Crianças já estão vacinando contra a Covid-19, em São Luís

Começou, neste sábado (14), a vacinação contra a Covid-19 em crianças de 5 a 11 anos, na capital maranhense. Nesta primeira etapa, serão vacinadas crianças com comorbidades ou deficiência. A vacinação será até as 18h, no Sebrae, UFMA, IFMA Maracanã e drive-thru do Shopping da Ilha e Ceuma Renascença.

O prefeito Eduardo Braide já havia anunciado a imunização, durante coletiva, na sexta (14), mas ainda sem data para início. Com o recebimento das doses, ainda neste dia, ele postou em suas redes, à noite, que a vacinação deste público já iniciaria hoje.

Para vacinar, é necessário apresentar certidão de nascimento ou RG, laudo médico ou receita médica que comprove a comorbidade, cartão de acompanhamento para a comorbidade ou deficiência e exames que comprovem a comorbidade. Crianças com sintomas gripais ou Covid-19, só serão vacinadas após quatro semanas.

Vacinação no Maranhão

A primeira criança a receber a dose do imunizante no estado foi Isabela Vitória Moraes, de 11 anos. A menina é autista e mora em Paço do Lumiar, município localizado na Região Metropolitana de São Luís. O Governo do Estado iniciou, na tarde de sexta-feira (14), a vacinação de crianças contra a Covid-19. A imunização foi no Shopping da Criança, na Beira Mar, em São Luís.

Projeto da Assembleia Legislativa prevê exigência de vacinação no Maranhão

O Projeto de Lei nº 001/2022, que tramita na Assembleia Legislativa do Maranhão, prevê a obrigatoriedade de apresentar comprovante da vacina contra a Covid-19, para acesso em bares, restaurantes, hotéis, pousadas, academias e eventos de maneira geral, no estado. A proposta é de autoria do presidente da casa, deputado Othelino Neto.

“O objetivo é resguardar a saúde dos maranhenses e incentivar a vacinação, uma vez que vem sendo registrado aumento do número de casos de contaminação pelo coronavírus. É ainda, uma forma de estimular aqueles que ainda não se vacinaram a buscarem a imunização”, justificou o parlamentar.

Aqueles que, por motivos médicos não podem tomar qualquer tipo de vacina  contra a Covid-19, deverão comprovar essa condição para ter acesso aos estabelecimentos ou eventos.

Segundo o projeto de lei, caberá aos responsáveis pelos empreendimentos a cobrança da medida. A comprovação pode ser emitida pela autoridade sanitária de cada município ou Governo Federal (na plataforma ConecteSUS).

Em caso de descumprimento, caberá às autoridades sanitárias a aplicação de eventuais sanções.

Mais uma artista que integra a lista dos famosos e testa positivo para a Covid-19. A cantora e compositora maranhense, de 74 anos, está com o novo coronavírus. O anúncio foi feito nas redes sociais dela, nesta terça-feira (11).

Nota divulgada pela assessoria de imprensa da artista diz que ela está assintomática. Informa aina que foram cancelados os shows que faria no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Norte, nas próximas semanas. As agendas foram todas remarcadas.

“Ao realizar exames, Alcione testou positivo para Covid 19. Felizmente, a cantora está assintomática”, diz trecho do comunicado. A artista já tomou as duas doses da vacina.

Covid-19: Maranhão recebe mais 85 mil doses de vacinas

O Maranhão recebeu mais 85,4 mil doses de vacinas Covid-19 da Pfizer. Com este volume, totalizam 9,9 milhões de doses recebidas do Ministério da Saúde, sendo que  mais de 7 milhões foram aplicadas.

Essas vacinas estão destinadas para a primeira dose da população acima de 18 anos e, também, para a segunda dose das pessoas que precisam completar o esquema vacinal.

Além disso, os imunizantes foram enviados para aplicação de reforço dos grupos prioritários de idosos, pessoas imunossuprimidas e profissionais de saúde, devido ao elevado risco de óbito pela doença.

 

Covid-19: Maranhão tem 74% de queda nos casos

O Maranhão chegou ao total de 361.077 casos e 10.236 mortes por Covid-19, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES). Nas últimas 24h, foi registrado um novo óbito e 45 casos da doença. Em relação aos novos casos, 2 foram registrados na Ilha de São Luís (Raposa, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e São Luís), 1 em Imperatriz e 31 nas demais regiões do estado.

O número de casos ativos (pessoas que, no momento, estão com Covid-19) teve nova queda e chegou a 6313. Desse número, 6222 estão orientados a ficar em isolamento domiciliar, 42 estão internadas em enfermarias e 49 em leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI).

Estes dados tiveram expressiva queda em outubro. Eram 25.149 casos no dia 1º, e chegaram a 6.313 no dia 31. Uma queda de 74,89% e apontam cada vez menos pacientes propensos a transmitir o vírus, sendo que não estão doentes.