SES anuncia redução de 5 para 4 meses dose de reforço contra Covid-19

O secretário de Estado de Saúde (SES), Carlos Lula, anunciou redução para quatro meses, no intervalo da dose de reforço da vacina contra a Covid-19. O anúncio foi dado em uma rede social, nesta terça-feira (7). A terceira dose deve ser, preferencialmente a Comirnaty da Pfizer/Wyeth, mas podem ser usadas Janssen ou AstraZeneca, dependo do esquema vacinal primário.

Lula frisou o impacto da ômicron. “Com a confirmação de casos da variante ômicron no país, que é uma variante de preocupação, estamos em alerta. A antecipação da dose de reforço é importante para que a população maranhense esteja ainda mais protegida contra a doença”, disse.

Para tomar a terceira dose, a pessoa deve consultar o calendário de vacinação do município. A decisão de reduzir o intervalo de cinco para quatro meses, foi após reunião entre a Comissão Intergestores Bipartite, a SES e representantes das secretarias municipais de saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.