Prefeitura capacita enfermeiros para atuação em setor de Covid-19

Pensando no bem-estar da população durante a Pandemia, a prefeitura de São José de Ribamar vai criar, no Hospital Maternidade do município, o setor de combate à Covid-19. Em virtude disso, os enfermeiros da unidade passaram por um curso de capacitação, na última semana.

“Esse curso direcionado à equipe de Enfermagem servirá para adequação aos protocolos da pandemia para a equipe que atuará no setor Covid-19 do Hospital”, disse o gerente de Enfermagem do Hospital Maternidade, César Cipriano.

Um dos temas da capacitação foi a assistência de Enfermagem ao paciente com Covid-19, submetido à ventilação mecânica.”Abordaremos os cuidados da equipe multidisciplinar e falar de temas que precisamos saber sobre a Covid”, destacou a enfermeira Altayza Souza, que ministrou a palestra.

Polícia Federal investiga maranhenses em fraude na compra de itens para Covid-19

A Polícia Federal deu início à operação ‘Desatino’, nesta quarta-feira (5), em cidades maranhenses. O objetivo é desarticular grupo criminoso que fraudava licitações, envolvendo recursos públicos federais para combate à pandemia da Covid-19. Os municípios alvo da investigação são Brejo, Santa Quitéria do Maranhão e Tutóia. A operação tem apoio da Controladoria-Geral da União.

Segundo informações, prefeitura de Brejo, teria contratado empresa para prestar serviços médicos especializados no município, pelo valor de R$ 5.7 milhões. A empresa pertence à médico que trabalha no gabinete do prefeito e seria de fachada, sem estrutura operacional para prestar os serviços contratados.

Após assinar contrato, a empresa terceirizou totalmente o serviço a outra, de propriedade da própria Secretária Municipal de Saúde. A subcontratada também não teria estrutura operacional para prestar os serviços. Foram identificados graves indícios de fraude na licitação como, serviços pagos de forma irregular, devido o vínculo profissional; e nenhuma das empresas ter capacidade para prestação do serviço.

A PF cumpriu sete mandados de busca e apreensão; e um mandado de suspensão do exercício de função pública, emitdos pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. Ao todo 30 (trinta) policiais federais participam das diligências.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação (Art. 90, da Lei 8.666/93), peculato (Art. 312, Código Penal) e associação criminosa (Art. 288, Código Penal), com penas que somadas podem chegar a 19 anos de prisão.

Operação

A denominação ‘Desatino’ faz referência à falta de bom senso dos gestores dos recursos públicos, que, em plena pandemia, realizaram contratação fraudulenta para desviar recursos públicos, em detrimento da saúde da população.

Weverton Rocha reúne com Lula para falar de Brasil

O senador maranhense Weverton Rocha (PDT), esteve reunido com o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva, na noite de terça-feira (4), para falar do futuro do país. O encontro foi em Brasília, onde o ex-presidente Lula cumpre a primeira agenda política,  após ter anuladas pelo Supremo Tribunal Federal (STF), as condenações da Lava.

Segundo Weverton, os dois conversaram sobre o futuro do país e do Maranhão. “Conversamos também sobre as jornadas que nos uniram no passado”. O encontro teve ainda a participação de membros da cúpula do PT, como o ex-prefeito de São Paulo e ex-candidato a presidente, Fernando Haddad.

Weverton Rocha pontuou que o convite para participar da reunião foi feito pelo senador petista, Paulo Rocha. Weverton é assumidamente nome para disputa ao Governo do Estado, nas eleições de 2022 e está na base de aliados do governador Flávio Dino.

Mandetta e Teich: primeiros a depor na CPI da Pandemia

Começa hoje, 4, a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia. O Senado ouve, de forma semipresencial, os primeiros depoimentos de ex-ministros da Saúde. Serão ouvidos Luiz Henrique Mandetta e Nelson Teich, respectivamente, a partir das 10h e das 14 horas.

Ambos estarão presencialmente na sala da CPI e serão ouvidos na condição de testemunhas. Mandetta deixou o cargo ainda no início da pandemia, em meados de abril de 2020. À época, o Brasil registrava 1.924 mortes. Já o médico Nelson Teich, que sucedeu Mandetta, ficou menos de um mês no ministério.

A expectativa é que a primeira parte da reunião de hoje se estenda até a tarde e atrase o horário de Teich. Mandetta responderá, primeiramente, a questionamentos elaborados pelo relator, senador Renan Calheiros (MDB/AL), que tem prioridade para fazer as perguntas e tempo livre para isso. Pelo menos 50 questões foram preparadas pelo senador.

Na sequência, os demais senadores membros titulares, suplentes e até os não membros da CPI terão cinco minutos para fazer perguntas. O depoente tem outros cinco minutos para responder. Para réplica e tréplica serão destinados outros três minutos aos parlamentares.

A CPI da Pandemia, instalada na semana passada, foi criada para apurar ações e possíveis omissões do governo federal durante a pandemia da covid-19. Os repasses da União feitos para estados e municípios também estão na mira dos parlamentares.

Cronograma

Para quarta-feira (5) está previsto depoimento do general Eduardo Pazuello, que esteve por mais tempo no comando do Ministério da Saúde desde o início da pandemia. Na quinta-feira, será a vez do atual ministro, o cardiologista Marcelo Queiroga. No mesmo dia, os senadores também ouvirão o diretor-presidente da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), Antonio Barra Torres.

Bairros de São José de Ribamar recebem melhoramentos em ruas

Avenidas e vias foram reestruturadas com recuperação asfáltica, em São José de Ribamar. Os serviços emergenciais têm objetivo de melhorar a trafegabilidade, principalmente das vias que recebem o serviço de transporte público.

Entre as avenidas que receberam melhorias está a Rua Jaguarana (principal), no bairro Turiúba, Avenida Alonso Araújo, localizada no Parque Jair e, encerrando o dia, a Avenida Araripina, no bairro Alonso Costa.

A prefeitura tem se empenhado para tapar buracos das principais avenidas de São José de Ribamar, até o final do período chuvoso, quando começará um cronograma de serviços de infraestrutura em diversos bairros.

Medida federal simplifica compra de vacinas contra Covid-19

Nova medida provisória, editada pela presidência da República, simplifica a compra de vacinas contra Covid-19, além de insumos e de bens e serviços necessários à vacinação no país. Em janeiro, o governo baixou uma medida de teor semelhante e que já foi convertida na Lei 14.124/2021.

Publicada nesta terça-feira (4), a medida autoriza a administração pública dos entes federativos, de todos os poderes e órgãos constitucionalmente autônomos, a dispensar licitação para a aquisição desses bens e serviços. Libera ainda para realizar pregão, eletrônico ou presencial, com prazos reduzidos; e a prever em contrato ou instrumento afim, cláusula que estabeleça pagamento antecipado dos itens.

As determinações têm caráter excepcional, direcionadas a atos praticados durante a pandemia. O documento cita que “o disposto nesta Medida Provisória aplica-se aos atos praticados e aos contratos ou instrumentos congêneres firmados durante o período de enfrentamento da situação de emergência em saúde pública de importância nacional decorrente da pandemia de Covid-19, independentemente do seu prazo de execução ou de suas prorrogações”.

Primeiro lote de vacina Pfizer chega ao Maranhão

Nesta segunda-feira, 3, o Maranhão recebe o primeiro lote de vacinas Pfizer. São 10.530 doses do imunizante para a aplicação, nesta etapa, apenas na capital São Luís. O público alvo são pessoas com comorbidades, gestantes, puérperas e pessoas com deficiência permanente.

A logística de recebimento e armazenamento é organizada pela Secretaria de Estado da Saúde (SES). As vacinas serão armazenadas em ultrafreezers, aparelhos que garantem a conservação adequada da vacina e podem chegar à temperatura de –86°.

Chegam também 173.250 doses da vacina AstraZeneca para dar continuidade a campanha de imunização contra a Covid-19. Essas doses também serão destinadas para o público citado anteriormente, além do público de 60 a 64 anos.

As doses serão encaminhadas para a Rede de Frio da SES, responsável pela distribuição aos municípios maranhenses. Com a nova remessa, o Maranhão totaliza 1.907.370 doses recebidas, sendo 830.000 da AstraZeneca, 1.066.840 doses da CoronaVac e 10.530 doses da Pfizer.

Dr. Julinho envia proposta do auxílio cidadão para Câmara, em Ribamar

O prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho, propõe a criação do auxílio cidadão, no valor de R$ 120. O apoio financeiro será destinado aos moradores ribamarenses, inseridos nos pré-requisitos. A previsão é que seja apreciado na terça-feira (4) e o parecer seja dado na quinta-feira (6).

Após enviar via protocolo, por e-mail, a minuta em anexo do projeto de lei, solicitando a aprovação do auxílio cidadão para famílias de baixa renda, o prefeito reuniu com os vereadores e entregou em mãos o projeto, na última semana. Esse auxílio é uma forma da prefeitura contribuir com o seu povo nesse momento de pandemia que o mundo atravessa, pontuou Dr. Julinho.

“O valor do auxílio poderia ser maior, mas nesse valor, a prefeitura alcançará o máximo de famílias possíveis e, dessa forma, estaremos ajudando aqueles que mais precisam em São José de Ribamar”, destacou o prefeito.

Na reunião, o prefeito escutou as demandas dos vereadores, que apresentaram as dificuldades e os problemas enfrentados no município para que possam ser solucionados o mais breve possível.

Auxílio emergencial para nascidos em fevereiro é pago nesta segunda, 3

 

Os trabalhadores informais e inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos em fevereiro podem sacar, a partir de hoje (3) a primeira parcela do auxílio emergencial 2021. O dinheiro foi depositado nas contas poupança digitais da Caixa Econômica Federal em 9 de abril.

Os recursos também poderão ser transferidos para uma conta corrente, sem custos para o usuário. Em caso de dúvidas, a central telefônica 111 da Caixa funciona de segunda a domingo, das 7h às 22h. Além disso, o beneficiário pode consultar o site auxilio.caixa.gov.br.

Neste ano, a nova rodada de pagamentos, durante quatro meses, prevê parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo do perfil: as famílias, em geral, recebem R$ 250; a família monoparental, chefiada por uma mulher, recebe R$ 375; e pessoas que moram sozinhas recebem R$ 150.

O auxílio emergencial foi criado em abril do ano passado, pelo governo federal, para atender pessoas vulneráveis afetadas pela covid-19. Foi pago em cinco parcelas de R$ 600 ou R$ 1,2 mil para mães chefes de família monoparental e, depois, estendido até 31 de dezembro de 2020 em até quatro parcelas de R$ 300 ou R$ 600 cada.

Critérios

O auxílio será pago às famílias com renda mensal total de até três salários mínimos, desde que a renda por pessoa seja inferior a meio salário mínimo. É necessário que o beneficiário já tenha sido considerado elegível até o mês de dezembro de 2020, pois não há nova fase de inscrições. Quem recebe o Bolsa Família, vale a regra do valor mais vantajoso, seja a parcela paga no programa social, seja a do auxílio emergencial.

Vacina contra Covid-19 para profissionais da educação com 40 anos

Os profissionais das redes pública estadual e federal de educação, com 40 anos ou mais, podem receber a vacina contra a Covid-19, a partir desta segunda (3), em São Luís.

Podem ser vacinados professores, gestores, supervisores, merendeiras, zeladores, porteiros e técnicos da ativa de unidades cadastradas no Ministério da Educação (MEC) com lista enviada para a Secretaria de Estado da Educação (Seduc).

A vacinação acontece das 8h às 16h, no drive-trhu do São Luís Shopping e também no Centro Integrado Rio Anil, localizado no antigo Cintra. Pela manhã, serão vacinados os nascidos de janeiro a junho. Pela tarde, as doses serão aplicadas nos nascidos de julho a dezembro.

Para receber a vacina, os profissionais devem levar RG, Cartão de Vacina (Se não tiver, é feito no local), Cartão do SUS e contracheque ou declaração da direção.