Impeachment de Jair Bolsonaro: super pedido é protocolado

Grupo composto por parlamentares, líderes sociais, partidos políticos, movimentos populares e coletivos protocolou, nesta quarta-feira (30), pedido de impeachment contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

O documento reúne argumentos de outros de 122 pedidos já apresentados à presidência da Câmara dos Deputados, ocupada por Arthur Lira (PP-AL), aliado de Bolsonaro.

O texto cita mais de 20 crimes que teriam sido cometidos por Bolsonaro durante seu mandato. Os crimes estão divididos em sete categorias, entre estas, crimes contra o livre exercício dos poderes legislativo e judiciário e dos poderes; constitucionais dos estados; crimes contra a probidade na administração; e crimes contra a guarda e legal emprego de dinheiro público.

Ao todo, o documento é assinado por 46 parlamentares, entidades e partidos; e deputados que já foram aliados do presidente, como Joice Hasselmann (PSL-SP) e Alexandre Frota (PSDB-SP).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *