Jair Bolsonaro pode ser vacinado amanhã. Será? E será com a Coronavac?

O Palácio do Planalto sinalizou ao Ministério da Saúde, nesta sexta-feira (02), que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) será vacinado neste sábado, portanto amanhã.

Duas vacinas são usadas no Brasil para imunização contra o novo coronavírus, a AstraZeneca e a CoronaVac, e o que se viu muito foi o presidente renegando a vacina chinesa. Chegou a cancelar a compra do imunizante que estava sendo negociada pelo então ministro da Saúde Eduardo Pazuello e desmentiu até que a sua mãe teria sido vacinada com o imunizante da empresa Sinovac.

Pelo sim ou pelo não… Bolsonaro acabou fechando acordo com a empresa chinesa e atualmente milhares de brasileiros recebem a vacina. Tudo isso depois de uma séria discussão se teria ou não eficácia o imunizante, e por fim a Anvisa deu o amém da compra.

De acordo com a Valor Econômico, ninguém pode “cravar” como certa a vacinação do Presidente, que afirmou ontem que não será imunizado até que “o último brasileiro seja vacinado”. A partir deste sábado, podem ser vacinadas no Distrito Federal pessoas com mais de 66 anos, idade que o presidente completou há duas semanas.

Os técnicos da pasta foram orientados a organizar a aplicação mesmo sem a certeza da vacinação do presidente. A primeira dose da vacina contra a covid-19 pode ser feita no próprio Ministério da Saúde ou em um posto de saúde. O local ainda está sendo definido pelo Gabinete de Segurança.

Bom… Bolsonaro é polêmico até na hora de ser imunizado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.