Maranhão reduz número de homicídios e ocupa o terceiro lugar do Nordeste com a menor taxa

O Maranhão começa a registrar uma diminuição do número de homicídios no estado. As ocorrências ainda são altas mas os números deixam o Estado em colocação confortável, com a terceira menor taxa do Nordeste, com 2.408 assassinatos em 2016, uma taxa de 34,6 assassinatos por 100 mil habitantes. O levantamento é do Ipea e do Fórum Brasileiro de Segurança Pública divulgado nesta terça-feira (06).

Os dados são do Sistema de Informação sobre Mortalidade (SIM), do Ministério da Saúde.

Os números são altos, atualmente, mas já foram bem piores. O Maranhão chegou a ocupar o 4º lugar do país entre os estados com maior crescimento das notificações de homicídios, registrando aumento assustador de 163,3%, no ano de 2014.

Se forem levados em consideração os anos de 2005 a 2014, os números foram sete vezes maiores que a média nacional, que era de 22,7%, e se considerados os homicídios por arma de fogo, o aumento chegava a 245% naquele ano.

O porquê desta redução? Investimento em segurança!

Hoje, o Maranhão possui o maior efetivo policial da história, com mais de 12 mil profissionais nas ruas, e concursos para nomeação de novos policiais estão em andamento. Além disso, com mais de mil veículos entregues, nos últimos três anos, a frota de viaturas foi quase duplicada e novas unidades policiais construídas, reformadas e instaladas por todo o território estadual.

Ainda falta muito… mas o caminho é este.

Documento confirma exoneração mesmo delegado sustentando tese de não ter sido notificado

 

 

Decreto de exoneração do Delegado Tiago Bardal

 

O secretário de segurança Jefferson Portela apresentou hoje (23) documento confirmando a exoneração do delegado de polícia Tiago Bardal.

O anúncio da exoneração de Bardal da Superintendência de Investigações Criminais (Seic) foi feito ontem (22) em coletiva à imprensa. Mas o delegado passou o dia inteiro na Seic alegando ter trabalho normalmente por não ter sido notificado da exoneração.

O delegado Tiago Bardal fala sobre o assunto com exclusividade para o blog.

Organização criminosa teria lucrado mais de R$ 1 milhão e meio

“Estamos diante da segunda maior organização criminosa dos últimos 20 anos” revelou Jefferson Portela.

A secretaria de estado da segurança concedeu entrevista à imprensa na tarde de hoje (22) para esclarecer fatos sobre a operação que culminou na exoneração do delegado de polícia Tiago Bardal, Superintendente de Investigações Criminais (Seic).

O nome do delegado Armando Pacheco deve ser anunciado nas próximas horas como Superintendência de Investigações Criminais de forma interina.

Uma operação da Polícia Militar por volta de 23h de quarta-feira (21), na Zona Rural de São Luís, no Porto do Arraial que investigava suposto crime de transporte e segurança de mercadorias contrabandeadas, além de tráfico de drogas, armas e munições. O secretário de segurança Jefferson Portela descreveu toda a ação da polícia militar. O batalhão de Choque encontrou uma S10 Prata sem placas com 4 pessoas e com eles foram apreendidos vários materiais entre armas e munições (cerca de 250 munições, entre elas de .40).

Também teria sido encontrado na região o delegado Tiago Bardal acompanhado de uma pessoa que teria sido identificada como um advogado. O secretário de segurança afirmou durante a coletiva que o ex-superintendente teria dito duas versões para estar naquele local, a primeira que estaria voltando de uma festa e a segunda de que estaria em busca de um terreno para efetuar compra.

Hoje o delegado foi exonerado do cargo de superintendente da Seic pelo que foi classificado por Jefferson Portela de “quebra de confiança”. Bardal não foi preso e ainda será ouvido em depoimento.

Bardal concedeu entrevista a um programa de Rádio FM e confirmou que estava, sim, na Zona Rural na noite da operação, mas em um ponto que seria bem longe e disse que soube da exoneração através da Imprensa. Bardal teria passado o dia todo trabalhando normalmente na Seic.

Foram presas 8 pessoas, entre eles policiais militares. A Polícia encontrou depósitos com muitas mercadorias supostamente de contrabando. Estima-se que o lucro da organização criminosa estaria em torno de R$ 1 milhão e 500 mil reais.

Secretário de segurança exonera Tiago Bardal suspeito de participação em crime

O delegado de polícia, Tiago Bardal, que respondia pela Secretaria de Investigações Criminais (Seic) foi exonerado pelo Secretário de segurança depois de confirmada presença do delegado no Porto do Arraial, Zona Rural de São Luís, local onde a Polícia Militar fazia operação para apreensão e prisão de envolvidos em crimes.

Mais informações em breve.

Zero ocorrência nos circuitos de carnaval de São Luís

A Secretaria de Estado de Segurança Pública anunciou hoje (15) que não houve registro de morte nos circuitos carnavalescos de São Luís. “Mente quem afirma sobre mortes no carnaval. A verdade é que foi zero por cento de ocorrências de mortes nos circuitos do carnaval.” Afirmou o Secretário de Segurança, Jefferson Portela.

A coletiva sobre a segurança no Carnaval contou com a participação de delegados de polícia, secretários de estado e comandantes de corporações.

Foram mais de 7 mil policiais destacados para os circuitos de Carnaval, entre as polícias Civil, Militar e Corpo de Bombeiros.

Sobre as operações e Blitz da CPRV 13 pessoas foram conduzidas sob efeito de álcool. 4.516 veículos foram abordados na região metropolitana. Testes de estilometria realizados foram 4.233 e 280 pessoas se recusaram a fazer o bafômetro. 397 total de casos de lei seca.

Dia das Crianças: 611 presos vão ser liberados na saída temporária

A partir de hoje (10) está autorizada a saída temporária de 611 presos de justiça do sistema prisional do Maranhão. A determinação é da 1ª Vara de Execuções Penais da Comarca da Ilha de São Luís que foi divulgada através de portaria. A liberação para que os presos passassem o dia das crianças com a família passou a valer a partir das 9h desta terça-feira e os beneficiados deverão retornar aos presídios no dia 16 de outubro (segunda) até às 18h. Existem 5 saídas temporárias no ano (Páscoa, Dia das Mães, Dia dos Pais, Dia das Crianças e Natal).

Saída temporária começa terça (10) e segue até segunda (16)

Vão ter o benefício os apenados que preenchem os requisitos dos artigos 122 e 123 da Lei de Execução Penal e vão ter que obedecer algumas normas, como: Não se ausentar do Estado; Recolher-se às suas residências às oito da noite; Não ingerir bebidas alcoólicas; Não portar armas; Não frequentar bares, festas ou similares.

Quadrilha interestadual que atuava no Maranhão é presa em Teresina

Quadrilha foi presa com explosivos e armas em Teresina. Foto: Júnior Feitosa

Foi presa em Teresina (PI) uma quadrilha interestadual de assalto e explosão de bancos… inclusive com atuação aqui no Maranhão. A última ação desta quadrilha foi ontem (19) com explosão de caixas eletrônicos na cidade de Codó, interior do Maranhão.

Sete pessoas foram presas nessa terça-feira com vários explosivos e armas no residencial Torquato Neto. De acordo com a Polícia Civil, elas são suspeitas de integrar uma quadrilha de ataques a caixas eletrônicos e casas lotéricas nos estados do Piauí e Maranhão. Ainda segundo a polícia, dois suspeitos apontados como chefes do grupo são de Minas Gerais e haviam sido presos em 2016 acusados pelo arrombamento de outro banco em Teresina. Já outros integrantes têm passagens por crime virtual, eram considerados hackers, e tráfico de drogas.