Passaporte da vacina será cobrado na Assembleia Legislativa

A Assembleia Legislativa do Maranhão (ALEMA) passará a exigir comprovante de vacinação, com as duas doses e obrigatoriedade de uso de máscaras, até o dia 31 de janeiro. A medida está na Resolução Administrativa nº 076/2022, divulgada, na noite de quinta-feira (7), que dispõe sobre o protocolo administrativo e sanitário para o combate à Covid-19.

O documento leva em consideração o surgimento da nova variante do coronavírus, da nova cepa da Influenza (H3N2), o surto de síndromes gripais em geral no Maranhão e o decreto de calamidade pública feito pelo Governo do Maranhão no último dia 3.

Com isso, o acesso à Assembleia será restrito a servidores, estagiários e terceirizados, até fim deste mês. Será vedada a circulação de visitantes e os servidores serão escalados de forma revezada, de acordo com as necessidades de cada setor. Os não escalados, trabalharão por home office.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.