Veja o vídeo: Flávio Dino solicita audiência com Bolsonaro e oferece ajuda para recuperação de estradas

O governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) solicitou, nesta segunda-feira (18) uma audiência pública com o presidente da República Jair Bolsonaro para dialogar sobre a situação das estradas federais que cortam o Maranhão, para que seja garantida a recuperação das rodovias.

A solicitação de audiência foi feita, formalmente, através de ofício enviado ao Governo Federal. Dino ressaltou que, apesar do esforço da bancada maranhense para resolução do problema, ainda não houve, concretamente, uma ação que devolva a trafegabilidade das rodovias federais.

O governador do Maranhão afirmou que pode ajudar na recuperação das estradas, colocando a secretaria de estado de Infraestrutura como disponível para o trabalho de recuperação das rodovias. “Espero que seja possível a intensificação de diálogo com o governo federal “estou me oferecendo, inclusive, para ajudar”, disse Flávio Dino, ressaltando que coloca equipe do Estado à disposição do governo federal para a recuperação das BR’s, já que a economia maranhense vem sofrendo com as condições das estradas.

Rubens Júnior é oficialmente o pré-candidato à prefeitura de São Luís pelo PCdoB

O PCdoB do Maranhão apresentou oficialmente nesta quinta-feira (13) o nome do deputado federal licenciado e Secretário de Cidades Rubens Junior como pré-candidato do partido para concorrer à prefeitura de São Luís. O evento foi realizado na sede do partido e contou com a presença do deputado federal Márcio Jerry, presidente estadual da sigla, do vice-prefeito Júlio Pinheiro, e dos vereadores Astro de Ogum, Antônio Garcez, Marcelo Poeta, Fátima Araújo, Concita Pinto e Oswaldo Muller, além de militantes e movimentos sociais organizados.

“A vitória que colheremos está sendo plantada hoje na sede do PCdoB. Uma jornada que levará o companheiro Rubens à vitória. Vamos concorrer para dialogar sobre a cidade, pensar em projetos e avanços. E assim, de mãos dadas com o povo, mirarmos a vitória de Rubens! Avante”, disse Jerry.

Eleito deputado federal em 2014, Rubens Junior teve um mandato de destaque e acabou reeleito em 2018. Em 2019, aceitou convite do governador Flávio Dino para ser secretário das Cidades e Desenvolvimento Urbano. Na quarta-feira seu nome foi aprovado por unanimidade pela direção municipal do PCdoB para representar o partido na disputa pela prefeitura da capital maranhense.

Márcio Jerry alerta que uso da Secom para criticar Petra Costa é ilegal

O deputado Márcio Jerry (PCdoB) afirmou, nesta terça-feira (4) que é ilegal a iniciativa do governo Bolsonaro em usar as contas oficiais da Secretaria de Comunicação da Presidência (Secom) para atacar Petra Costa, cineasta indicada ao Oscar de melhor documentário pelo filme “Democracia em Vertigem”.

A Secom usou imagens de uma entrevista de Petra ao canal americano PBS em que ela diz que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ataca minorias e incentiva queimadas na Amazônia, para dizer que a cineasta ‘assumiu o papel de militante anti-Brasil” e está ‘difamando a imagem do País no exterior’. Durante a entrevista, Petra afirmou, entre outras coisas, que a administração Bolsonaro é antidemocrática e incentiva a violência.

A ilegalidade estaria no fato do vídeo da Secom, ao criar uma propaganda difamatória com dinheiro público, estar ferindo o princípio constitucional da impessoalidade. Márcio Jerry destacou ainda que a publicação do vídeo nas redes oficiais do órgão ligado ao governo federal é imoral. “Os ataques expõem mais uma vez a face obscura, arrogante, autoritária e ilegal do governo Bolsonaro. Trata-se de um bando de aloprados em comandos importantes do país. O governo terá de responder por mais este absurdo”.

Câmara de São Luís e a legislatura de 2020

A Câmara Municipal de São Luís abriu os trabalhos na casa parlamentar na manhã desta segunda-feira (3), com a presença de vereadores, secretários municipais e estaduais. 2020 será um ano de eleição e os vereadores estão de olho na corrida eleitoral.

O clima no parlamento, inevitavelmente, será de articulação para que os vereadores permaneçam no cargo, e, como já é de costume, o esvaziamento das sessões vai ser algo comum.

Rodrigo Lago secretário da SECAP, Osmar Filho presidente da Câmara e Ivaldo Rodrigues secretário da SEMAPA

Ontem, na sessão de retomada depois do fim do recesso, os discursos giraram em torno do Plano Diretor que deve ser votado ainda no  semestre deste ano. presidente do Câmara Municipal de São Luís, Osmar Filho (PDT), disse que o Plano Diretor será uma das prioridades da Casa.

“Ainda nesta semana nos reuniremos com os presidentes das comissões para que possamos elaborar um calendário de tramitação, colocando a disposição da sociedade todo o organograma, desde as reuniões e elaboração de pareceres, até a apreciação em Plenário, de maneira a exaurir todo o debate em torno do Plano Diretor”, afirmou.

Assembleia Legislativa do Maranhão de volta aos trabalhos

Após o fim do recesso parlamentar, a Assembleia Legislativa do Maranhão volta aos trabalhos nesta segunda-feira (3) com os deputados embalados pelas disputas eleitorais de outubro. A movimentação será não somente para disputa à prefeitura de São Luís, mas também a corrida eleitoral no interior do Maranhão, como na cidade de Pinheiro, em que o deputado estadual Leonardo Sá já lançou nome para concorrer a prefeitura.

No primeiro dia de sessão depois do fim do recesso, 31, dos 42 parlamentares estiveram presentes em que teve a participação do governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB), onde fez, mais uma vez, um balanço dos trabalhos realizados em 2019, e as projeções para 2020.

Dino já enviou proposta à Casa Parlamentar para votação do novo piso salarial para professores que trabalham 40 horas semanais nas escolas do Estado. O reajuste vai permitir que salários chegam até R$ 6.358,96.

Reorganização financeira: especialista explica que ainda há tempo

Ingrid Grill, diretora geral da Maple Bear São Luís

Atire a primeira pedra quem não precisou fazer um certo malabarismo para manter as despesas em ordem no primeiro mês do ano! O problema é que, muitas vezes, mesmo com muita criatividade, é difícil fazer todas as contas fecharem. Ainda mais no início do ano, onde as despesas parecem multiplicar e o dinheiro, desaparecer. Para quem vive esses dilemas, tudo isso parece tão cansativo que, às vezes, a maioria das pessoas só gostaria que tivesse uma fórmula pronta para evitar todo esse desgaste. Bom, a fórmula em si não existe, principalmente por causa de uma importante variável: a subjetividade de cada indivíduo e os valores que carrega. “Cada família vive de um jeito e cada pessoa é guiada pelos mais diversos tipos de necessidades e desejos. Por exemplo: uma pessoa que é fascinada por animais de estimação não pondera gastos com petshops quando um determinado serviço é necessário. Ou uma família que adora viajar também não pondera gastos com um passeio nas férias. E por aí vai. Entretanto, em todos os casos, a chave do equilíbrio é pensar naquilo que você gosta ou quer muito realizar e planejar as formas de adquirir ou viver aquilo”, orienta a psicóloga do Hapvida Saúde, Celiane Chagas.

Por outro lado, apesar de não haver fórmulas prontas e padronizadas para cada lar, existe uma série de estratégias e atitudes que, ao serem lançadas, conseguem auxiliar a organização do orçamento familiar. O primeiro passo, caso você more com outras pessoas da família, é conversar com elas sobre as dívidas e os gastos fixos, e mobilizar todos para organizar o orçamento familiar. Segundo o coordenador do curso de Ciências Contábeis da Estácio São Luís, José Reis, o ideal é que esse planejamento familiar seja sempre realizado no fim de cada ano, mas ele explica que, para 2020, ainda há tempo. “Precisamos saber o que ainda vamos gastar no mês de janeiro. Por ser um mês de muitas despesas, uma saída é a negociação, em especial, em caso de inadimplência. Assim com você está com dificuldade para conseguir pagar, os vendedores nas lojas e os credores também estão com dificuldade de vender. Então, uma boa negociação atende aos dois lados”, enfatiza.

Material escolar

Para os pais, na hora de comprar o material escolar, o especialista orienta: “Pesquisar é a melhor saída. Procure em shoppings, supermercados e veja a variação de preço de cada estabelecimento”, orienta José Reis, que recomenda pesquisas na internet como forma de economizar até mesmo no deslocamento até cada estabelecimento. “Se não todas, a maioria das lojas hoje em dia tem sites e/ou páginas nas redes sociais, onde é possível verificar preços”, lembra.

Impostos

Já nas contas como o IPTU e o IPVA, a “pechincha” não resolve, a técnica aqui é outra. “Todos os anos, nós nos deparamos com essas despesas e nós já precisamos estar preparados para honrá-las. Mas a saída quando o dinheiro não dá é parcelar. Veja o número de parcelamento e siga esta opção. Evite a inadimplência. Lembre-se, caso seja pego em uma blitz o custo será bem maior. Então, um pouco de sacrifício no início do semestre evita que você tenha uma despesa muito maior”, aconselha o especialista.

José Reis também recomenda o provisionamento de recursos para custear esses impostos anuais. “Se o valor total do IPVA e do licenciamento é R$1 mil, por exemplo, o ideal é você ir reservando, ao longo do ano anterior, uma quantia mensal para essa finalidade. Bastaria, portanto, reservar R$100 por mês, durante 10 meses, ao longo de 2019, para garantir o pagamento em cota única, e ainda com desconto, do imposto referente a 2020. Se você não fez isso no ano passado, tente fazer em agora já pensando em 2021”, sugere.

Questão cultural e mudança de comportamento

O número de pessoas com o nome sujo ou com dívidas em atraso alcançou 63 milhões em março de 2019, segundo dados da Serasa Experian. Os números mostram que 40,3% da população adulta segue inadimplente no Brasil. Para evitar que os números alcancem as próximas gerações algumas escolas do país já investem em disciplinas como educação financeira. “Essas disciplinas são fundamentais, pois prepara as futuras gerações para desenvolver nelas as competências e habilidades necessárias para lidar com as decisões financeiras que tomarão ao longo de suas vidas. Contribuindo assim para a redução do número de inadimplentes no Brasil”, pondera o especialista.

Esse retrato reflete uma postura cultural dos brasileiros e a mudança de comportamento é algo que deve ser iniciada ainda na infância. Exemplo disso é o trabalho voltado ao empreendedorismo estudantil desenvolvido por algumas escolas em São Luís. Na escola Crescimento, desde a educação infantil, as crianças aprendem a ter noção de gastos, em aulas lúdicas que ensinam, para além da matemática pura e simples, a relação que existe que existe entre necessidade e desejo. “Aqui, nós estimulamos as crianças a criarem soluções, até porque essa é a nossa metodologia Construtivista. Como o próprio nome sugere, nós auxiliamos a construção do raciocínio dessas crianças. Elas já vão aprendendo que empreender não é abrir o próprio negócio, mas sim fazer o máximo possível com o mínimo necessário, otimizar tempo e recursos, criar soluções e pensar estrategicamente”, esclarece Binha Cardoso, gerente da Educação Infantil no Grupo Crescimento.

Outro modelo que funciona com o mesmo objetivo é o desenvolvido pela escola Maple Bear, que utiliza a metodologia de ensino canadense, uma das mais reconhecidas e prestigiadas em todo o mundo, classificada como a melhor da América e presente no top 10 do ranking geral. A cada três anos, o Pisa (Programme for International Student Assessment) é responsável por avaliar o desempenho de estudantes ao redor do mundo. Entre os melhores resultados, estão países asiáticos, europeus e, na América, apenas o Canadá está entre os 10 melhores, ocupando a 6ª posição geral e o 1° lugar no continente americano. Os Estados Unidos ficaram em 13° no geral. “A avaliação explora áreas de matemática, leitura e ciências. O resultado comprova que o Canadá é referência em educação e isso nos deixa orgulhosos, porque seguimos esse modelo de ensino”, conta Ingrid Grill, diretora geral da Maple Bear São Luís. O Canadá subiu do 7º lugar em 2015 para o 6º na última avaliação. Já o Brasil ficou abaixo da média, ficando em 57º no ranking em leitura, 70º em matemática e 66º em ciências, em um total de 79 nações avaliadas.

No ensino superior, a realidade não é diferente. Especialmente nos cursos afins, os alunos são estimulados a gerenciarem as rendas com consciência financeira. “Na Estácio, os cursos de gestão – Administração, Ciências Contábeis, etc – já têm como disciplina obrigatória a cadeira de finanças particulares”, revela o professor, que complementa: “Se esse profissional não for um bom administrador das próprias contas e finanças, dificilmente ele será um bom profissional de gestão em qualquer empresa”, alerta José Reis.

Vamos tentar? Veja 5 dicas do especialista para dar um jeito nas contas em 2020!

Se você é daqueles que ainda não reorganizou suas finanças para o ano de 2020, veja as dicas do professor José Reis e tente aplicá-las o mais rápido possível no dia a dia.

1) Anote tudo

Anote seus gastos. Desde o cafezinho que você tomou na padaria até a mensalidade da escola dos seus filhos. Tudo precisa ser anotado.

2) Analise seus gastos

Estude seus gastos para descobrir para onde está indo o seu dinheiro e, assim, economize nessas categorias no mês seguinte. Ao anotar, você irá entender como estão as suas finanças a cada mês.

3) Entenda suas receitas

Muito mais do que estabelecer metas, um bom planejamento financeiro inclui conhecer todas as receitas e despesas do orçamento. Ou seja, você precisa compreender exatamente como funciona o seu fluxo de caixa.

4) Reserve parte da sua receita

Separe parte da sua receita para despesas extra, como: remédios, hospitais, desemprego. Essa reserva serve também para as despesas futuras, como IPTA e IPTU que todo início de ano chegam.

5) Pague à vista

Um dos maiores erros e também um dos mais cometidos pelos brasileiros é abusar do uso do cartão de crédito na hora de fazer as compras do fim de ano. Na maioria das vezes as pessoas vão gastando parcelado e quando recebe a fatura levam um susto. Por isso, a dica é optar por compras à vista. Com essa atitude você tem mais controle dos seus gastos e ainda pode conseguir um bom desconto. Nunca se esqueça, que o limite do cartão de crédito não é salário, e sim contas a pagar!

Márcio Jerry: “Weintraub e Bolsonaro escrevem a página mais vergonhosa da história do Brasil”

O deputado federal Márcio Jerry (PCdoB) direcionou críticas ao ministro da educação e ao presidente do Brasil, nesta quinta-feira 30, e disse que a dupla Jair Bolsonaro (sem partido) e Abraham Weintraub “escrevem a página mais vergonhosa da história do Brasil”.

“Que me desculpe Nelson Rodrigues, mas agora nem toda unanimidade é burra. A ‘unanimidade inteligente’ é a percepção definitiva de que Weintraub é colossalmente burro. Ele precisa sair do Ministério da Educação (MEC). Bolsonaro precisa tirar esse ignaro. Essa dupla está escrevendo a página mais vergonhosa da história do Brasil”, afirmou o deputado.

As declarações de Jerry acontecem num momento em que o ministro da Educação está envolvido em questões polêmicas sobre o Enem, com mais de 5 milhões de inscritos, e o Sisu, responsável direto pelo acesso a 128 instituições públicas de ensino no Brasil – que somam uma oferta de 237 mil vagas.

Devido a falhas no processo de correção das provas a Justiça Federal suspendeu o vestibular e exigiu que o MEC comprovasse que a situação foi normalizada. A pasta divulgou ter encontrado erro na correção de 5.974 provas, de 3,9 milhões participantes da última edição do exame. Apesar disso, funcionários do Ministério disseram ao jornal Folha de S.Paulo, sob condição de anonimato, que não é possível ter 100% de confiança nos resultados.

Jeisael Marx nega que é “laranja” em disputa pela prefeitura de São Luís

O jornalista Jeisael Marx será o entrevistado, desta quarta-feira (30), do Jornal Band Cidade que será exibindo às 7h na Band Maranhão. Entre os assuntos, a sede do partido Rede Sustentabilidade que foi inaugurada na sexta-feira (24), a pré-candidatura já lançada em São Luís e os desafios na corrida eleitoral.

Jeisael reafirmou discurso anteriormente reverberado sobre o porquê disputar o cargo de prefeito, já que há anos milita como defensor dos direitos e pela melhoria dos maranhenses, mas sempre como jornalista e cobrador de resultados dos porta-vozes das administrações públicas.

Quando questionado sobre seu posicionamento diante grupos políticos, o pré-candidato reforça que faz parte do grupo de Flávio Dino, mas não é ‘mais um’ candidato elencado pelo grupo. Jeisael se referia à afirmação feita pelo deputado federal e líder do PCdoB no Maranhão, Márcio Jerry, de que o apresentador estaria entre os sete que são apontados na disputa, como todos ligados ao grupo Dino (Bira do Pindaré, Carlos Madeira, Duarte Junior, Neto Evangelista, Osmar Filho, Rubens Júnior e  Yglésio Moises).

O jornalista reforçou que “até gostaria de ser o apoiado pelo Flávio Dino para concorrer à prefeitura”, mas, segundo o pré-candidato, nunca houve conversa com ninguém sobre ser integrante do grupo na disputa eleitoral de outubro.

Veja na íntegra a entrevista no Jornal Band Cidade, às 7h, na Band Maranhão.

Cursinho da Prefeitura de São Mateus aprova onze candidatos na UEMA

Direcionado para alunos da rede pública , o cursinho Pré-Universitário da Prefeitura de São Mateus do Maranhão conseguiu um fato inédito: aprovou onze candidatos no Processo Seletivo à Educação Superior (PAES 2020), da Universidade Estadual do Maranhão (UEMA), cujo resultado final foi divulgado na última sexta-feira (17).

O cursinho Pré-Universitário Municipal é mantido pela prefeitura são-mateuense, através da Secretaria de Juventude Ciência Tecnologia e Inovação, foi inaugurado no início de 2016, na gestão do prefeito Miltinho Aragão e, atende a 200 estudantes a cada edição, todos oriundos de escolas públicas do município.

Os onze aprovados foram Olga Beatriz Saraiva, Letras, Rhaissa Fernanda, Ciências Sociais, Larisse Pires,Letras, Marcus Vinicius, Matemática, Larissa Dominique, Direito,Alane Veloso, Pedagogia, Ana Paula, Letras, Tiago Fernandes, Matemática, Édla Milena, Letras.

Idealizador do projeto, Miltinho Aragão, destacou que desde a sua primeira edição o Pré-Universitário Municipal, foi ponte para mais de 100 jovens ingressar em faculdades públicas e privadas.

“O Pré-Universitário Municipal é um dos maiores orgulhosos da minha gestão. Já são mais de 100 jovens cursando o ensino superior em faculdades públicas e privadas, frutos do projeto. Estamos fazendo história,” concluiu.

Serviço:

Para ingressar no cursinho Pré-universitário Municipal, o aluno tem que ter concluído o ensino médio em rede pública. Para mais informações, os interessados precisam acessar site da prefeitura no endereço: http://www.saomateus.ma.gov.br/site/

Nem Duarte, nem Rubens Jr.; presidente do PCdoB não descarta apoio a outro candidato

Em entrevista concedida à titular do blog, no Jornal Band Cidade, que vai ao ar nesta quinta-feira (24),às 7h, na Band Maranhão, o deputado federal e líder do PCdoB, Márcio Jerry, falou sobre seu desempenho no parlamento e destacou planos e projetos desenvolvidos no ano passado. O deputado avaliou como positivo e bastante significativo seu trabalho como deputado federal.

Jerry também foi questionado sobre eleições 2020 e destacou as movimentações dos bastidores do grupo do qual faz parte o PCdoB para definir o cenário de disputa para a prefeitura de São Luís. O líder político revelou que além dos nomes já contabilizados pelo grupo (Bira do Pindaré, Duarte Júnior, Jeisael Marx, Neto Evangelista, Osmar Filho e Rubens Júnior) também tem como reforço o recém lançado pré-candidato Carlos Madeira (Solidariedade). É bom lembrar que Madeira garantiu que terá uma candidatura “protagonista e independente”, apesar de ser filiado ao partido do secretário de Dino, Simplício Araújo.

Márcio Jerry respondeu se tem nome preferido do PCdoB para disputar a prefeitura de São Luís, e não descartou a possibilidade da legenda dispensar candidato próprio e apoiar outro postulante.

É aguardar …

Mas, fazendo uma breve avaliação: se não for escolhido nem Duarte, nem Rubens, uma via seria o apoio à Bira do Pindaré, do PSB. PSB que já foi cogitado como um dos partidos que pode ser escolhido por Flávio Dino para uma provável disputa à presidência da República.