Decisão sobre a escolha do grupo de Flávio Dino ficou para janeiro

Dino, em sua fala, frisou  que fosse formada a unidade em torno do nome do tucano. No entanto, disse que seu posicionamento não seria imposição a nenhum dos pré-candidatos, como já havia afirmado hoje pela manhã.

O presidente do PCdoB, Márcio Jerry, reiterou a unidade do campo político liderado pelo governador Flávio Dino no processo sucessório do próximo ano. A senadora Eliziane Gama (Cidadania) e o presidente nacional do PP, André Fufuca também defendera o nome do senador e pediram o adiamento da escolha.

Weverton disse que manterá pré-candidatura. “Após a reunião de hoje com o governador, presidentes de partidos, aliados e líderes estaduais, decidimos manter o diálogo aberto em busca da unidade. Teremos um novo encontro no final de janeiro e seguimos firmes com nossa pré-candidatura ao governo do estado”, pontuou.

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.