Governo Federal vai decidir sobre passaporte da vacina

Durante evento no Rio de Janeiro, o presidente Jair Bolsonaro defendeu medidas racionais e disse que o país não aguentaria um novo lockdown. Apesar disso, o presidente reconheceu que para turistas vindos da Argentina de avião é preciso exigir quarentena quando eles chegarem ao Brasil. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), havia orientando que o Brasil precisaria adotar, urgentemente, o passaporte da vacina contra a Covid-19.

Segundo a Anvisa, não exigir a imunização dos estrangeiros que chegam ao Brasil pode colocar em risco todos os avanços obtidos com a campanha de vacinação. No momento em que o país conseguiu controlar os índices de contaminação e óbitos é estratégico e preventivo aumentar o controle da entrada de estrangeiros, defende a agência.

A agência Além usou o exemplo da nova variante detectada em seis países do continente africano. Segundo as informações preliminares, a nova cepa surgiu porque o vírus não encontrou barreiras para a disseminação, já que os países da África ainda sofrem com a escassez de doses das vacinas contra o coronavírus. A estimativa da Organização Mundial da Saúde (OMS) é que apenas 40% da população africana estará 100% imunizada até o final deste ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.