Maranhão no alvo da Polícia Federal por fraudes em auxílio emergencial

A Polícia Federal realiza, nesta quinta-feira (17), operação de combate à fraudes em benefícios emergenciais disponibilizados pelo Governo Federal à população carente durante a pandemia de Covid-19. Somados, os desvios identificados passam de R$ 50 mil. A operação foi batizada de Sexta Parcela.

No Maranhão, a Polícia Federal cumpriu dois mandados de busca e apreensão nos municípios de Imperatriz e Davinópolis, ambos na região tocantina, visando obter elementos de prova relacionados a fraudes que totalizaram R$ 38.600 e R$ 14.400, respectivamente, em benefício dos investigados.

Estão sendo cumpridos 35 mandados de busca e apreensão, dois de prisão temporária, um de prisão preventiva e 12 mandados de sequestro de bens de aproximadamente R$ 410 mil bloqueados por determinação judicial.

Os objetivos da operação são a identificação de fraudes massivas e a desarticulação de organizações criminosas, com a responsabilização de seus integrantes, além de recuperar os valores para o erário.

A operação ocorre ainda na Bahia, Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rondônia, Roraima e São Paulo, com a participação de aproximadamente 140 policiais federais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *