Tambor de Crioula do Maranhão: patrimônio revalidado

O Tambor de Crioula do Maranhão continuará sendo considerado Patrimônio Cultural Imaterial Brasileiro pelos próximos 10 anos. A revalidação foi confirmada pelo Instituto Patrimônio Artístico Nacional (Iphan).

A cada 10 anos, o Iphan deve fazer a revalidação do título. O procedimento segue decreto nº 3.551, de 4 de agosto de 2000, marco legal que instituiu o Registro de Bens Culturais de Natureza Imaterial, que constituem o patrimônio cultural brasileiro.

Em 2007, a manifestação de matriz afro-brasileira foi registrada pelo Iphan no Livro das Formas de Expressão do Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil. A aprovação da revalidação foi expedida pelo Conselho Consultivo do Patrimônio Cultural do Iphan, formado por personalidades nacionais da cultura.

Durante o processo, foi elaborado um dossiê que aponta avanços no processo de salvaguarda da cultura do Tambor de Crioula no Maranhão. Além de oficinas e registros audiovisuais, figura entre as ações de salvaguarda a criação da Casa do Tambor de Crioula, centro de referência da manifestação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *