Roseana Sarney é condenada por propaganda antecipada

Justiça eleitoral condena Roseana Sarney por propaganda negativa contra Flávio Dino e antecipação de pedidos de votos.

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão condenou nesta quinta-feira (24) a pré-candidata ao governo do Maranhão Roseana Sarney (MDB) por propaganda antecipada, e também por fazer propaganda negativa contra o governador Flávio Dino (PCdoB).

O Juiz Júlio Cézar Lima Praseres deu um prazo de 24 horas para que um blog de um jornalista maranhense retire do ar a matéria em que Roseana pede votos e usa adjetivos para “denegrir a imagem do atual governador do Maranhão vislumbrando ludibriar a população, para influenciar no resultado do pleito”.

A ex-governadora também está proibida de replicar a matéria do blog ou conteúdo parecido em qualquer jornal ou mídia eletrônica.

Ainda segundo a decisão, existem trechos que “apontam para ocorrência de pedido expresso de votos, o que é vedado pelas normas eleitorais nesse momento do processo eleitoral”. O  juiz afirma que Roseana tenta atingir Flávio Dino de maneira pessoal.

A multa diária, de acordo com a liminar, é de R$ 1 mil, caso a decisão não seja respeitada.

1 pensou em “Roseana Sarney é condenada por propaganda antecipada

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *