Stellar Banner afunda e nuvem de poeira pode ser minério de ferro

O navio mercante Stellar Banner foi afundado, nesta sexta-feira (12), depois de 3 meses encalhado na costa do Maranhão. A operação de alijamento (afundamento) foi aprovada por órgãos como o Ibama e acompanhada pela Marinha do Brasil.

O professor do departamento de Oceanografia da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), Antônio Carlos Leal, analisou as imagens do afundamento e enfatizou que a nuvem de poeira vermelha que sobe durante o alijamento possa ser resíduos de minério de ferro. Por isso a importância da continuidade de monitoramento da área em que a embarcação foi afundada, por conta do risco de contaminação do meio ambiente.

A embarcação encalhou no final de fevereiro deste ano, depois de fissuras no casco. Todo material foi retirado do navio, como minério de ferro, óleo e objetos flutuantes, para que o Stellar Banner fosse afundado propositalmente sem riscos ao meio ambiente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *