O incômodo da oposição com o sucesso do Mais Asfalto

A gestão de Flávio Dino à frente do Maranhão em seus primeiros quatro anos de mandato tem uma série de marcas de sucesso. Mas algumas são mais destacadas do que outras. Como é o caso do programa Mais Asfalto.

Iniciado nos primeiros dias de 2015, em Imperatriz, a iniciativa já beneficiou quase todos os 217 municípios do estado com milhares de quilômetros de pavimentação de vias urbanas. Mesmo não sendo atribuição do governo, Flávio Dino fez questão de ajudar os municípios em tempos de crise.

Como a população aplaudiu e reconheceu o esforço do Executivo Estadual em melhorar a qualidade de vida do povo por meio da pavimentação de ruas urbanas, a oposição tratou logo de desqualificar o programa que tem gerado benefícios incontestáveis a milhares de maranhenses.

Como não conseguiu descredibilizar a iniciativa ao longo dos últimos anos, mesmo usando massivamente um verdadeiro império midiático, a oligarquia Sarney partiu para o desespero e tenta um tapetão, via Justiça, alegando que o Mais Asfalto foi usado como programa eleitoreiro.

Mas como eles irão provar que uma iniciativa que teve início logo nos primeiros dias da gestão de Flávio Dino e nunca parou foi usada somente para angariar votos?

Talvez o costume de como era feito nos últimos 50 anos de domínio da oligarquia Sarney no Maranhão tenha levado eles a pensar que o modus operandi ainda continuava o mesmo, quando as máquinas de asfalto só chegavam nas cidades nos três meses que antecediam as eleições.

A ação disparatada movida pelo MDB pedindo a cassação do governador Flávio Dino só mostra o incômodo da oposição com o sucesso do Mais Asfalto e uma tentativa desesperada de, mais uma vez, tomar o poder no Maranhão via golpe judicial.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *