público. É claro que ainda temos muito a desenvolver, mas já conseguimos contabilizar resultados bem positivos na área”, observou Maria Goreth, acrescentando ainda que cerca de 10% da população da capital é composta por idosos, o que requer uma atenção cada vez mais diligente.

A representante do Conselho Nacional dos Direitos do Idoso, Izabel de Fátima Lopezic, destacou os avanços na área observados na capital, com a implementação das políticas destinadas à pessoa idosa. “São Luís tem uma rede de proteção ao idoso bastante articulada e desenvolvida, um dos aspectos que levaram o Conselho Nacional dos Direitos da Pessoa Idosa a fazer essa interlocução junto ao Governo Federal para concessão desses instrumentos tão importantes para as atividades do conselho local”, disse.

No ato, a forte articulação da rede de apoio em atenção aos idosos também foi destacado pelo promotor de Justiça do Idoso, José Augusto Cutrim Gomes. “O Nosso trabalho na área tem sido respaldado por muita escuta aos órgãos de apoio, discernimento e bom senso com as demandas relativas aos idosos, para que, juntos, possamos dar as solução necessárias a essa população cada vez mais crescente. E articulação com essa rede de apoio tem sido fundamental nesse processo para agirmos com bom senso”, observou o promotor.

Também participaram do ato, o vereador, Raimundo Penha; o ex-vereador José Joaquim, o representante do Conselho Estadual do Idoso, Glécio Sandro Silva; a presidente do Comitê de Valorização da Pessoa Idosa, Silia Nunes; a integrante do Comitê de Valorização da Pessoa Idosa, Lia Farah; a coordenadora do Fórum do Idoso, Maria do Socorro Ramos, a secretária ajunta da Semcas, Nazaré Garcês, entre outras autoridades.

CONSELHO

O Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa Idosa, em São Luís, foi regulamentado pela Lei 3.397/95. Possui funções deliberativas, normativas, controladoras, fiscalizadoras e consultivas no que diz respeito à Política Municipal do Idoso. Entre suas competências consta a formulação de denúncias sobre discriminação da pessoa idosa e proposta de planos, programas e projetos relacionados à questão do idoso.

Tem caráter permanente, deliberativo e paritário, com 36 membros, sendo nove representantes do poder público e nove da sociedade civil. Na área governamental, fazem parte do conselho representantes das secretarias municipais da Criança e Assistência Social, Saúde, Educação, Planejamento e Desenvolvimento, Trânsito e Transporte, Cultura e Turismo.

ATENÇÃO AO IDOSO

Como parte da política de atenção ao idoso, a Prefeitura de São Luís desenvolve diversas políticas voltadas à saúde e ao bem-estar desse público. O Centro de Atenção Integral à Saúde do Idoso (Caisi) é uma delas. Atualmente, o Cais realiza uma média de 13 mil atendimentos por mês, sendo individual e em grupos. Os idosos contam com a assistência prestada através de grupos de convivência sobre saúde do homem, hidroginástica, ioga, artes manuais, pilates, coral, dança e terapia familiar.

O centro oferece também serviços especializados na área de saúde como consultas médicas em geriatria, educação física, fonoaudiologia, nutrição, psicologia, terapia ocupacional, fisioterapia, serviço social, além dos grupos terapêuticos (arteterapia, memória, convivência e outros).

Prefeito Edivaldo confirma avanços no atendimento da Cemarc em mais uma visita ao local

A modernização e melhoria do atendimento promovidas pela gestão do prefeito Edivaldo na Central de Marcação de Consultas e Exames (Cemarc) tem proporcionado mais agilidade aos serviços de saúde da capital e, como uma das consequências, promovido o bem-estar da população. Para constatar o processo de mudança na Cemarc o prefeito Edivaldo Holanda Júnior tem empreendido uma série de visitas ao local com o objetivo de conversar com as pessoas que usam o serviço e ver de perto o funcionamento do órgão ligado à Secretaria Municipal de Saúde (Semus). Nesta quarta-feira (16), o gestor voltou à Cemarc seis meses após à implantação da nova sistemática de agendamentos que teve como principal resultado a redução das filas no local. Com as melhorias realizadas pela Prefeitura foi triplicada a oferta disponibilizada nas unidades que passou de 6.500 para cerca de 19 mil atendimentos mês.

“Estamos voltando à Cemarc em mais uma visita de rotina para acompanhar de perto o trabalho realizado no setor, porque essa é uma característica da nossa gestão: estar perto da comunidade, vistoriar os serviços, corrigir os rumos que devem ser seguidos e, também, observar os acertos. E acertos é o que podemos verificar aqui na Central de Marcação de Consultas e Exames, que vive hoje uma nova realidade”, destacou o prefeito que esteve acompanhado pela primeira-dama, Camila Holanda, do vice-prefeito Julio Pinheiro e do secretario municipal de Saúde, Lula Fylho.

Neste novo momento, o agendamento de consultas e procedimento são feitos diariamente e não mais apenas na primeira semana de cada mês como era anteriormente. De acordo com dados da Semus, a Cemarc fechou o ano de 2018 com mais de 2 milhões atendimentos ofertados na rede municipal de saúde. “Conseguimos fazer com que o serviço funcionasse e avançasse. Vir aqui e não ver mais aquela situação indigna das pessoas esperando atendimento em longas filas ou dormindo no local para conseguir agendamento de serviço é, realmente, motivo de muita alegria para todos nós”, completou Edivaldo.

O titular da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), Lula Fylho, avaliou as melhorias estruturais e de gestão executadas no setor como cruciais para os resultados hoje alcançados pela Cemarc, que registrou um aumento de mais de 80% na oferta de especialidades médicas como ortopedia, por exemplo, que passou de 80 consultas/mês para cerca de 600 consultas/mês, um número considerado extremamente significativo e que denota a mudança no setor de modo geral. Com as mudanças efetivadas, o atendimento aumentou de 6 mil, em agosto de 2017, para cerca de 19 mil consultas e procedimentos agendadas, triplicando o atendimento para as especialidades médicas na rede municipal de saúde.

“A orientação do prefeito Edivaldo é para darmos atenção especial à Central de Marcação de Consultas e Exames, um dos gargalos no setor da saúde que deveriam ser enfrentados com maior diligência. E foi o que fizemos. Mudamos a sistemática de agendamento, que passou a ser diário; aumentamos a oferta de serviços e disponibilizamos novos procedimentos que não eram realizados antes na rede, como arteriografia, ecodoplercardiograma e cateterismo, por exemplo. Com todas essas melhorias implementadas, ofertamos hoje um atendimento muito mais rápido e humanizado, porque as pessoas não precisam mais dormir no local, nem ficar em longas filas para agendar sua consulta ou exames médicos”, observou Lula Fylho.

Ainda conforme o secretário, com a mudança de estratégia no atendimento, houve redução significativa também do tempo de espera por atendimento. Uma ressonância, por exemplo, que antes tinha um tempo de espera de até seis meses para ser realizado, hoje o mesmo exame é feito num espaço de 30 dias, após o agendamento. O mesmo é observado com os exames de tomografia, que hoje são feitos em no máximo 10 dias após sua marcação.

O titular da Semus informou ainda que um grupo de trabalho foi instituído para analisar o desenvolvimento do serviço no setor, traçar as metas e implementar as ações com vistas a garantia da excelência no atendimento. O último balanço realizado na área aponta também que todos os procedimentos de saúde ofertados na rede tiveram crescimento significativo, atendendo ao planejamento no qual foram mapeadas 41 intervenções discutidas em reuniões semanais por esse grupo de trabalho e implementadas uma a uma.

 

REESTRUTURAÇÃO

Com a reestruturação da sistemática de agendamento, que proporcionou uma dinâmica muito mais eficaz para a marcação de procedimentos médicos especializados, o município conseguiu também outros feitos nunca antes observados, como aumentar o número de vagas para exames de alta complexidade e zerar as filas para alguns procedimentos. A fila para marcação de exames de ressonância magnética, tomografia, cintilografia e densitometria, por exemplo, é uma delas.

A mudança na sistemática de atendimento também passou a ofertar outros procedimentos que não eram disponibilizados na rede e ampliou a oferta de exames realizados em convênio com o Hospital Universitário (HUUFMA), entre eles estão cateterismo, arteriografia, ecodoplercardiograma, broncoscopia, radiologia e outros. Com isso, o numero de exames dessas especialidades passou de 1.016, em janeiro, para 1.858, em junho.

DESISTÊNCIAS

Com o aumento da oferta de vagas, a Secretaria Municipal de Saúde (Semus) observou também um número maior de desistência das consultas, ou seja, as pessoas marcam a consulta ou o exame, mas não comparecem ao local para realizá-lo e nem informam à Central sobre sua desistência.

Com a elevação do quantitativo de pessoa que desistem do atendimento, Lula Fylho destacou que essa situação pode ser atribuída a diversos fatores, inclusive ao fato de que, hoje, as pessoas têm maior facilidade para marcar os procedimentos que deseja, já que não precisa mais pegar senha, nem esperar nas longas filas. Entretanto, é uma situação que vai ser trabalhada com a conscientização da população sobre os transtornos causados às demais pessoas que também precisam do atendimento.

 

“Invertemos o jogo e a nossa luta agora é combater o número de ausências aos atendimentos. As pessoas marcam e não comparecem, ocupando o lugar de quem poderia está realmente precisando do procedimento. Só para tomografia registramos uma desistência em torno de 40 % de faltas do paciente. Precisamos combater isso sensibilizando a população para que marque os exames realmente dentro das suas necessidades e que compareçam aos locais de atendimento quando agendarem”, concluiu Lula Fylho.

De acordo com o secretário, foi de aproximadamente 55% o número de faltas dos pacientes aos atendimentos agendados, inclusive para exames especiais como ressonância, por exemplo.

MODERNIZAÇÃO

A modernização e melhoria do atendimento na Cemarc é mais uma ação desenvolvida pela Prefeitura de São Luís, por orientação do prefeito Edivaldo. O processo de mudança na Cemarc teve início em agosto de 2017, quando foi iniciado o mapeamento das necessidades e dos problemas para compreensão do fluxo de marcação.

Com organização e planejamento, o município tem registrado sobra de vagas em torno de 60% dos procedimentos disponíveis, entre estes estão exames de raio x, broncoscopia e cirurgia torácica, por exemplo.

Entre as especialidades médicas que podem ser agendadas diariamente na Cemarc estão mastologia, proctologia, hematologia, nefrologia, oncologia infantil, gastropediatria, urologia, neurocirurgia, cirurgia geral, cirurgia torácica, cirurgia pediátrica, cirurgia do aparelho digestivo, oftalmologia, nutrição, dermatologia, odontologia entre outras especialidades. Na Cemarc da Alemanha, que realiza somente agendamentos prioritários, o atendimento é feito das 8h às 17h. Já nos demais pontos de marcação localizados na cidade, o atendimento é feito das 7h às 13h.

 

A melhoria do atendimento no setor é comemorado pela população com a reestruturação da Cemarc. O aposentado Amós da Liberdade Rêgo, 75 anos, anos, esteve pela manhã na Cemarc e conseguiu agendar o ecocardiograma prescrito periodicamente por seu médico, após ter sofrido uma parada cardíaca. “Não há comparação o atendimento atual com o que vivenciarmos anteriormente aqui. Além do aumento de vagas em várias especialidades, tem muito mais atendente no setor, fazendo com que percamos menos tempo esperando pelo agendamento”, disse ele.

O agendamento diário foi pontuado pela dona de casa Míriam Freitas, 65 anos, como o aspecto mais positivo entre as mudanças adotadas pela Prefeitura na Cemarc. “Eu conheci bem o transtorno de antes pois várias vezes tive que dormir na fila para conseguir uma consulta. Hoje venho aqui e agendo todo o atendimento que preciso com muita tranquilidade e rapidez. A mudança foi, com certeza, para muito melhor em todos os aspectos”, disse ela.

A dona de casa Maria Piedade dos Santos, 59 anos, também enalteceu as melhorias proporcionadas ao setor. “Agora ficou tudo mais rápido. Consegui agendar facilmente meus exames para próxima semana. Antes a gente esperava vários meses para conseguir marcar, o que era transtorno pois doença não espera. Com certeza melhorou bastante o atendimento aqui”, concluiu ela.

Prefeito Edivaldo visita instalações da Central de Atendimento ao Cidadão

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior vistoriou, na manhã deste sábado (5), as instalações da Central de Atendimento ao Cidadão, novo equipamento da Prefeitura de São Luís para qualificar a prestação de serviços públicos em diversas áreas e facilitar o acesso da população ao atendimento. A proposta da central é ofertar em um mesmo espaço diversos serviços de diferentes órgãos municipais em um ambiente adequado, proporcionando aos cidadãos qualidade e agilidade no processo de atendimento. A Central entra em funcionamento ainda este mês com a ofertas de alguns serviços, entre eles os da Secretaria de Habitação e Urbanismo (Semurh).

“Com a criação desta Central de Atendimento ao Cidadão, estamos honrando aqui mais um compromisso que assumimos com a nossa cidade, com a população. E é exatamente isso o que fazemos todos os dias: trabalhamos diuturnamente para atender aos anseios da população. Agora, o cidadão vai poder requerer em um mesmo local diversos serviços que vão desde licenciamentos ambientais e urbanos até solicitações na área fazendária, tudo feito em ambiente acolhedor e digno”, afirmou o prefeito Edivaldo.

Com 1.986 m² de área construída, distribuídos em dois pavimentos com cerca de 50 salas climatizadas, o novo equipamento oferecerá maior conforto ao cidadão e melhores condições de trabalho aos servidores. O prédio conta ainda com salas administrativas, auditório, salas de reunião, banheiros acessíveis, recepções, copa, refeitório e amplo estacionamento. Os serviços na Central de Atendimento ao Cidadão estão sendo finalizados e devem ser concluídos já na próxima semana.

Localizado à Avenida Magalhães de Almeida, 280 (em frente ao Mercado Central), no Centro da capital, o prédio abrigará as secretarias municipais de Urbanismo e Habitação (Semurh) e Meio Ambiente (Semmam); o Instituto da Cidade, Pesquisa e Planejamento Urbano e Rural (Incid), a Subprefeitura do Centro Histórico, além de um posto avançado da Fazenda Municipal. Entre os serviços que serão ofertados no local, estão licenciamentos ambientais e urbanos, solicitações de alvarás, entre outros documentos inerentes aos órgãos que passarão a funcionar no espaço.

O secretário municipal de Habitação e Urbanismo, Mádison Leonardo Andrade, destacou a iniciativa como um projeto idealizado para desburocratizar e agilizar os processos administrativos nas áreas de atuação da Central de Atendimento ao Cidadão. “É muito mais praticidade e comodidade aos cidadãos que buscam por esses serviços. Aqui, os órgãos vão trabalhar de forma integrada para melhor atender as pessoas, em um ambiente com melhor infraestrutura. A criação da Central também representa maior economia tanto para o município como para o cidadão que agora não precisará mais de deslocar para vários locais diferentes com o intuito de requerer serviços nessas áreas”, observou o secretário.

Mádison Leonardo reforçou ainda que todos os setores da Semurh, que antes ocupavam as instalações de dois prédios históricos da Rua Portugal, na Praia Grande, passarão a funcionar na Central de Atendimento ao Cidadão. Os casarões antes ocupados pelo órgão serão restaurados, como mais uma ação da Prefeitura de São Luís visando à revitalização do Centro Histórico da capital.

A secretária municipal de Meio Ambiente, Maluda Fialho, também pontuou os aspectos positivos do projeto. “Sem dúvida mais uma importante iniciativa campeada pelo prefeito Edivaldo, que está sempre em busca de facilitar e melhorar a vida dos cidadãos ludovicenses. E essa é a ideia da Central de Atendimento ao Cidadão: respeitar o tempo das pessoas, desburocratizar e agilizar os processos administrativos nas áreas urbanas, ambientais, fazendárias, entre outras”, pontuou Maluda Fialho.

Também participaram da vistoria às instalações da Central de Atendimento ao Cidadão os secretários municipais Antônio Araújo (Obras e Serviços Públicos) e Ivaldo Rodrigues (Relações Parlamentares); o presidente do Incid, Marcelo Espírito Santo; o subprefeito do Centro Histórico, Joaquim Azambuja; o presidente do Sindicato das Indústrias da Construção Civil do Maranhão (Sinduscom-MA), Fábio Nahuz, entre outras autoridades.

Prefeito Edivaldo vistoria obras do Ecoponto Centro que será o primeiro com galpão de triagem

O prefeito Edivaldo Holanda Júnior vistoriou, na manhã desta quinta-feira (3), as obras do novo Ecoponto que está em construção na Avenida Senador Vitorino Freire, no Anel Viário, área central de São Luís. Com 80% dos trabalhos concluídos, o Ecoponto, que irá somar a 11 outros já em pleno funcionamento, reforça as ações da Prefeitura na área da gestão dos resíduos sólidos, sendo essas um compromisso do prefeito com a população. O equipamento vai beneficiar moradores de toda a cidade e mais diretamente os que vivem no Centro e em bairros vizinhos. O Ecoponto será o primeiro a contar com um galpão de triagem, que facilitará o processo de reciclagem, contribuindo ainda com o trabalho realizado pelas associações.

O galpão será entregue em regime de cessão à Associação de Catadores de Material Reciclável de São Luís (Ascamar), instalada atualmente na Rua de São Pantaleão. Além da limpeza da área, já foram construídas as baias onde os materiais serão descartados, área administrativa e banheiros. “Este era um ponto de descarte irregular muito grande que tínhamos na cidade e que agora vai se transformar em um Ecoponto. A novidade é que teremos aqui um galpão de triagem. Com ele teremos oportunidade de trazer para este espaço a Ascamar. Vamos também formar e capacitar as pessoas que fazem parte da associação e instalar equipamentos necessários para o trabalho delas. Estamos falando de geração de emprego e renda”, disse o prefeito.

Edivaldo destacou ainda que São Luís é uma das capitais que está bastante desenvolvida na questão da reciclagem. “Temos toda uma cadeia funcionando como nunca se teve antes em São Luís. Conseguimos pôr fim ao Aterro da Ribeira e estamos em fase de licenciamento da Usina de Beneficiamento de Resíduos Inertes e temos 11 Ecopontos em pleno funcionamento e outros cinco em processo de implantação”, pontuou o prefeito.

A entrega dos galpões engloba também o aparelhamento e treinamento das cooperativas de catadores, com o fornecimento dos equipamentos necessários para o desenvolvimento das atividades tais como mesa de triagem, carrinhos metálicos para transporte de recicláveis, prensa e enfardadeira, como colocou o prefeito Edivaldo.

Enquanto acompanhava a vistoria do 12º Ecoponto da cidade ao lado do prefeito Edivaldo, a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana pontuou os avanços da gestão na área da limpeza pública. “Já são 11 Ecopontos em funcionamento por toda a cidade, além das ações de conscientização da população com iniciativas como a do Cidadão Limpeza Cidade Beleza. Com esse trabalho que vem sendo realizado, São Luís tem se destacado nacionalmente como cidade que investe na gestão adequada dos resíduos sólidos”, afirmou Carolina Moraes Estrela. São Luís faz fazer parte do grupo de 7% das cidades brasileiras que têm políticas efetivas de encaminhamento para a reciclagem dos resíduos gerados pela população.

Antes do início das obras, mais de 500 toneladas de lixo tiveram que ser removidas do local. Também foram mapeados na área vizinha todos os demais pontos de descarte irregular. “Diante do cenário, avaliamos toda a área e compreendemos que este é um local estratégico para a instalação de mais esse equipamento na cidade”, acrescentou a presidente do Comitê Gestor de Limpeza Urbana.

O Ecoponto Centro faz parte do pacote de cinco novos Ecopontos, cuja ordem de serviço foi assinada pelo prefeito Edivaldo no dia 30 de outubro de 2018. Os outros quatro nos bairros Sacavém, Cohatrac, Cidade Operária e Vila Isabel, este último na área Itaqui-Bacanga. A meta da gestão do prefeito Edivaldo é encerrar o ano de 2019 com 20 Ecopontos em funcionamento.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL

Os Ecopontos em funcionamento beneficiam toda a população da capital, sobretudo os moradores dos 104 bairros de São Luís que ficam próximos aos equipamentos em atividade. Este equipamentos começaram a ser instalados pela Prefeitura de São Luís desde 2016. Para além da limpeza urbana, junto com os equipamentos, a gestão municipal tem desenvolvido uma série de ações de conscientização para que a população esteja atenta aos cuidados com o meio ambiente. O objetivo do conjunto de iniciativas é eliminar pontos de descarte irregular pela cidade e, por meio de um trabalho integrado e com a colaboração da sociedade, avançar na política de gestão de resíduos sólidos.

“Temos que dar as mãos para que possamos avançar ainda mais na área da limpeza urbana e em prol do nosso meio ambiente. Por isso, a gestão do prefeito Edivaldo pede a colaboração de toda a sociedade, que possui um papel fundamental nesse trabalho conjunto que vem sendo realizado pelo nosso meio ambiente e pela nossa cidade”, disse a secretária municipal de Meio Ambiente de São Luís, Maluda Fialho, que também acompanhou a vistoria. Também acompanhou a vistoria o presidente da Fundação Municipal de Patrimônio Histórico (Fumph), Aquiles Andrade.

“Trabalho e seriedade só geram resultados positivos”, diz Edivaldo em mensagem de fim de ano

Em vídeo com mensagem de fim de ano, o prefeito Edivaldo Holanda Junior (PDT) felicitou todos os ludovicenses e definiu 2018 como um período em que se teve que trabalhar mais com menos. Encerrando mais um ano de administração planejada e equilibrada, o pedetista tem vivenciado uma das maiores altas de popularidade da sua carreira política.

Edivaldo conseguiu, mesmo enfrentando um cenário de crise, assegurar as contas públicas em dia, tarefa difícil para a maioria dos municípios, diante dos sequenciais aumentos da demanda da cidade e das sucessivas quedas dos repasses federais. Enquanto capitais tiveram dificuldade de manter em funcionamento até os serviços básicos, em São Luís o pedetista investiu em obras e ações de todos os setores.

“Não recuo um milímetro da responsabilidade assumida porque tenho convicção que trabalho e seriedade só geram resultados positivos”, disse o prefeito em trecho da mensagem em que desejou um ano de prosperidade para todos.

Programa da Prefeitura de São Luís promove inclusão social com ajuda da dança

O programa da Prefeitura de São Luís, Dançando e Educando, coordenado pela primeira-dama Camilla Holanda, promove a inclusão social por meio da dança.

O Dançando e Educando favorece a inclusão social, por contribuir para formação educacional e cidadã e o desenvolvimento das crianças.

Com as atividades, são contempladas cerca de 300 crianças de escolas da rede pública municipal. As aulas são realizadas na Creche Maria de Jesus Carvalho, pela bailarina Débora Buhatem e pela professora Milliane Moreira.

A ação é executada pela Secretaria Municipal de Educação (Semed) e conta com apoio das secretarias municipais de Saúde (Semus), Criança e Assistência Social (Semcas) e Segurança Alimentar (Semsa).

Edivaldo Holanda Jr entrega 10 novos ônibus e atinge 75% de renovação da frota

A Prefeitura de São Luís entregou na manhã desta quinta-feira (29) dez novos ônibus para compor a frota do Sistema de Transporte Público de São Luís. Com a entrega de hoje, o prefeito Edivaldo Holanda Júnior já entregou um total de 272 ônibus com ar-condicionado e estrutura adequada para atender a população.

Nos últimos cinco anos o Sistema de Transporte deu um salto na melhoraria de atendimento com a implantação do programa de reestruturação do setor executado na gestão do prefeito Edivaldo, somente neste semestre foram entregues 42 ônibus com ar-condicionado.

A renovação da frota já vinha sendo espera pelos passageiros que usam o Sistema, o percentual de renovação total da frota já gira em torno de 75%, como afirma o prefeito de São Luís.

O percentual da frota climatizadada já está acima de 32%, o que deixa São Luís entre as capitais com maior número de ônibus com ar-condicionado entre as capitais do Nordeste.

Prefeitura promove dia D de combate ao Aedes Aegypti

A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), está realizando a Semana Nacional de Combate ao Aedes aegypti, com diversas atividades pela cidade visando à eliminação de focos do mosquito transmissor das arboviroses (dengue, zika e chikungunya).

A ação terá sua culminância com o Dia D na sexta-feira (dia 30), com ações realizadas pela Prefeitura em parceria com o Governo do Estado e Universidade Ceuma, na Unidade de Educação Básica (U.E.B.) José Ribamar Bogéa, na Cidade Olímpica. A ação é mais uma iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, que promove de forma constante e intensiva o combate ao inseto.

Prova de que as ações têm dado certo é a redução do número de casos da dengue na capital que, de acordo com dados da Secretaria Municipal de Saúde, apontam que este ano foram registrados cerca de 500 casos da doença, de janeiro a outubro contra cerca de 960 no mesmo período do ano passado, o que significa uma redução em torno de 52%.

O secretário municipal de Saúde, Lula Fylho, lembra que o combate ao mosquito transmissor da dengue é constante na gestão do prefeito Edivaldo. “A gestão do prefeito Edivaldo tem realizado ações muito consistentes, e que apresentam resultados significativos, com a redução de casos de dengue, zika e chikungunya, em São Luís. Mas a eficiência desse trabalho depende da colaboração da população”, afirma.

Mais de 300 agentes de endemias e educadores em saúde estão realizando, durante a semana, um trabalho educativo e de visitas domiciliares para levar orientação à população e fazer vistorias em locais com maior probabilidade de terem focos do Aedes aegypti.

Centro Histórico volta a ser palco nesta quarta (28) do Passeio Serenata promovido pela Prefeitura

O programa Reviva, iniciativa da gestão do prefeito Edivaldo Holanda Júnior, tem como principal objetivo tornar a história de São Luís ainda mais conhecida entre os turistas e também para a população local. Além do Roteiro Reggae e do Sarau Histórico, completa o programa o Passeio Serenata que é uma excelente oportunidade de conhecer o Centro com o auxílio de um guia de turismo, ao som de ótimas músicas, além da presença de personagens ilustres que fazem parte da história da cidade. Nesta quarta-feira (28), às 19h, na Praça Benedito Leite, ocorre mais uma edição do Passeio Serenata.

Além de mostrar a cultura local, o passeio é mais uma opção de lazer que está presente durante todo o semestre no calendário de São Luís. “Nós realizamos mensalmente ao menos três eventos do Reviva, que é uma iniciativa que segue orientação do prefeito Edivaldo e cujo objetivo é valorizar o Centro Histórico ressaltando nossas belezas e riquezas culturais. A ação é destinada tanto aos moradores quanto aos grupos de turistas sempre acompanham. Eles veem por meio das redes sociais, da imprensa, dos receptivos e hotéis e amam a ideia”, disse a secretária de Turismo, Socorro Araújo.

As histórias da cidade são contadas pelo guia de turismo Pedro Cardoso, que aponta curiosidades e fatos sobre as ruas, casarões e todo o acervo arquitetônico da cidade, que renderam à capital maranhense o título de Patrimônio da Humanidade. O som da noite será da Banda Serenata, com músicas clássicas que todos os ludovicenses sabem decoradas.

O ponto de partida do passeio é a Praça Benedito Leite, de onde o cortejo seguirá passando pela Igreja da Sé, Palácio de La Ravardiére (sede da Prefeitura), Palácio dos Leões (sede do governo estadual), Capitania dos Portos, Rua de Nazaré, Rua Portugal, Beco Catarina Mina e Praça da Praia Grande.

Além do Reviva, a Prefeitura realiza outras ações voltadas para a área que podem ser acompanhadas pelo site (www.turismosaoluis.com) e os perfis nas redes sociais Facebook (Turismo São Luís), Instagram (@turismo.saoluis) e Twitter (@turismosaoluis). Nas redes sociais, os seguidores podem acompanhar fotos e vídeos sobre São Luís, tornando a cidade ainda mais procurada para viagens.