Ato militar em Brasília gera protestos

O desfile militar organizado pela Marinha, nesta terça-feira (10), para levar um convite ao presidente Jair Bolsonaro no Palácio do Planalto, gerou críticas de parlamentares e partidos políticos.

O ato, realizado no mesmo dia em que a Câmara vai votar a proposta do voto impresso, levou veículos blindados de uso militar à Praça dos Três Poderes e foi visto no meio político como uma tentativa de intimidação.

O convite é para Bolsonaro assistir a um exercício militar que ocorre todos os anos, desde 1988, na cidade goiana de Formosa, no entorno de Brasília. Presidentes da República são geralmente convidados, mas organizar um desfile para oficializar o ato é extremamente incomum.

Voto impresso

O voto impresso é defendido por Bolsonaro e aliados, mas a maioria dos partidos na Câmara já sinalizou que vai votar contra. A proposta já foi derrotada na comissão especial, mesmo assim o presidente da Câmara, Arthur Lira, decidiu levar o tema ao plenário.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.