Servidores da saúde do Maranhão são apontados por desvio de vacinas da Covid-19

Vacina, vacinação,seringa, covid 19

Operação da Polícia Federal (PF) indiciou dois profissionais da Saúde Indígena do Maranhão, por desvio de doses da vacina coronavac. Os suspeitos são uma técnica de enfermagem e um enfermeiro.

O caso ocorreu no Polo Base de Barra do Corda e segundo a investigação, a vacina foi aplicada em familiares dos suspeitos. Em depoimento à polícia, a técnica de enfermagem confessou o crime. Os parentes vacinados também confirmaram o recebimento indevido das doses.

A técnica de enfermagem foi indiciada pelo crime de peculato; o enfermeiro, por crime de peculato a título de omissão imprópria, pois tinha o poder e o dever de agir para impedir a vacinação irregular.

Força Tarefa pela Vida na praia do Araçagy, em São José de Ribamar

O fim de semana foi de conscientização no combate à Covid-19, em São José de Ribamar. A ação Força Tarefa pela Vida percorreu a praia do Araçagy distribuindo máscaras, álcool em gel e folhetos com orientações de prevenção. O projeto vai até 2 de maio, em vários bairros da cidade.

“Hoje estamos orientando os banhistas sobre a importância do uso de máscara e álcool em gel. Com isso, tenho certeza que irão diminuir os casos de Covid-19, pois as orientações são fundamentais para evitar a propagação do vírus”, destacou Gleyce Silva, chefe do Departamento Epidemiológico da Semus.

O secretário da Semtrans, Mano Pontes, falou sobre a importância da mobilização na Praia do Araçagy. “A Secretaria de Segurança está aqui prestando total apoio à Semus, com a Guarda Municipal e o Corpo de Bombeiros Civil, dizendo à sociedade que se cuidem, usem máscaras, fiquem em casa e utilizem o álcool em gel”, frisou.

A programação segue na sexta-feira (23), no bairro Jardim Tropical, das 8h às 12h; no sábado (24), no Parque Vitória, de 9h às 12h; dia 25, nas praias de Panaquatira e sede; dia 30, no bairro do Cohatrac V, das 18h30 às 21h; e dia 2 de maio, nos bairros Turiúba e Nova Terra, de 9h às 12 horas. A iniciativa é da Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com Secretaria Municipal de Transporte Coletivo, Trânsito e Defesa Social (Semtrans) e a Vigilância Sanitária.

Municipios recebem mais uma remessa de vacinas contra Covid-19

Neste domingo (18), o Governo do Estado distribui novas doses de vacinas contra a Covid-19 a municípios maranhenses. A distribuição é referente à remessa que chegou na sexta-feira (16), com 154.600 doses de imunizantes, sendo 62.600 de CoronaVac e 92.000 de AstraZeneca. É a 13ª pauta de distribuição com novo lote de doses.

As vacinas serão enviadas para municípios das regionais de saúde de Santa Inês, Bacabal, Codó, Presidente Dutra, Barra do Corda, São João dos Patos, Pedreiras, Colinas, Carutapera e Zé Doca.

A distribuição é feita pela Secretaria de Estado da Saúde (SES) com o apoio da Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), com apoio do Centro Tático Aéreo (CTA). Com a nova remessa, o Maranhão totaliza 1.499.190 doses recebidas, sendo 465.750 da AstraZeneca e 1.033.440 doses da CoronaVac.

Em reunião com a ONU, Flávio Dino pede quebra de patentes da vacina contra Covid-19

O governador Flávio Dino defendeu a quebra temporária das patentes das vacinas contra a Covid-19, para acelerar a imunização da população mundial. O pedido foi durante reunião virtual entre o Fórum de Governadores do Brasil e a Organização das Nações Unidas (ONU). Dino representou o Nordeste no evento.

Amparado na função social da propriedade intelectual, Dino destacou que existe uma super-demanda e uma capacidade limitada na produção de vacinas. Além disso, pontuou que a comunidade científica ainda não sabe se será necessário realizar anualmente a imunização contra o coronavírus.

A secretária geral-adjunta da ONU, Amina Mohammed, concordou, ressaltando a necessidade de buscar a vacina, além de trabalhar para diminuir a transmissão da doença. A quebra de patentes permite que outros países possam produzir vacinas em maior quantidade.

Profissionais da Educação vacinam contra Covid-19 na terça-feira, anuncia governador Flávio Dino

O governador Flávio Dino anunciou início da vacinação para a Educação, na terça-feira (20). A campanha vai alcançar profissionais da ativa, das redes pública e privada, com 55 anos ou mais. “Temos como objetivo a manutenção das atividades educacionais”, frisou. Divulgou ainda prorrogação das medidas restritivas por mais uma semana.

A medida foi anunciada em coletiva, na manhã desta sexta-feira(16), no Palácio dos Leões. Dino anunciou ainda adiantamento da primeira parcela do 13º para servidores estaduais regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a ser pago no dia 26 de abril; e implantação da Rede Cuidar, que vai oferecer tratamento psicológico aos pacientes e seus familiares, além de outras especialidades médicas.

A Rede Cuidar vai contar com psicólogos, psiquiatria, cardiologia, nefrologia, endocrinologia, clínica médica, nutrição, fisioterapia, fonoaudiologia e neurologia. Vai funcionar no Hospital Carlos Macieira (São Luís), Hospital Macrorregional de Imperatriz e Policlínicas de Santa Inês e Presidente Dutra. O serviço estará disponível a partir da segunda-feira (19).

Estão mantidas as medidas restritivas contra a Covid-19, até dia 25 de abril. Dessa forma, escolas públicas manterão aulas na modalidade online; escolas privadas no modelo hibrido (online e presencial); comércio (incluindo supermercados e academias) das 9h às 21h; delivery até 23h; atividades religiosas presenciais suspensas no período; pessoas do grupo de risco afastadas do trabalho no setor público e privado.

Flávio Dino mostra força ao conseguir condições para compra da Sputinik

O Supremo Tribunal Federal (STF) já bateu o martelo e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), tem até final de abril para decidir sobre a importação da vacina Sputinik V.

Liminar concedida pelo STF ao Maranhão para compra das vacinas russas Sputinik mostra que o governador Flávio Dino tem força e se destaca no cenário nacional, quando o assunto é combate ao coronavirus. Um papel que deveria partir do Governo Federal, mas não ocorre.

Caso a Anvisa não tome uma decisão, o Governo do Maranhão fica liberado para adquirir a vacina russa e levar em frente o plano de trabalho contra a Covid-19.

Plano esse por sinal que coloca o Maranhão como o de menos mortes pela doença no país. Fruto das diversas medidas de governo que incluem ampliação de leitos, vacinação e ações sociais pelo trabalho e renda das famílias.

Comunidade quilombola vacinada contra a Covid-19 em São José de Ribamar

Juçatuba foi a primeira comunidade quilombola de São José de Ribamar, a receber a vacinação contra a Covid-19. A imunização aconteceu na Escola Municipal Professora Rosa Raimunda Paixão Garcez. Moradores de 40 a 59 anos receberam a primeira dose da vacina Coronavac.

Nesta etapa, 245 vacinas foram aplicadas. A comunidade de Juçatuba na faixa etária de 30 anos deve receber a vacina em outra etapa, que será divulgada em breve.

Para atender a população de forma rápida e eficaz, a prefeitura de São José de Ribamar, por meio da Secretaria Municipal de Saúde, montou um esquema de vacinação descentralizado.

A vacinação acontece semanalmente, em todas as unidades básicas de saúde, no colégio  Liceu Ribamarense e no Drive Thru instalado no Pátio Norte Shopping.

Municípios maranhenses vão receber nova remessa de vacinas contra a Covid-19

As 110.850 doses das vacinas CoronaVac e AstraZeneca, enviadas ao Maranhão pelo Ministério da Saúde, serão distribuídas aos municípios, a partir da próxima semana. As vacinas são destinadas à aplicação da segunda dose em 30,7% dos trabalhadores da saúde e 22% da população de 70 a 74 anos, e da primeira dose para idosos com idade de 65 a 69 anos, forças de segurança, salvamento e armadas.

Com a nova remessa, o Maranhão totaliza 1.344.590 doses recebidas, sendo 373.750 da AstraZeneca e 970.840 doses da CoronaVac. Para acelerar o processo de imunização, o Governo tem buscado intensificar a aplicação das doses junto aos públicos preconizados pelo Ministério da Saúde.

A mais recente estratégia elaborada, e que já está em execução, foi a contratação de profissionais digitadores, técnicos de enfermagem e enfermeiros. O reforço vai  auxiliar os municípios com menos de 50 mil habitantes, a alcançarem o percentual de vacinação.

Governador Flávio Dino anuncia vacinação contra gripe e continuidade de medidas restritivas

Nesta segunda-feira (12), tem início a campanha de vacinação contra a gripe Influenza. A medida reforça as ações de controle à Covid-19, somando à imunização contra a doença, que permanece em andamento. O anúncio foi feito pelo governador Flávio Dino, em coletiva nesta sexta-feira (9), no Palácio dos Leões, Centro. Flávio Dino anunciou ainda ampliação das medidas restritivas vigentes por mais uma semana.

A vacinação contra a Influenza inicia dia 12 de abril e prossegue até dia 12 de junho, com a expectativa de imunizar 2,4 milhões de maranhenses no período. Nesta primeira etapa, o público-alvo serão crianças de 6 meses a 6 anos de idade, gestantes, puérperas, indígenas e trabalhadores da saúde. É preciso aguardar intervalo de 14 dias entre a vacina da gripe e a da Covid-19 para imunização. Para a campanha, o estado disponibiliza 270 mil doses da vacina.

Outro anúncio foi a ampliação das medidas restritivas por mais uma semana. Portanto, escolas públicas permanecem com aulas na modalidade online; escolas privadas podem adotar o modelo hibrido (online e presencial), comércio (incluindo supermercados e academias) funcionam das 9h às 21h, serviço delivery fica até 23h, atividades religiosas presenciais estão suspensas no período.

“Não cumprir as medidas significa abrir a janela da sua casa para uma tragédia e ninguém quer isso”, enfatizou o governador.

Como o prefeito Dr. Julinho tem acertado no combate à pandemia

A prefeitura de São José de Ribamar vem intensificando as ações de prevenção e combate à proliferação do coronavírus na cidade. Nesta terça-feira (6), está sendo realizado o Dia D de testes rápidos de Covid19, na UBS do Miritiua.

Essa é uma das ações para conter o avanço do vírus…

O plano de ação no controle à doença, executado pela prefeitura, inclui medidas  mais direcionadas e monitoramento da rotina de outros municípios. Em São José de Ribamar, a taxa de imunização era de apenas 32%, segundo os registros. Neste cenário, o prefeito Dr. Julinho adotou medidas para acelerar a vacinação (Veja aqui).

Ações que tiveram ótimos resultados…

Atualmente, já são 8.165 doses aplicadas de 10.953 vacinas recebidas. Para chegar a estes números foram realizados mutirões e intensificada a imunização

Além dos pontos de vacinação nas Unidades Básicas de Saúde, no Liceu Ribamarense, drive-thru do Pátio Norte Shopping e imunização nas residências, a prefeitura implantou o Dia D de Testagem Rápida para monitorar a extensão da contaminação pelo vírus.

O Dia D desta terça tem o objetivo de testar a população para indicar os cuidados que devem ser tomados, evitando assim, a contaminação em grande escala.

São José de Ribamar reforça a luta contra a contaminação, de forma intensa …