Lula vai se entregar hoje

O ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva vai se entregar hoje, depois do pedido de prisão feito a “toque de caixa” pelojuiz Sérgio Moro. Lula tem até às 17h para se apresentar. Durante toda a noite de ontem (05) foi realizada uma vigília, em São Bernardo do Campos, em protesto às últimas decisões.

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), primeiro colocado no concurso para juiz que teve Sérgio Moro como um dos candidatos e ex-presidente da Associação de Juízes Federais do Brasil (Ajufe), se manifestou em suas redes sociais. Ele que está do país para participar da Brazil Conference at Harvard & MIT 208, em Boston, Massachusetts, nos Estados Unidos da América, classificou a decisão de Moro como parcial. “Prisão antes mesmo de esgotados recursos em 2ª instância e antes de finalizado o debate constitucional no Supremo só se explica por ansiedade ou parcialidade. Ou os 2 erros simultaneamente”, disse o governador.

Ele acrescentou que Moro não tem competência constitucional para “varrer” recurso. “O juiz acha que um recurso é uma “patologia a ser varrida”. Então resolve ele mesmo “varrer”. Ocorre que ele não tem essa competência constitucional, pois ele não foi eleito membro do Congresso Nacional, nem é ministro do Supremo”, ressaltou.

Dino finaliza dizendo que a decisão é um desserviço à Nação e que cabe ao judiciário pacificar a sociedade. “Cabe ao Judiciário tentar pacificar a sociedade e não jogar lenha na fogueira de paixões políticas. É um desserviço à Nação e à união entre os brasileiros agir de modo precipitado, por antipatias ou vaidades pessoais”, afirmou o governador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *