Rodoviários podem entrar em greve na sexta-feira

O Sindicato dos Rodoviários do Maranhão participou da Audiência de Mediação convocada pelo Ministério do Trabalho, mas muitos empresários faltaram à audiência.

Estiveram no encontro representantes do SET do Consórcio Upaon-Açu, da Prefeitura de São Luís e da Agência de Mobilidade Urbana.

Os Rodoviários reclamam dos constantes atrasos de salários, a não concessão de direitos importantes como os planos de saúde e odontológico, além de trabalhadores atuando na função sem o registro profissional.

Os empresários justificaram usando as tarifas praticadas no transporte público de São Luís, que mesmo com os reajustes concedidos recentemente, continua sendo difícil atender todas as garantias dos empregados.

Durante a Audiência, Mônica Duailibe constatou que algumas empresas que compõem o Consórcio Upaon-Açu, ainda nem efetuaram o pagamento deste mês dos trabalhadores, a exemplo da Planeta (São Benedito), que está projetando a regularização dos salários nesta semana. Em decorrência de todas essas irregularidades, a auditora fiscal se comprometeu a realizar fiscalizações nas empresas, para que seja verificada as condições que os trabalhadores estão exercendo a atividade.

O Consórcio Upaon-Açu é formado por oito empresas. Como muitos representantes delas não estiveram presentes, a audiência foi remarcada para o próximo dia 20, às 10h30, no Ministério do Trabalho.

Lixo pode ter provocado alagamento no Mercado Central

Na manhã desta quarta-feira (14) mais uma vez a região do Mercado Central ficou alagada após seguidas horas de chuva forte na capital maranhense. Antes mesmo da tempestade dar uma trégua, as equipes da Prefeitura de São Luís estiveram no local para minimizar os danos causados pela enchente. Durante o trabalho, mais uma vez foi constatado que a grande quantidade de lixo nas galerias e bueiros da área é o que estava impedindo o escoamento da água.

O Mercado Central passou entre 2008 e 2011 por uma reforma que não chegou a ser concluída pela gestão do ex-prefeito João Castelo. Somente após a entrada de Edivaldo Holanda Júnior (PDT) a obra teve continuidade e foi finalizada. No local foram feitos os serviços de drenagem profunda e superficial para minimizar os efeitos das chuvas.

Mesmo com o trabalho de drenagem e o serviço contínuo desempenhado pela Prefeitura de desobstrução da rede, o problema persiste no Mercado Central, resultado do lixo descartado irregularmente na área e que provoca o entupimento de bueiros, boca de lobo, canais e galerias.

DADOS – Segundo dados da gestão municipal, em média 300 toneladas de resíduos sólidos descartados de forma irregular são recolhidas diariamente pelo serviço de remoção em toda a cidade. A Prefeitura de São Luís também mantém coleta domiciliar regular: são 24 mil toneladas de lixo residencial recolhidas por mês na capital.

Além da remoção e da coleta, a Prefeitura também faz campanhas de conscientização durante todo o ano para sensibilizar a população quanto a importância de jogar o lixo no lugar correto. A gestão municipal mantém ainda nove Ecopontos – 10º já está em construção – em pontos estratégicos da cidade para receber materiais recicláveis (plástico, papel, papelão, vidro, metal, óleo, etc), restos de construção civil, poda e capina doméstica, entre outros

Multas duplicadas da SMTT vão ser canceladas

O secretário de trânsito e transportes de São Luís, Canindé Barros, anunciou em entrevista coletiva na tarde desta quarta-feira (21) que a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT) vai cancelar algumas multas duplicadas e de um radar que estava com defeito na avenida Colares Moreira. A atitude surgiu após vários condutores procurarem o órgão indignados para reclamar do número abusivo de multas. A SMTT não informou a quantidades de infrações que serão canceladas.

Canindé Barros informou que, de fato, algumas multas foram aplicadas de forma duplicada e essas infrações serão canceladas. O secretário ressaltou também que uma câmera estava multando motoristas de forma equivocada na esquina da Colares Moreira com a rua Mário Meireles, no bairro Renascença. Sobre esta câmera especifica, alguns motoristas já haviam reclamado que, ao sair neste cruzamento, eles entravam automaticamente na faixa exclusiva para ônibus e estavam sendo multados. No entanto, Canindé explicou que o carro pode percorrer uma quadra dentro da faixa, confirmando o erro do equipamento.

A fiscalização do trânsito de São Luís, por meio de radares, começou a funcionar efetivamente dia 10 de novembro de 2017. Ao total são 32 equipamentos espalhados pelas principais ruas e avenidas da capital maranhense visando multar os motoristas infratores.

com informações Imirante

Obras do mercado da liberdade entram em fase de conclusão, afirma secretário da Semapa

Ivaldo Rodrigues secretario da SEMAPA e o vereador Raimundo Penha

O secretário de agricultura, pesca e abastecimento de São Luís (Semapa), Ivaldo Rodrigues (PDT, realizou uma vistoria hoje (18) nas obras do Mercado da Liberdade acompanhado do vereador de São Luís Raimundo Penha (PDT).

Uma visita com intuito de verificar como está o andamento da obra de revitalização do espaço que promete benefícios para comerciantes e consumidores. O mercado estava em péssimas condições de uso e higiene, com risco inclusive de acidentes, agora com a reforma o local ganha salubridade e segurança.

A obra ganhou celeridade nos últimos meses e já entrou em fase de conclusão.

São Luís fecha acordo com cidade francesa

A capital maranhense e a cidade francesa de Saint-Malo assinaram acordo de cooperação para desenvolvimento de projetos compartilhados nas áreas da cultura, patrimônio histórico e turismo. A relação entre as duas cidades faz parte da história da fundação de São Luís, já que foi deste território francês que partiram as naus trazendo Daniel de La Touche e os colonizadores franceses que fundaram a cidade.

Vice prefeito Júlio Pinheiro representa prefeito Edivaldo Holanda Júnior em visita à cidade francesa

A assinatura do acordo de cooperação foi uma das atividades da agenda cumprida pela comitiva ludovicense que participou ainda do Encontro para Internacionalização das Comunidades Territoriais, realizado em Paris. “Os projetos advindos desta cooperação ratificarão a importância da internacionalização das relações institucionais do município de São Luís, contribuindo para o desenvolvimento da nossa cidade”, destacou Julio Pinheiro.

O prefeito de Saint-Malo, Claude Renoult, disse ser muito importante a formalização desta cooperação pelos laços históricos que aproximam as duas cidades. Renoult afirmou que além de São Luís, a cidade francesa de Saint-Malo assinou acordo com as mesmas características com outras duas cidades cuja fundação também foi francesa. “Desse modo, percebemos a importância deste momento para consolidação de futuras parcerias nas áreas de patrimônio, turismo, cultura e educação”, disse Claude Renolt.

Durante a visita, a comitiva conheceu instituições parisienses que desenvolvem intervenções urbanas de baixo custo e que podem ser implantadas na capital maranhense.

Radares e barreiras eletrônicas são fiscalizados pelo Inmeq em São Luís

Fiscalizações estão sendo feitas apenas durante a noite

Começou hoje (02) a verificação metrológica de radares e barreiras eletrônicas instaladas em São Luís, as ações estão sendo realizadas pelo Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial do Maranhão (Inmeq). O objetivo é garantir que as máquinas estão funcionamento da forma correta e com precisão, afinal de contas são estes equipamentos que vão registrar velocidade excessiva ou irregularidades em pontos importantes do trânsito.

Serão verificadas 54 faixas de vias localizadas em oito avenidas até o dia 13 de outubro. A ação acontecerá no período da noite para não prejudicar o trânsito, pois o trabalho exige a interdição parcial da via.

Os radares e barreiras eletrônicas a serem verificados estão instalados nas avenidas Daniel de La Touche, Colares Moreira, Guajajara, Santos Dumont, Lourenço Vieira da Silva, Marechal Castelo Branco, São Luís Rei de França e Carlos Cunha.