Ana Paula tem nome oficializado como primeira suplente na pré-candidatura de Flávio Dino ao Senado

 

A vice-prefeita de Pinheiro, Ana Paula Lobato, teve seu nome oficializado como primeira suplente na pré-candidatura do ex-governador Flávio Dino ao Senado Federal, nas eleições deste ano.

O anúncio oficial foi feito, nessa quinta-feira (31), no Palácio dos Leões, após Flávio Dino deixar o cargo de governador para disputar a vaga no Senado. Ela deixa o PDT e filia-se ao PSB.

“Estou muito feliz e honrada pela confiança. Afirmo meu compromisso de caminhar ao lado do grupo em busca de um Maranhão cada vez melhor. Tenho orgulho de representar as mulheres, em especial, minhas conterrâneas baixadeiras em uma posição tão importante”, afirmou Ana Paula, que também é presidente do Grupo de Esposas de Deputados do Maranhão (Gedema).

O momento da oficialização foi acompanho pelo seu marido, presidente da Assembleia Legislativa do Maranhão, deputado Othelino Neto, e pelo secretário O secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano (Secid) e presidente estadual do PCdoB, Márcio Jerry.

“Certamente, Ana Paula representará bem as mulheres do Maranhão e, especialmente, da Baixada. Tenho certeza de que será uma bela e vitoriosa campanha para que nós possamos continuar com esse projeto que vem transformando o Maranhão para melhor”, enfatizou Othelino.

A vice-prefeita não precisará renunciar ao cargo para disputar a eleição. Só terá que renunciar caso assuma a vaga de senadora.

Flávio Dino segue liderando pesquisas para o Senado

O governador Flávio Dino (PSB) vem liderando todas as pesquisas de intenções de votos para as eleições deste ano. Pré-candidato ao Senado, ele tem saído na frente, disparado e com bastante folga do segundo nome da lista. Em pesquisa divulgada neste sábado (26), pelo Instituto Exata, Dino aparece 51% das intenções de votos.

Em segundo lugar está o senador Roberto Rocha (sem partido), que ficou com 20%, seguido pelo ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Júnior (PSD), com 10%. Ainda na lista, o pré-candidato ao Senado do Psol, Saulo Arcangeli, Paulo Romão (PT) e Antônia Cariongo teriam 1%, cada um. Não sabem ou não responderam 7% dos eleitores e 9% disseram que votariam em branco ou nulo.

Em um cenário onde apenas Flávio Dino e Roberto Rocha concorressem ao Senado, o governador pontuaria ainda mais e sairia bem à frente com 56% das intenções de voto. Roberto Rocha teria 27%. Brancos e nulos somariam 11% e 6% não souberam ou não quiseram responder.

Em um terceiro cenário de disputa, com Dino e Edivaldo Holanda Júnior, o governador teria 57% e o ex-prefeito de São Luís teria 21%.

A pesquisa foi realizada no período de 15 e 19 de março, ouvindo 1.400 pessoas e com o registro no Tribunal Superior Eleitoral MA-02272/2022). O intervalo de confiança é de 95% e a margem de erros é de 3,44 para mais ou para menos.

Flávio Dino se mantém favorito na corrida ao Senado

O governador Flávio Dino (PSB) tem 51% das intenções de voto para o Senado, nestas eleições. O resultado é de pesquisa publicada pelo JPesquisa, do Grupo Jornal Pequeno, que considerou dois cenários na disputa.

Em segundo lugar com 22%, vem o senador Roberto Rocha, 8% do prefeito de Igarapé Grande e presidente da Famem, Erlânio Xavier (PDT) e 4% do Pastor Bel, sendo que Antônia Coriongo não pontuou, restando 7% de rejeição a todos eles e 8% de indecisos.

No segundo cenário, sem o presidente da Famem na lista, Flávio Dino alcança 52%, com 24% para Roberto Rocha e 4% para Pastor Bel. Nenhum alcançou 8% e 12% manifestaram indecisão.

A pesquisa foi registrada em 06 de março de 2022, pelo Sistema Pesqele, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), sob o protocolo nº MA09132?2022.

De 07 a 12 de março de 2022, o JPesquisa ouviu 1.600 pessoas em várias regiões do estado. A margem de erro máxima da pesquisa é de 2,45% para mais ou para menos em base do eleitorado.