Na presença de Bolsonaro, Maura Jorge fala da baixa pontuação nas pesquisas

Pré-candidato à presidência da república Jair Bolsonaro (PSL) cumpre agenda no Maranhão. Foto: Biné Morais

Em coletiva à imprensa, na tarde desta quinta-feira (14), a pré-candidata ao governo do Maranhão Maura Jorge (PSL) falou sobre o baixo desempenho que vem desenvolvendo nas últimas pesquisas de intenções de votos.

Na pesquisa de Imperatriz, divulgada esta semana,  Maura aparece com 0,5% na espontânea (quando os nomes dos candidatos não são apresentados) e com 2% na pesquisa estimulada (quando os nomes dos candidatos são listados).

Foto: Biné Morais

A pré-candidata ressaltou que as pesquisas não retratam exatamente a realidade do cenário político, mas servem como um norteador a partir do levamento da rejeição de cada postulante.

“Creio nas pesquisas é que elas dão um norte, elas não definem o momento político. Pode até nos nortear de dizer quem tem condição de crescer, de chegar lá, pois o que estão aí já têm a sua rejeição natural”, disse Maura Jorge.

O presidenciável também falou sobre as pesquisas, e lembrou que tudo pode mudar até a a apuração dos votos. “De repente ganha, um mês ou dois meses depois, acontece, não é? Assim como tem gente lá na frente que perde, tudo pode acontecer. Eleição você só ganha quando abrem as urnas”, afirma Bolsonaro.

Bolsonaro participou de reunião no Centro de Convenções Pedro Neiva de Santana, no bairro do Cohafuma, ao lado de Maura Jorge, e de outros pré-candidatos, ao Senado, Câmara Federal e Assembleia Legislativa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *