Quem perde mais? Pacovan consegue Habeas Corpus e falta CPI

O empresário Josival Cavalcante da Silva, mais conhecido como Pacovan, era aguardado na CPI dos Combustíveis, nesta terça-feira (06), na Assembleia Legislativa, mas a oitiva acabou não acontecendo.

Pacovan conseguiu junto a Justiça do Maranhão, através do desembargador João Santana, o cancelamento de sua ida a CPI. Apesar de ter dito que estava ansioso para comparecer na comissão, Pacovan recorreu a Justiça para que a oitiva fosse suspensa.

Derrota para Duarte? Perde o consumidor?

O certo é que durante a coletiva de imprensa transmitida através das redes sociais foi possível ver, claramente, a falta de afinação entre Duarte Júnior, deputado estadual e presidente da CPI, e o Relator da Comissão, deputado Roberto Costa.

Enquanto Duarte tentava reforçar a necessidade de estender a CPI para nova convocação de Pacovan, Roberto Costa contestava não só o adiamento do fim, como também afirmou categoricamente que o relatório vai ficar pronto e completo com ou sem a ida de Pacovan.

A verdade que o consumidor quer resultados, mesmo que o espetáculo não ganhe as devidas proporções que as estrelas gostariam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *