Deputada nega que teria pedido transferência de policiais

Após a abordagem policial sofrida pela deputada estadual Daniella Tema (DEM) no último domingo (5) no município de Tuntum, sites divulgaram que a parlamentar teria pedido a transferência dos PMs envolvidos. A justifica, segundo essas informações, era de que Daniella teria achado a ação abusiva. O Portal Guará procurou a assessoria da deputada, que deu outra versão do ocorrido.

De acordo com o assessor, Daniella Tema de fato achou a abordagem dos militares abusiva. “Eles apontaram a arma para quem estava no carro, mas essa parte não apareceu no vídeo”, contou. A assessoria ainda afirmou ser falsa a informação de que a parlamentar teria pedido a transferência dos policiais, e que o vídeo que circulou nas redes não foi gravado pela equipe, e sim por pessoas de fora: “nenhum site que repercutiu isso nos procurou antes”.

Além disso, a assessoria da deputada afirma que a conduta dos militares teria sido abusiva pois nenhum dos carros do mesmo modelo da deputada, além do dela, foram parados para a abordagem.

Foi registrado o momento em que os policiais checam o carro da deputada, enquanto ela aguarda do lado de fora junto a alguns assessores em visita à cidade. Em certo momento, um policial diz: “o procedimento é esse”. A parlamentar repete diversas vezes para a pessoa que está filmando, assentindo: “pode gravar”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.