Jornalista Gildean Farias lança blog de notícias

Já está no ar, o mais novo espaço de notícias da blogosfera maranhense: o blog gildeanfarias.com.br. Com informações sobre o que é notícia no Maranhão, no Brasil e no mundo, o blog pretende ser um espaço dinâmico e participativo.

“Este é um espaço de compartilhamento de produção de notícias, com a responsabilidade e a dinâmica do bom e verdadeiro Jornalismo!”, destaca o autor do blog, jornalista Gildean Farias.

As notícias do blog estão divididas em cinco editorias: Maranhão, São Bernardo, Política, Geral e Opinião; e apresenta um layout dinâmico e leve, que proporciona melhor leitura e acesso às notícias. Além disso, possibilita a opinião dos leitores, por meio de comentários e envio de dicas de notícias, que serão publicadas neste espaço, desde que atendam aos principais critérios de noticiabilidade: veracidade, atualidade e relevância pública.

*Sobre o autor*
Gildean Farias é natural do município de São Bernardo, graduado em Jornalismo e pós graduando em Comunicação e Marketing em Mídias Digitais. Atuou como repórter dos jornais O Imparcial e Aqui-MA, de 2012 a 2015; e como repórter e editor do portal O Imparcial, por igual período.

Aberta consulta pública para definição de cursos do pólo de educação superior da Uema em Bequimão

Começou nesta sexta-feira (9), a Consulta Pública pela internet para definição dos cursos de graduação a serem oferecidos pelo polo de educação superior da Universidade Estadual do Maranhão (Uema), no município de Bequimão.

A plataforma para a votação da comunidade estudantil de Bequimão foi apresentada pela pró-reitora de Graduação da Universidade Estadual do Maranhão, Zafira Almeida, a coordenadora da Uemanet, Ilka Serra, acompanhadas do secretário adjunto Robson Paz (Radiodifusão) e de técnicos da instituição, no Centro de Ensino Médio Manuel Beckman.

“Este é o início de um trabalho que certamente haverá de ser ampliado e dará muitos resultados para Bequimão, consolidando o município como pólo importante educacional e economicamente da região”, afirmou a pró-reitora Zafira.

Serão ofertados três cursos de graduação no polo da Uema em Bequimão, com início das aulas previstas para o início de 2020. Estão disponíveis para votação pela internet os cursos de Física, Geografia, Pedagogia, Administração Pública (Bacharelado) e Gestão Comercial. Destes, os três com maior votação na Consulta Pública serão ofertados pela Uema, com 35 vagas para cada um. A consulta pública será concluída em dez dias.

Para ter acesso aos cursos, os candidatos deverão prestar concurso vestibular específico para o pólo de Bequimão, cujo calendário será posteriormente divulgado pela Pró-Reitoria de Graduação da Uema.

“O sonho do polo da Uema em nossa Bequimão deu mais um passo importante rumo à realidade. Momento marcante dialogar com os estudantes sobre os cursos oferecidos e a participação dos alunos no processo de consulta pública. Esta iniciativa é mais uma demonstração da sensibilidade do governador Flávio Dino com a educação e o cuidado com nosso município”, afirmou Robson Paz.

VISTORIA

A equipe da Uema também visitou as instalações do IEMA (Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão) Unidade Vocacional de Bequimão para vistoriar o espaço, que vai abrigar o polo da universidade, no município.

O prédio foi aprovado pelos profissionais da Uema. Serão feitas adequações visando instalar laboratórios, biblioteca e rede de internet para os alunos.

A visita da comitiva da Uema e do governo do Estado foi acompanhada pelos gestores do Iema, Emerson Pereira; do CEM Manuel Beckman, Francisco Ferreira; pelo vice-presidente da Câmara de Vereadores, Fredson; a presidente do PCdoB de Bequimão, Amércia Suzane, e o ex-vereador Elanderson.

Atletas destacam conforto e organização na ‘Vila Olímpica’ do Jem’s

Com o tema “A Integração pelo Esporte”, os JEMs/ParaJEMs 2019 – abetos oficialmente na noite de ontem (8) – serão marcados, além das disputas entre os atletas, por uma novidade: a Secretaria de Estado do esporte e Lazer (Sedel) apostou na união e na confraternização entre competidores aos reuni-los em um alojamento único, localizado no Ipem.

Com uma estrutura móvel montada especificamente para o período de disputas, a “Vila Olímpica” chamou atenção de atletas que vieram a São Luís participar dos jogos.

Os destaques são o conforto, privacidade, a possibilidade de interação com delegações de todo o estado e o clima geral de confraternização. Além do alojamento, há áreas de lazer com mini campo de futebol e um lounge de jogos para que competidores passarem o tempo entre os jogos.

“De todos os alojamentos de jogos que a gente já participou, dos anos que a gente já participou, esse daqui, sem dúvida, está sendo um dos melhores. Tanto pela recepção, quanto pela equipe que está trabalhando aqui em conjunto, pela organização, pela infraestrutura, até, porque, nos passados, a gente não tinha tanto conforto quanto agora”, destacou Thaiza Noelly, atleta infanto de Handebol do Iema de Axixa. “A gente tem mais privacidade”, completou ela.

Já Ricardo Santos elogiou a organização. “Está sendo uma experiência incrível. Gostaríamos de agradecer a toda a organização. Fomos muito bem recebidos e está tudo muito bonito e muito perfeito. Parabéns!”, frisou.

Os JEMs/ParaJEMs contam com um crescente número de alunos atletas participantes. São mais de 50 mil alunos, de 12 a 17 anos, de 98 municípios, que disputaram desde a etapa municipal, passando pelo regional, até a estadual, nas modalidades atletismo, luta olímpica, golbol, bocha, badminton, basquete, ciclismo, futsal, ginástica rítmica, handebol, judô, natação, tênis de mesa, voleibol, vôlei de praia e xadrez, nas categorias infantil e infanto, masculino e feminino.

Com informações do Blog de Gilberto Leda.

Bolsonaro sugere ‘fazer cocô dia sim, dia não’ para reduzir poluição ambiental

O presidente Jair Bolsonaro surpreendeu um grupo de repórteres nesta sexta-feira (9) ao responder a uma pergunta sobre a possibilidade de haver desenvolvimento com preservação ambiental.

Ele disse que, quando se fala em poluição ambiental, “é só você fazer cocô dia sim, dia não que melhora bastante a nossa vida”.

Bolsonaro deu a declaração ao conceder uma entrevista para repórteres que o aguardavam na entrada do Palácio da Alvorada, residência oficial, no momento em que se dirigia a uma cerimônia no Clube do Exército.

Durante a entrevista, o presidente foi questionado se é possível o país preservar o meio ambiente e se desenvolver economicamente.

  • “Presidente, é possível crescer com preservação?”, indagou um jornalista.
  • “Sim, é lógico que sim”, respondeu o presidente.
  • O jornalista, então, pergunta: “Como? Se tem que alimentar e…”
  • Antes de a pergunta ser concluída, Bolsonaro afirma: “É só você deixar de comer menos um pouquinho. Quando se fala em poluição ambiental, é só você fazer cocô dia sim, dia não que melhora bastante a nossa vida também, está certo?”.

Do G1.

Suspensa Lei do Personal em São Luís

Em decisão proferida no dia 31 do mês passado, o juiz Thales Ribeiro de Andrade, da 4ª Vara da Fazenda Pública, suspendeu a eficácia da Lei Municipal nº 6.462/2019, promulgada pelo presidente da Câmara Municipal de São Luís, vereador Osmar Filho (PDT), em março.

De autoria do vereador Paulo Victor (PTC), a chamada Lei do Personal garante que os profissionais de Educação Física – cuja categoria é formada, hoje, por mais de 2 mil profissionais somente na capital – tenham o direito de acompanhar o treino dos alunos nas academias, sem a necessidade de pagamento de taxas aos estabelecimentos comerciais, que já recebem as mensalidades dos clientes.

O magistrado atendeu pedido de tutela de urgência formulado pela Fórmula Tiju Fitness Center (Bodytech) e Selfit Academias Holding S.A, academias que possuem matrizes na capital maranhense. As assessorias jurídicas dos estabelecimentos alegaram que a referida Lei é inconstitucional, uma vez que intervém “arbitrariamente na propriedade privada, na atividade econômica e na livre iniciativa, além de tratar sobre direito civil, matéria de competência da União”.

Esta semana, Paulo Victor reuniu-se com representantes das Procuradorias do Município de São Luís e da Câmara. Também participaram do encontro educadores físicos insatisfeitos com a decisão do juiz e o vereador Ricardo Diniz (PRTB).

Na oportunidade, o procurador Domerval Alves Moreno Neto, do município de São Luís, informou que o órgão ainda não havia sido oficialmente notificado sobre a decisão judicial.

No entanto, garantiu que PGM já está elaborando a defesa e entrará com recurso no qual pedirá agravo instrumental para que a Lei volte a valer em sua plenitude.

“Seguiremos firmes na caminhada que não pode ser de apenas um órgão ou de uma classe trabalhadora, mas de toda a coletividade. Nós faremos o possível, reuniremos quantas vezes forem necessárias, pois acreditamos naquilo que nos propusemos a fazer. Entendemos que as academias já lucram com as mensalidades dos alunos, então, não podemos permitir que esse abuso tenha continuidade na nossa cidade”, enfatizou Paulo Victor.

O parlamentar, também esta semana, reuniu-se com o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho, Luciano Aragão Santos.

Aragão afirmou que a relação triangular aluno/personal trainer/academia é complexa e garantiu que irá avaliar tudo, a fim de identificar possíveis abusos ou desrespeitos às leis trabalhistas

Agressões e calúnias, jovem do MBL ofende secretário e família em lançamento do Jems’s

Após apresentar um espetáculo de festa, durante a abertura do Jogos Escolares Maranhenses (JEMs)2019 , O secretário de Esporte e Lazer , Rogério Cafeteira e sua família sofreram agressões e calúnias de jovem do Movimento Brasil Livre (MBL).

Entenda o caso : Na saída da cerimônia de abertura do JEMs, após uma festa ímpar onde todos se confraternizavão e comemoramvam felizes pelo sucesso da abertura, Rogério Cafeteira foi sarcasticamente, juntamente com a sua família, abordado por um rapaz, que, posteriormente soube se tratar de Gustavo Carvalho, do MBL. Após ele fazer mais uma gravação tentando constranger um integrante do Governo do Maranhão , perante todos, o secretário respondeu pra ele: “tão bobão”.

Diante dos fatos , a cunhada do secretário , ao se sentir ofendida assim como o restante de sua família, puxou o telefone da mão dele por achar que foi desrespeitoso em sua abordagem e no intuito de defender sua sobrinha, uma criança de 12 anos e sua mãe uma senhora de 70 anos que presenciavam tal absurdo.

Em seguida Gustavo agarrou a cunhada, tentando pegar o celular e a mesma ficou apavorada com medo de sofrer uma agressão, uma vez que o mesmo estava descontrolado verbalizando de forma alta e agressiva palavras ofensivas e de baixo calão, deixando seu lado misógino e preconceituoso falar mais alto.

No descontrole de Gustavo, populares interviram e acabou gerando uma pequena confusão já que o mesmo não se acalmava e gritava descontraladamente , enquanto distribuia tapas em quem o tentasse conter. Quando enfim resolveu sair visivelmente transtornado deferiu ofensas e ameaças. A cunhada do secretário registrou um B.O .

Boi de Sonhos: Uma festa pra ficar na história da cultura maranhense

O próximo ano promete marcar as homenagens em comemoração às bodas de prata pela passagem dos 25 anos do Bumba meu Boi de Sonhos, um dos principais grupos de sotaque de orquestra do Maranhão. Para isso, uma mega festa será realizada no dia 19 de outubro, na Casa das Dunas. O ato promete selar a maturidade e jovialidade de um grupo cultural em constante transformação no estado. A programação completa será disponível nas redes sociais da brincadeira: @boidesonhosoficial.

PRESIDENTE DE HONRA!

Cileninha é uma das mulheres de destaque que comandam o grupo que majoritariamente é envolto por homens que gerenciam os grupos culturais na cidade. Foi de um encanto de criança que nasceu no berço do bairro do São Cristóvão, um grupo de sotaque de orquestra, em 1º de maio de 1995, na Rua da Pedreira, nº 90, pela então menina alcunhada por “Cileninha”, mas que na verdade tem o nome de origem, Leocilene Silva dos Santos.

A garota que tinha como maior sonho brincar num bumba-meu-boi de orquestra bem animado, formado com jovens e adolescentes, que tivesse indumentárias bonitas, coreografias diferentes e adequadas às músicas, que agradasse ao público e botasse todo mundo para dançar com toadas animadas e poesia fácil do povo aprender, conseguiu consolidá-lo.

Tudo começou quando passou a reunir na porta de casa, as crianças entre 08 e 12 anos, e outras ruas de localidades vizinhas, formando um grupo com 10 vaqueiros, 10 vaqueiras e 08 índias, todos mirins e que começaram a ensaiar, passando a confeccionar suas próprias fantasias a partir de retalhos de tecidos e chapéus velhos, tendo apoio de seus pais que o ajudaram.

Foi então que o Boi de Sonho se tornou realidade e hoje é um dos grupos mais esperados nas noites do São João do Maranhão com diversas apresentações durantes os meses juninos.

Para ela, um dos desafios em exercer o papel feminino em uma brincadeira é a abertura para negociações das apresentações itinerantes, e a confiança na credibilidade de um Boi dirigido por uma mulher.

Márcio Jerry apresenta Balanço de Mandato para auditório lotado em São Luís

Em um auditório lotado em São Luís, na noite desta segunda-feira (5), o deputado federal Márcio Jerry apresentou um Balanço de Mandato Parlamentar dos primeiros seis meses atuando na Câmara dos Deputados. O evento contou com a presença de diversas lideranças do Maranhão, como as secretárias do Estado Ana Mendonça (Mulher), Flávia Alexandrina (Segep), Tatiana Pereira (Juventude), os prefeitos Roni (Mirador), Chico Freitas (Lagoa Grande do Maranhão), do vice-prefeito da capital, Júlio Pinheiro, bem como do Secretário de Obras E Serviços Públicos de São Luís, Antônio Araújo, além de representantes de movimentos sociais organizados, como Dai Sabino (presidenta da UJS), Raimundo Oliveira (presidente do SINPROESEMMA), Isaias Castelo (Sindicato dos Rodoviários) e Joel Nascimento (presidente da CTB).

Além da entrega de um livro com os principais pontos de sua atuação, Jerry destacou que o momento é de união das forças para tentar diminuir os retrocessos impostos pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL). “Estamos no curso de um golpe que derrubou a presidenta Dilma sem crime de responsabilidade, que prendeu o ex-presidente Lula numa trama para que ele não participasse das eleições de 2018, em um processo viciado e ilegal”, afirmou o deputado do Maranhão.

Jerry também agradeceu aos que acreditam no modo de fazer política que o Partido Comunista do Brasil vem desenvolvendo no Maranhão, simbolizada principalmente pela reeleição do governador Flávio Dino. “Eu agradeço meus eleitores e digo que estou me esforçando muito para fazer por merecer os 134.223 votos de confiança que recebi. Eu não represento a mim mesmo, represento uma corrente de opinião, um modo de pensar da sociedade. Nossa bancada tem oito deputados, mas os desinformados podem pensar que somos 80, pois estamos todos os dias ocupando a Tribuna, participando das comissões e apresentando projetos de lei e emendas que defendem os direitos dos que mais precisam do Estado brasileiro”, declarou.

Para a Secretária Ana Mendonça, a presença de Márcio Jerry na Câmara dos Deputados é uma vantagem para os maranhenses. “Nós só temos a ganhar com ele em Brasília. Ali nós podemos contar com uma força que defende os direitos dos trabalhadores, os mais humildes, os invisíveis, crianças, jovens e adolescentes. Estamos muito satisfeito com os seis meses de parlamento, onde Jerry tem defendido os interesses do estado do Maranhão e do Brasil”, disse.

Já para o professor Alan Kardec, da Universidade Federal do Maranhão, Jerry também precisa ser lembrado por se debruçar sobre o Acordo de Salvaguardas Tecnológicas entre o Brasil e Estados Unidos. “O mandato do Márcio é forte e nos representa, é importante por diversos aspectos, como defender o direito dos professores, dos trabalhadores e do Brasil, como a questão de Alcântara, que defende a soberania nacional”, completou.

Com o fim do recesso parlamentar os deputados da Câmara encaram diversos desafios, como a votação do segundo turno da Reforma da Previdência, que apresenta risco para as aposentadorias. Nesta fase, o texto não pode ser alterado, mas os parlamentares podem propor a supressão de trechos do projeto.

Prefeita de Paço do Lumiar em exercício, Maria Paula, reúne sua equipe

A prefeita em exercício de Paço do Lumiar, Maria Paula Azevedo (SD), realizou na noite desta sexta-feira (2) a primeira reunião de secretariado e assessores para informar sobre as imediatas providências tomadas após assumir a administração municipal.

Maria Paula foi empossada na quinta-feira (1), por recomendação do Ministério Público, em decorrência do afastamento do prefeito Domingos Dutra que continua internado para tratamento de um acidente vascular cerebral (AVC).

Durante a reunião, a prefeita destacou a assinatura de um decreto criando uma comissão de transição para fazer um levantamento geral da situação da Prefeitura.

“Estamos nos informando sobre a situação de cada secretaria, conversando com os secretários e definindo as prioridades e ações emergenciais. O mais importante é que estamos unidos e motivados a fazer o melhor pela população de Paço do Lumiar”, afirmou Maria Paula Azevedo.

Ao final da reunião, todos fizeram uma corrente de oração pela saúde do prefeito Domingos Dutra e pelo êxito da administração da prefeita recém-empossada.

Com informações do Blog de Clayton Collins, Paço em Foco.

Consórcio aprova ações prioritárias para integrar comunicação pública da Amazônia Legal

Durante o Fórum de Governadores da região, realizado em Palmas, no Tocantins, a Câmara Técnica de Comunicação Pública, que congrega secretários dos nove estados, elegeu prioridades para promover políticas públicas integradas. A ideia é democratizar o acesso aos meios de comunicação e ampliar a divulgação das potencialidades da região.

Criação da agência de comunicação pública regional; compartilhamento de experiências e conteúdos entre os estados, além da constituição de uma rede de veículos de comunicação públicos e estatais são ações prioritárias apresentadas pela Câmara e aprovadas pelo Conselho Executivo do Consórcio. As propostas agora constam da carteira de projetos a serem implementados pela autarquia.“Há uma carência significativa de comunicação regional capaz de repercutir toda a potencialidade econômica, turística, cultural e social da Amazônia Legal. Nossa população consome em grande medida a agenda midiática imposta pelos grandes grupos de mídia do sudeste e sul do país”, avalia Robson Paz, secretário adjunto de Comunicação do governo do Maranhão.

Coube a ele e ao presidente da Câmara, Gilberto Ubaiara, secretário de Comunicação do Governo do Amapá, convencerem os conselheiros da viabilidade executiva e eficácia da estratégia de comunicação. “A comunicação pública integrada é fundamental  na construção deste rico momento político e administrativo da nossa região. A partir da consolidação deste bloco regional com a concretização do Consórcio, temos que avançar na efetivação dos projetos comuns”, diz Ubaiara.

A carteira de projetos voltada para a comunicação prevê a criação de plataforma na internet, que abrigará toda a produção de conteúdos jornalísticos, publicitário e digital, além de congregar os veículos de comunicação pública existente em cada ente do consórcio. A mais vistosa ferramenta de comunicação à disposição do Consórcio são as emissoras de rádio e TVs públicas e estatais.

A Câmara contabilizou quase duas dezenas de rádios e TVs públicas e estatais na região. “Vamos fazer um trabalho de identificação de todas as emissoras e dialogar com as direções para que tenhamos o compartilhamento de conteúdo regional e construir relacionamentos capazes de viabilizar a troca de experiências para desenvolver produtos atraentes para o público”, afirma Daniela Assayag, secretária de Comunicação do Governo do Amazonas.

Também participaram da reunião do Fórum de Governadores da Amazônia Legal os secretários de Comunicação do Tocantins, Vieira de Melo; do Pará, Vera Oliveira; de Roraima, Marcos Marques; e do Acre, Silvania Pinheiro. A disposição e entusiasmo demonstrada pelos secretários e a determinação dos governadores, indica que a comunicação pública terá avanços proporcionais às dimensões territoriais da Amazônia Legal.