“Nada disso repara as injustas acusações”, diz Carlos Lula após arquivamento de inquérito

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, usou o Twitter para emitir um desabafo após o desembargador Federal Néviton Guedes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região, determinar nesta quarta-feira (15), o arquivamento de inquérito que investigava o secretário no âmbito da ‘Operação Pegadores’.

Apesar de ter sido alvo de ataques e denúncias infundadas contra ele por quase um ano, Carlos Lula agradeceu os amigos que não o abandonaram enquanto esteve na mira dos adversários políticos do governador Flávio Dino (PCdoB). “Justiça feita”, comemorou.

“Nada disso repara as infâmias e as injustas acusações que foram perpetradas por quase um ano. Mas sempre estive tranquilo, com a certeza da correção de meus atos”, declarou o secretário.

Arquivamento

O Ministério Público Federal pediu que as investigações em desfavor de Carlos Lula fossem arquivadas, por inexistir “subsídios fáticos ou probatórios que autorizem, por ora, a deflagração de uma investigação em relação a Carlos Eduardo de Oliveira Lula”.

Para o Ministério Público, nos diálogos interceptados, o secretário apenas “manifestou surpresa e divergência” com as irregularidades na Secretaria da Saúde.

A saúde eficaz do Maranhão

Por ROBSON PAZ

A crise econômica nacional levou mais de 60 mil usuários a deixarem os planos de saúde, entre junho de 2017 e junho de 2018. Os dados são do Instituto de Estudos de Saúde Suplementar (IESS). Outro estudo divulgado pelo Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde (CNES) do Ministério da Saúde mostra que mais de 34 mil leitos de internação foram fechados no país, nos últimos oito anos, na rede pública de saúde.

Vários estados e municípios fecharam hospitais, UPAs,atrasam salários dos profissionais de saúde. Situação que revela a gravidade da saúde pública no país. Como consequência, brasileiros, sobretudo os mais pobres, sofrem nas intermináveis filas para atendimento e nos corredores dos hospitais.

A despeito deste cenário caótico, o Maranhão mostra eficácia e ousadia na gestão da saúde pública. Criou inédita rede de atendimento hospitalar regional. Em três anos e meio, o governador Flávio Dino concluiu e entregou oito hospitais regionais, que atendem milhõesde pessoas em todas as regiões. Hospitais de média e alta complexidade em Pinheiro, Imperatriz, Caxias, Balsas, Santa Inês, Bacabal, Chapadinha e HTO (Hospital de Traumatologia e Ortopedia) em São Luís.Com as novas unidades de saúde, o governo do Estado aumentou em 50% o número de leitos na rede pública. Feito extraordinário!

Aliado a este importante investimento, a consecução de programas como o Ninar, que oferta atendimento para crianças com problemas de neurodesenvolvimento,demonstra a dimensão humana e correta aplicação dos recursos públicos. E o mais emblemático: o acolhimento das crianças e familiares ocorre na antiga casa de festas do governo. Adaptada e reestruturada, a casa abriga aqueles que mais precisam.

Enquanto o país constata o recrudescimento dos índices de mortalidade infantil e materna, o Maranhão inova com a Força Estadual de Saúde, que leva esperança para população das 30 cidades mais pobres do Estado. Atenção básica que mitiga a ocorrência de doenças crônicas como hipertensão e diabetes, além damortalidade infantil e materna. Atendimento realizadoem povoados remotos, onde muitos jamais foram visitados por médicos.

Pacientes com câncer agora tem rede de tratamentoestadual, a partir do Hospital do Câncer em São Luís, antigo Hospital Geral, e a descentralização dos serviços oferecidos também em Imperatriz e Caxias.

O projeto Sorrir garante às famílias de baixa renda tratamento odontológico gratuito. A maioria dos municípios foi contemplada com ambulâncias.Concursos públicos para profissionais de saúde foram realizados, depois de décadas.

Tudo isto resulta da prioridade e esforço fiscal do governo Flávio Dino para complementar o subfinanciamento do sistema de saúde público estadual – são apenas R$ 25 milhões do SUS (Sistema Único de Saúde) por mês. O governo investe R$ 115 milhões mensais em recursos próprios.

A saúde é direito de todos. Contudo, por muito tempo este foi negligenciado. Agora, enquanto o Brasil regride com a PEC do Teto, que congela por 20 anos investimentos na área, o Maranhão colhe frutos da semente da mudança. O impacto só não é ainda maior em face do êxodo da saúde privada para o sistemapúblico de saúde.

ROBSON PAZ

Radialista, jornalista, Secretário adjunto de Comunicação So

Retomada de trabalho na Assembleia com falta de quórum

Muitas cadeiras vazias durante a sessão de início de semana na Assembleia Legislativa

A sessão desta segunda-feira (13) da Assembleia Legislativa do Maranhão foi bastante esvaziada. Apenas 5 deputados estaduais foram registrados durante o pequeno expediente.

A ausência dos parlamentares já é de se esperar neste período que antecede e durante as eleições. É que este é o momento em que muitos deputados buscam seus currais eleitorais reafirmar alianças e em busca de novas parcerias.

 

Notas do Dia

SAÍDA TEMPORÁRIA 

A justiça autorizou a saída temporária de 664 apegados para o Dia dos Pai a partir das 9h desta quarta-feira (08) e o retorno está marcado para as 18h da próxima terça-feira (14). Os beneficiados devem se recolher às suas casas até as oito horas da noite.

HOSPITAL DA CRIANÇA

O novo setor de triagem e classificação de risco do Hospital da Criança foi apresentado nesta terça-feira (07) em reuniãocom representantes da Vara de Interesses Difusos e Coletivos, Defensoria Pública e representantes de órgãos dos governos municipal e estadual. As obras da unidade estão com cerca de 64% dos trabalhos finalizados. O novo espaço vai desafogar o fluxo no setor e dar melhores condições de trabalho aos funcionários.

FRONTEIRA REABERTA

A fronteira do Brasil, em Roraima, foi reaberta nesta terça-feira (07) para a entrada de imigrantes venezuelanos. A suspensão durou 17 horas, e agora centenas de imigrantes voltaram a ingressar no país. Segundo o Exército, até as 14h (hora de Brasília) cerca de mil pessoas estavam no centro de triagem de Pacaraima.

Corpo de Bombeiros age rápido para apagar incêndio no Centro Médico

Um incêndio na noite de segunda-feira (06) destruiu parte da estrutura do Hospital Centro Médico, em São Luís. O Corpo de Bombeiros agiu rápido e controlou as chamas.

Ninguém ficou ferido.

Veja abaixo, na íntegra, a noota oficial do Corpo de Bombeiros sobre a ocorrência.

O Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão (CBMMA) informa que nesta segunda-feira (6) atendeu uma ocorrência de incêndio no Hospital Centro Médico, em São Luís. O fogo teria sido iniciado na casa de máquinas e atingiu geradores e cabos.

O incêndio foi controlado e as equipes permaneceram no local até às 22h realizando o rescaldo. Não houve registro de feridos, apenas danos materiais pontuais no local atingido pelas chamas.

Uma perícia irá determinar as causas do incêndio.

 

Operação desarticula esquema de desvio de recursos federais, com prisões no Maranhão e no Piauí

Foi deflagrada nesta quinta-feira (02) a Operação Topique nos Estados do Maranhão e Piauí, uma ação do Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU) e Polícia Federal.
Foram expedidos 14 mandados de prisão preventiva, 9 mandados de prisão temporária e 40 mandados de busca e apreensão nos municípios de Teresina (PI), São João da Serra (PI), Olho D’Água do Piauí (PI) e Coelho Neto (MA).
A organização criminosa fraudava licitações e desviava recursos federais destinados ao transporte escolar pelo Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar (Pnate) e pelo Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb).
O esquema envolvia empresas e agentes públicos, que desviavam recursos mediante a subcontratação irregular e o posterior superfaturamento dos valores cobrados, apenas cerca de 40% dos valores eram pagos às empresas contratadas.
Entre 2013 e 2017, as empresas investigadas receberam cerca de R$ 297 milhões, em contratos com mais de 40 prefeituras.
A Operação conta com a participação de 180 policiais federais e nove auditores da CGU.

Uma homenagem …

 

A editora do Blog abre espaço, em meio às notícias, para uma homenagem à uma mulher guerreira, competente e digna representante dos anseios da população, Nádia Oliveira.

Nesta quarta-feira (01), Nádia completa mais um ano de vida. Ela que, atualmente, é secretária de Assistencia Social do município de Raposa.

A secretária é formada em Terapia Ocupacional, Bombeira Civil Profissional, Coord. Bombeiro Mirim e Juvenil de Raposa – BMJ, Presidente do CMDCA e Articuladora do Selo Unicef de Raposa.

Convenção de Roseana ratifica desavenças entre Lobão e Sarney Filho

A desarmonia existente dentro do grupo Sarney ficou evidente durante a convenção que homologou a chapa de Roseana ao governo do Estado. Os responsáveis por essa cizânia são os candidatos ao Senado, Edison Lobão e Sarney Filho.

Cientes de que dificilmente elegerão um senador, o clã Sarney está completamente rachado para eleger o representante legítimo da família, o deputado federal Zequinha.

Amigo há mais de quatro décadas e fiel escudeiro do oligarca José Sarney, Edison Lobão está sendo preterido pelo grupo diante das dificuldades encontradas nas eleições de outubro.

O velho lobo da política maranhense está completamente abandonado pelo que restou do clã Sarney. A prova disso é a revolta de deputados sarneyzistas que não trabalharão pela reeleição do senador porque o PRTB não fechou com Roseana.

Pelo que se pode perceber dentro do grupo, ninguém fará força para eleger Lobão. Somente o seu filho, que quer ser suplente novamente.

O isolamento de Lobão foi um dos assuntos mais comentados durante a Convenção. Ao lado, lógico, da chance praticamente inexistente de Roseana se eleger ao governo pela quinta vez.

Fico feliz que o Maranhão tenha se livrado da oligarquia”, diz Frei Betto

Durante passagem por São Luís, o escritor Frei Betto fez duras críticas ao grupo político da família Sarney que comandou o Maranhão durante décadas, foi derrotado nas urnas em 2014 e agora tenta voltar ao poder.

Autor de mais de 60 livros, Frei Betto afirmou que já veio muitas vezes ao Maranhão. “E fico feliz que ele tenha se livrado – espero que para sempre, né? – de uma certa oligarquia que manteve esse Estado como um dos mais miseráveis do país. O Maranhão não merece isso”, acrescentou durante entrevista ao Jornal Pequeno.

Roseana Sarney é a candidata desse grupo nas eleições deste ano. A expressão “oligarquia” ficou nacionalmente associada à família Sarney desde que eles passaram a ter controle sobre o Estado. Foi a partir daí que José Sarney chegou até a vice-presidência.

Frei Betto esteve em São Luís na semana passada para participar da 15º Semana de Ciência e Tecnologia no Maranhão. Ele deu a palestra “Ciência, Crise e Modernidade”.

O escritor também ressaltou a mudança trazida pela gestão Flávio Dino. “Para mim é uma honra [dar a palestra] porque gosto do tema, me sinto realmente prestando um serviço. E também é uma forma de estar prestando uma homenagem ao Flávio Dino, que é o meu governador do coração”, disse.

Notas do Dia

ESQUADRILHA DA FUMAÇA

Foto: Handson Chagas

A esquadrilha da fumaça realizou apresentação nesta terça-feira (24), em São Luís e atraiu olhares de centenas de pessoas. O espetáculo durou cerca de 40 minutos e o trânsito ficou lento em vários pontos da capital, principalmente nos locais em que a visualização das manobras eram mais acessíveis, como nas praias e espigão costeiro. A apresentação faz parte da turnê que teve início no dia 14 de junho e vai até 29 de julho. 12 cidades do Norte e Nordeste.

COMPRA DIA DOS PAIS

O levantamento de intenção de consumo para o Dia dos Pais, realizado pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Maranhão (Fecomércio-MA), indicou que 54,0% dos consumidores ludovicenses estão predispostos a comprar presentes este ano. O resultado apresenta ligeiro recuo de -3,2% em relação à intenção de consumo registrada no mesmo período de 2017ão receber o evento.

CITY TOUR DO REGGAE

Nesta quarta-feira (25), as ruas do Centro Histórico serão o palco do Roteiro Reggae, evento da Prefeitura de São Luís, realizado por meio da Secretaria Municipal de Turismo (Setur). O objetivo da atividade, que integra as ações do Programa Férias Culturais, é fazer com que turistas e ludovicenses conheçam a história do Reggae na capital maranhense. O roteiro começa às 19h na Praça Benedito Leite, no Centro. O passeio segue pela Rua da Paz, Beco da Pacotilha, rua do Giz, Rua da Estrela, Rua da Alfândega, Beco Catarina Mina, seguindo pela Rua Portugal e encerrando a rota na Rua do Trapiche