Trânsito lento em vários pontos de São Luís

Um acidente envolvendo quatro veículos deixou uma pessoa ferida e causou um grande engarrafamento na manhã de hoje (20), na ponte Bandeira Tribuzzi, em São Luís.

O trânsito, em vários pontos da capital, ficou congestionado. O nó nas vias, que começou na Bandeira Tribuzzi, reverberou por ruas e avenidas da capital se estendendo por cerca de 2 horas de lentidão.

Videomonitoramento de trânsito passa a funcionar a partir desta segunda-feira

O novo sistema de videomonitoramento do trânsito de São Luís passa a funcionar a partir de hoje (19). A Prefeitura apresentou no primeiro dia deste mês o Centro de Controle de Operações do Trânsito e Transporte da capital (CCO), o qual possui equipamentos para observação em tempo real do trânsito nas vias da cidade. São 36 câmeras fixas, que são os fotossensores e barreiras eletrônicas, além de 32 câmeras de alta rotação, e é essa a novidade. Agora vai ser possível verificar irregularidades sem a presença física de um agente de trânsito nas ruas e avenidas.

As câmeras passaram por uma fase de teste durante 18 dias. O secretário municipal de Trânsito e Transporte, Canindé Barros, explicou a importância e a funcionalidade do CCO. “O sistema vai somar às outras intervenções realizadas para reestruturar e promover melhorias em todo o sistema municipal de transporte público”, disse o secretário.

A ideia é tornar o trânsito mais seguro, moderno e organizado, com a intenção de redução de números de acidentes com vítimas fatais.

Os equipamentos foram instalados em vários pontos considerados importantes para o melhor monitoramento do trânsito. Os locais são: Av. dos Holandeses, Av. Guajajaras, Av. Jerônimo de Albuquerque, São Francisco, Bacanga, Av. Beira Mar, Forquilha, Mercado Central, Jaracati e Av. Guaxenduba. 

Trânsito de São Luís vai ser modificado nos dias oficiais do Carnaval

A Prefeitura de São Luís vai fazer alteração no trânsito durante os dias oficiais de carnaval para garantir a segurança dos foliões, motoristas e a fluidez no trânsito. As mudanças vão ser feitas nos pontos estratégicos onde vão se concentrar as festas de momo. Entre os dias 9 e 13 de fevereiro vão sofrer alterações as vias que envolvem o Circuito Madre Deus, a Passarela do Samba e a Beira-Mar.

As interdições vão provocar mudanças em áreas como Centro, Anel Viário, Avenida Beira-Mar e São Francisco.

Além das modificações, a SMTT vai atuar no disciplinamento do trânsito com várias equipes, motos e viaturas. Serão mais de 250 agentes trabalhando nos principais circuitos do Carnaval e em pontos estratégicos de grande movimento da folia em bairros, orientando os condutores conforme o Código de Trânsito Brasileiro.

CIRCUITO MADRE DEUS

O Circuito Madre Deus passa por locais como Vila Gracinha, Praça da Saudade, Largo do Caroçudo e Beco das Minas. A interdição nessa área será realizada na Rua do Passeio, no trecho compreendido entre a Rua das Cajazeiras e Praça da Saudade; e a Rua São Pantaleão, entre a Rua das Cajazeiras e Rua Lúcio Mendonça. Também será fechada a Rua do Norte, entre a Avenida do Gavião e a Rua das Cajazeiras; e a Avenida Rui Barbosa, no trecho compreendido entre a Avenida do Gavião e Rua Lúcio Mendonça. A interdição acontecerá entre os dias 9 e 13 de fevereiro, das 14h às 23h. Como vias alternativas de tráfego no Centro, os condutores terão a área da Praça Deodoro e as ruas do Sol e da Paz – que estarão liberadas para o trânsito – além de trechos das ruas do Passeio, São Pantaleão e demais vias que não estarão interditadas.

PASSARELA DO SAMBA

Para a realização do Carnaval de passarela em São Luís, a interdição acontecerá na via sentido Areinha/Bacanga. O trânsito será desviado na Avenida Senador Vitorino Freire e na Fonte do Bispo. O fluxo será desviado na Fonte do Bispo para a Rua das Cajazeiras e na Avenida Senador Vitorino Freire nas proximidades do retorno do Bacanga. A modificação acontecerá entre os dias 9 e 13 de fevereiro, no horário das 16h às 02h.

BEIRA-MAR

Na Beira-Mar, a SMTT irá restringir a circulação de veículos, a partir do dia 10 ao dia 13, das 14h às 02h. A interdição ocorrerá no São Francisco, na Ponte José Sarney. O trânsito da Avenida Castelo Branco, sentido Centro, será desviado pela Rua das Paparaúbas, em direção à Ponte Bandeira Tribuzi. Na Avenida Beira-Mar, da Rampa de acesso ao Palácio dos Leões, os veículos serão direcionados para a Praça Dom Pedro II. Com a modificação, os condutores podem atravessar a Beira-Mar para a Rua do Egito e seguir pela Avenida Magalhães de Almeida, Anel Viário, Mercado do Peixe, Terminal da Praia Grande. A alça de acesso à Avenida Beira-Mar, da Ponte Bandeira Tribuzi, sentido Centro, também será interditada. Nesse caso, os condutores têm todo o sentido Praça Maria Aragão interditado. Nesse caso, a opção é seguir pela Camboa, via Rua Venceslau Braz, seguindo para a Praça Deodoro, via Avenida Gomes de Castro e Rua da Paz.

 

Atenção motoristas: Barreiras e pardais passam a funcionar na sexta

A partir desta sexta-feira (10) passa a valer a nova fiscalização eletrônica, assim como as novas regras para uso da faixa exclusiva para ônibus, táxi com passageiros, ambulância e carro da polícia.

Os novos equipamentos passaram por aferição do Inmeq e pelo período de testes de funcionamento

As fiscalizações de barreiras eletrônicas e radares feitas pelo Inmeq, em São Luís, foram realizadas apenas no período da noite para evitar interferência no trânsito, já que em alguns pontos é necessária a contenção de parte do tráfego.

Os motoristas tiveram um prazo para se adaptar à nova fiscalização eletrônica. Os 30 fotossensores começaram a ser instalados no mês de agosto nas avenidas Daniel de La Touche, Colares Moreira, Guajajaras, Santos Dumont, Lourenço Vieira da Silva, Marechal Castelo Branco, São Luís Rei de França e Carlos Cunha.

O objetivo dos novos equipamentos é garantir a mobilidade e a segurança de pedestres e motoristas.

Motoristas terão prazo para se adaptar aos novos radares e barreiras eletrônicas

Fiscalizações são para verificar a eficácia das barreiras eletrônicas e radares

As fiscalizações de barreiras eletrônicas e radares feitas pelo Inmeq, em São Luís, estão sendo realizadas apenas no período da noite para evitar interferência no trânsito, já que em alguns pontos é necessária a contenção de parte do tráfego.

O que já ficou garantido é que os motoristas vão ter um prazo para se adaptar à nova fiscalização eletrônica. Os 30 fotossensores começaram a ser instalados no mês de agosto nas avenidas Daniel de La Touche, Colares Moreira, Guajajaras, Santos Dumont, Lourenço Vieira da Silva, Marechal Castelo Branco, São Luís Rei de França e Carlos Cunha.

A SMTT vai realizar uma campanha de esclarecimento num prazo entre 10 e 30 dias, tempo necessário para que o público tenha conhecimento sobre a fiscalização. Neste período experimental os infratores receberão uma advertência de multa que não será computada em pontos na Carteira Nacional de Habitação ou taxa alusiva à norma de trânsito.

As fiscalizações do inmeq são feitas apenas durante a noite para evitar interferências no trânsito

O Inmeq conclui as fiscalizações no dia 13 de outubro e até o mês de novembro as barreiras e radares devem estar funcionado plenamente.

Avenida Jerônimo de Albuquerque vai mudar

Já começaram as intervenções na  Avenida Jerônimo de Albuquerque, em São Luís, na altura da loja Atacadão. A via vai ser alargada para garantir maior fluidez, lembrando que esta é uma das avenidas mais problemáticas quando o assunto é lentidão no trânsito. Essas mudanças fazem parte de uma parceria público-privada entre Prefeitura de São Luís e Hospital São Domingos e incluem implantação de sistema de sinalização vertical e horizontal.

A maior dificuldade para ocorrer o alargamento é a construção sem controle em boa parte da extensão da Avenida Jerônimo de Albuquerque

A faixa de pedestre em frente ao Atacadão será retirada e recolocada nas imediações do Hospital São Domingos. A sinalização horizontal permanece com marcações para pessoas com deficiência visual. Já o semáforo será instalado na entrada do Bequimão, nas proximidades do antigo Roque Santeiro. Por enquanto, quem passa pelo local já pode testemunhar a abertura de mais uma via paralela tanto de um lado como do outro da região do Atacadão.