Márcio Jerry: “A ‘previdência do Bolsonaro’ protege privilegiados”

Em entrevista à Rádio Guanabara na manhã desta quarta-feira (24), o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) voltou a afirmar que a reforma da previdência proposta pelo governo de Jair Bolsonaro (PSL) protege os privilegiados.

“Querem capitalizar tirando daqueles que mais precisam, daqueles que vão morrer antes de aposentar, querem tirar professores, dos trabalhadores rurais, é uma proposta absolutamente cruel. E olha que no primeiro turno nós conseguimos deixar essa reforma da Previdência menos ruim”, afirmou o deputado.

Jerry também explicou que a proposta vai ser votada em segundo turno no mês de agosto e que, nesta fase do processo, os deputados não podem acrescentar nenhuma sugestão ao texto, mas podem retirar trechos. “Dado o meu compromisso com o povo colinense, maranhense, com os trabalhadores do campo, eu vou votar contra a previdência. Paulo Guedes é um pau mandado da elite brasileira, ele não gosta do povo. Fazer economia em cima de pobre, o que é isso? Tá errado”, disse.

O deputado do Maranhão alertou também que mesmo aprovada, a previdência não deve gerar mais empregos. “São sete meses de governo Bolsonaro mentindo para o povo brasileiro, eles dizem que a reforma da previdência vai salvar a economia, isso não existe. Eu sugiro que daqui um ano voltemos a conversar sobre a economia para ver se mudou algo. É ao contrário, é a economia que mantém a previdência. Precisamos fazer ajustes na previdência, claro que é necessário, mas a proposta do Bolsonaro não resolve nada, não soluciona a questão econômica”, completou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *