Roberto Rocha reafirma: Zé Reinaldo pode perder vaga do PSDB para disputar o Senado

Do blog do Gláucio Ericeira, com edição de John Cutrim- O senador Roberto Rocha endossou a avaliação recente feita pelo ex-prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira, sobre a possível anulação da pré-candidatura ao Senado do deputado federal José Reinaldo Tavares, caso o ex-governador continue insistindo na tese de estimular a pré-candidatura ao governo do deputado estadual Eduardo Braide (PMN).

Em entrevista ao Ponto e Vírgula, da Rádio Difusora FM, nesta noite, o presidente estadual do PSDB e pré-candidato ao Palácio dos Leões não teceu críticas públicas a Zé Reinaldo, mas adotou o ditado que o que se planta, se colhe.

O senador afirmou que Madeira, que é secretário-geral do partido, tem total autonomia para discorrer sobre o tema.

“Todos tem liberdade de emitir sua opinião. E com o ex-governador José Reinaldo não é diferente. Sobre este assunto [retirada da pré-candidatura] o companheiro Madeira tem meu total apoio e autonomia para emitir a opinião do partido, como já foi feito”, disse o parlamentar.

Roberto Rocha afirmou que o PSDB é uma sigla democrática e que as candidaturas majoritária e proporcional serão definidas nas convenções partidárias, que acontecem no período de 20 de julho a 05 de agosto. Rocha deu a entender que a candidatura número um do PSDB ao Senado é do deputado Alexandre Almeida e que a segunda vaga será disputada entre José Reinaldo e Waldir Maranhão.

Sobre a possível substituição de Zé Reinaldo pelo deputado federal Waldir Maranhão, Rocha explicou que o segundo tem o direito de pleitear a condição de pré-candidato tucano à Câmara Alta e que este assunto só será definido nas convenções.

O presidente do PSDB maranhense disse que a prioridade do partido ao Senado trata-se do deputado estadual Alexandre Almeida, que aceitou o convite feito por ele e Sebastião Madeira antes mesmo das filiações de Reinaldo e de Waldir. Estes dois concorrerão à segunda vaga nas convenções.

Roberto Rocha elogiou o nome de Eduardo Braide e disse que o mesmo tem legitimidade para entrar na disputa governamental. “Nós temos uma relação de berço. O pai dele [Carlos Braide] foi secretário do meu pai [Luiz Rocha], quando foi governador”.

Rocha tratou de afastar as especulações, confirmou que é candidato ao governo pra valer e deixou claro que o seu projeto de chegar ao Palácio dos Leões é uma realidade concreta.

Zé Reinaldo volta a defender Braide – O deputado Zé Reinaldo parece não ter se importado com a ameaça de perder a vaga para disputar o Senado representando do PSDB.

Ontem, nas suas redes sociais, ele publicou artigo, intitulado “Braide é candidato e muda a eleição”, no qual saiu, mais uma vez, em defesa da pré-candidatura do deputado estadual – clique Aqui e leia na íntegra.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *