PSB oferece comando do partido no Maranhão a José Reinaldo Tavares

O deputado federal José Reinaldo recebeu autorização da cúpula do PSB para deixar o partido. Até o último momento, o presidente da legenda, Carlos Siqueira, tentou demovê-lo da decisão de sair.

Foi oferecido o comando da legenda no Maranhão (hoje liderada pelo prefeito de Timon, Luciano Leitoa), mas Tavares rejeitou, pois já estava apalavrado com o DEM.

O ex-governador deverá se filiar ao partido de Rodrigo Maia ainda no começo de dezembro e deve sair candidato ao Senado pela legenda.

Outros deputados revoltados com os rumos do PSB não deverão ter a mesma facilidade para dar adeus à sigla.