Governador Flávio Dino anuncia mais vacinas e confirma: cepa indiana não está no Maranhão

Não há identificação de transmissão local da cepa indiana no Maranhão. A confirmação veio do governador Flávio Dino, em coletiva à imprensa, nesta sexta-feira (28), no Palácio dos Leões. O governador informou que o paciente indiano, de 54 anos, segue internado em hospital da rede privada, em São Luís e sendo monitorado. Na ocasião, Flávio Dino anunciou ainda a vacinação de profissionais da comunicação, entrega de mais vacinas aos municípios e atualizou o cenário da Covid-19 no Maranhão.

Um total de 147 pessoas que tiveram contato com o paciente, foram testadas – seis casos deram positivo para a variante P1 (variante de Manaus) e não a cepa indiana. Diante do cenário, o Governo do Maranhão determinou testagem de toda a tripulação do navio indiano; e proibiu atracamento da embarcação no Porto do Itaqui. “Portanto, não trata-se da cepa indiana. Não há identificação de transmissão local da cepa indiana no Maranhão, até o momento”, afirmou o governador Flávio Dino.

A fiscalização aos embarques e desembarques de embarcações também foram intensificadas. A partir de agora, deve ser comunicado previamente à Secretaria Municipal de Saúde (SES), os embarques de navios e as estadas em hotéis e similares.

“Hoje encerra o período de quarentena do navio, que permanece ancorado a dezenas de quilômetros de São Luís e colocamos que toda a tripulação seja testada, para termos certeza de que estão livres do coronavírus”, destacou Dino. Ainda nesta sexta, Governo reúne com Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa) para tratar do tema.

VACINAÇÃO

A partir de segunda-feira (31), o Governo inicia a vacinação nas indústria e empresas gráficas, incluindo as de comunicação/jornalismo, abrangendo todos os setores – televisão, rádio, web, jornais, assessorias de comunicação; e também, todos os profissionais – do jornalista/comunicador até atividades auxiliares como porteiro, secretário, gráficos, serviços gerais e etc.

A vacinação da categoria inicia pela empresas, nesta primeira etapa. Quanto aos autônomos, será tratado junto às Comissões Intergestores Bipartite (CIB) – órgãos vinculados às secretarias estaduais de Saúde – e os processos de vacinação caberão às prefeituras.

“Portanto, teremos esses profissionais da comunicação, que têm feito um trabalho desde o início da pandemia e estarão nesta etapa da vacinação. Serão vacinados também os demais trabalhadores das empresas nas atividades auxiliares. A vacinação é para todos aqueles que se inserem nesse grupo”, frisou.

No sábado (29), entra em funcionamento o drive thru no Shopping Pátio Norte, para vacinar público de 59 anos, moradores de Paço do Lumiar e São José de Ribamar. Flávio Dino anunciou redução da faixa etária para vacinação para pessoas com menos de 59 anos.

NOVAS DOSES

O governador anunciou novas doses às cidades que alcançaram ou ultrapassaram os 85% de aplicação da vacina. Até dia 27, o estado recebeu 3,6 milhões de doses de vacinas e consta a aplicação de 1,69 doses pelos municípios. “Vamos continuar com o auxílio aos municípios para que consigam dar ritmo à vacinação”, frisou. O Governo permanece apoiando os municípios na imunização e se destaca nacionalmente na vacinação dos profissionais da educação, com 115 mil pessoas da categoria já imunizadas.

AMPLIAÇÃO DE LEITOS

O Maranhão apresentou aumento nos casos ativos de Covid-19, porém, mantém a taxa de contágio menor que 1%. O aumento de casos influiu na ocupação de leitos, que está acima de 98%, os de UTI e em mais de 88% os clínicos. O cenário colocou o estado entre os quatro do país na posição de alta nos casos da doença.

Para controle da situação, o Governo prossegue com a ampliação de leitos, na capital e interior. Esta semana, serão abertos mais leitos em Grajaú (10 de UTI) e ampliação de leitos em Chapadinha. Reforço ainda na testagem de pessoas. Totalizam 600 mil testes recebidos e os pontos de testagem estão nos portos, ferryboat e aeroporto. A partir da segunda-feira (31), iniciam as testagens na rodoviária da capital.

ESFORÇOS COLETIVOS

Concluindo a coletiva, o governador destacou reunião com os demais poderes, na quinta-feira (27), no Palácio dos Leões, para tratar de medidas conjuntas a serem adotadas para enfrentamento da Covid-19. Entre as decisões, abertura e busca por mais leitos e reforço junto às prefeituras para avanço na imunização. Documento firmando soluções conjuntas foi assinado por todas as autoridades presentes.

MEDIDAS RESTRITIVAS

Flávio Dino anunciou a prorrogação das medida em vigor, que permanecem até dia 7 de junho. Portanto, O governador Flávio Dino manteve as restrições sanitárias, ampliando as vigentes para até dia 31 de maio. Portanto, eventos com até 100 pessoas são permitidos até 23h; administração pública estadual e igrejas, funcionando com 50% da capacidade de pessoas; grupos de risco imunizados podem retornar ao trabalho, exceto gestantes; comércio e indústria, das 9h às 21h; bares e restaurantes, até as 23h; supermercados, das 6h às 0 horas. Os estabelecimentos, em geral, devem funcionar com 50% da capacidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *