Paciente de navio indiano internado em São Luís apresenta melhora

O tripulante do navio indiano, internado na UTI de hospital particular em São Luís, apresentou melhoras e está estável, segundo boletim médico. Seis casos da nova cepa foram confirmados na quinta-feira (20), em tripulantes do navio MV Shandong da Zhi. As pessoas integram o grupo de 23 tripulantes. Outros 15 apresentaram testes positivos para a Covid-19 e oito seguem sem sintomas da doença.

Os outros pacientes estão isolados no navio em alto mar, a 35 km de São Luís. “A variante já estava presente em 51 países e aqui na América do Sul só estava presente na Argentina. O Brasil acaba sendo o segundo país da América do Sul com confirmação da cepa”, disse o secretário de Estado de Saúde (SES), Carlos Lula. A embarcação chegou ao litoral maranhense, dia 14 de maio.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) classifica a variante B.1.617  como um tipo ‘digno de preocupação global’. Análise genética revelou que essa variação apresenta mutações nos genes e favorecem o início da infecção. Esses aprimoramentos genéticos permitem que o vírus consiga invadir o organismo com mais facilidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *