Eduardo Braide propõe auxílio emergencial resolver greve de ônibus

“Estarei ajudando os dois lados, o trabalhador, que precisa sair de casa para conseguir emprego, e ao sistema de transporte público, que tera injeção de recursos, por parte da Prefeitura. Esse recurso ajudará a chegar  em um consenso e trazer os ônibus de volta às ruas”, disse o prefeito de São Luís, Eduardo Braide (Podemos), sobre a criação de um auxílio emergencial para o setor de transporte coletivo.

A medida foi anunciada em entrevista para emissora local, nesta segunda, 25. Na ocasião, Braide convocou as duas partes para uma reunião,na sede da Prefeitura. O auxílio emergencial que vai atender a trabalhadores e à demandas financeiras dos empresários.

O prefeito só não explicou de onde esse recurso vai sair e quando o projeto entrará em vigor.  “A diferença é de onde vão sair os recursos, se do bolso da população ou da prefeitura, por meio de um programa social que vai atender as pessoas. O mesmo recurso que sair do aumento de tarifas é o que vai sair do auxílio emergencial da prefeitura. Vamos garantir que recursos entrem no sistema de transporte, para que não haja aumento das tarifas”, disse.

Braide lembrou que “o aumento de tarifa é contratual, tá no contrato” e que está tentando fazer com que não haja reajuste, nesse momento. “Estamos tentando encontrar a solução para esse impasse, sem prejudicar a população,”, frisou. Prometeu ainda uma série de medidas para reduzir os custos de operação do transporte público.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.