Melhorias na educação, Governo alcança média histórica do IDEB

Foto: Jairon Martins

O Governo do Estado apresentou nesta segunda-feira (03) os resultados do IDEB (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) do Maranhão. Os números apontam melhoras substanciais no índice que mede a qualidade da educação em todo país.

Levando em consideração os índices do Censo Escolar e o desempenho em Lingua Portuguesa e Matemática, obtido na Prova Brasil, do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Básica somente das Escolas públicas estaduais, o Maranhão conseguiu uma média de 3,4 no IDEB.

Felipe Camarão Secretário de Educação apresenta os resultados do IDEB. Foto: Handson Chagas

Essa nota é uma média histórica, desde quando o indicador foi criado em 2005. É primeira vez que o estado fica acima da média do nordeste, em que este ano foi de 3,2.

A Média de 3,4 coloca Maranhão em terceiro lugar no Ranking dos Estados do Nordeste, ficando atrás apenas de Pernambuco com nota 4,0 e do Ceará com 3,8.

Foto: Handson Chagas

A nível nacional o Maranhão conseguiu superar 8 posições, passando da 21°em 2013, para 13° em 2017, ficando a frente, inclusive de estados que tradicionalmente, sempre apresentaram índices educacionais melhores, como Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e Brasília

Apesar dos avanços, os gestores estaduais reconhecem que muito ainda precisa ser feito para melhorar esses indicadores a nível municipal e ressaltam a necessidade de um Pacto Estadual pela Aprendizagem, que deve envolver todos os 217 municípios maranhenses.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *