Jogador maranhense que morava na Ucrânia retorna para casa

O jogador de futebol maranhense Wanderson Cavalcante, 27 anos, conhecido como ‘Wanderson Maranhão’, que fugiu em meio a Guerra na Ucrânia, conseguiu voltar para o estado. Ele desembarcou na cidade de Imperatriz, a 626 km de São Luís, na terça-feira (1º), onde reencontrou a família. Agora o jogador segue para a cidade de João Lisboa, que é a sua cidade natal.

“Foram quatro dias de viagens até chegar. E, graças a Deus, tive uma fuga bem planejada, teve amigo meu que me ajudou na Maldávia, o Frednelson. Lá, até pra mim sair eu perguntei pra ele o que tinha que fazer, e ele me disse como sair da cidade e também consegui ajudar duas pessoas que não sabiam o que fazer no momento”, relatou o jogador, após chegar em Imperatriz. Em coletiva de imprensa, depois do desembarque no Maranhão, Wanderson contou que teve medo na Ucrânia, após presenciar um ataque.

Sobre a fuga, o jogador conta que quase não conseguia fugir, porque os taxistas estavam com medo de levar as pessoas até a fronteira, pois poderia acontecer algum problema com eles, já que os carros não estavam circulando na cidade.

Wanderson Maranhão, que atuava no time ucraniano Chornomorets Odesa, fugiu da cidade ucraniana de Odessa, uma das cidades que foram bombardeadas por tropas da Rússia.

De volta ao Maranhão, Wanderson afirma que está em busca de novas oportunidades.

Maranhense é nomeado desembargador federal

O advogado maranhense Luís Gustavo Amorim de Sousa é o novo desembargador federal do Tribunal Regional Federal da 1ª Região (TRF-1). Ele foi nomeado pelo presidente Jair Bolsonaro, na sexta-feira (18). A nomeação está publicada em edição extra do Diário Oficial da União.

Luís Gustavo ocupará o lugar deixado pelo ministro Nunes Marques, que deixou a vaga no TRF-1, após ser indicado para uma vaga Supremo Tribunal Federal (STF). Ele era o primeiro nome da lista tríplice elaborada pelo TRF-1, com 23 votos. Em seguida, apareciam os advogados Flávio Jardim, com 20 votos e José Roberto Machado, com 17 votos.

Segundo a Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão (OAB-MA), esta é a primeira vez que a entidade tem um representante nomeado para o TRF-1.

Natural de São Luís, Luiz Gustavo possui especialização em Direito Público e pós-graduação em Poder Judiciário e Atividade Meio. É filho de Leomar Amorim, que foi desembargador do TRF-1 até 2014, sobrinho do ministro Reynaldo Soares da Fonseca, do Supremo Tribunal de Justiça (STJ) e genro da ex-governadora do Maranhão, Roseana Sarney.