Centro Histórico da capital terá Restaurante Popular

O Centro Histórico de São Luís vai ganhar um Restaurante Popular, que está sendo construído no antigo prédio do INSS, edificação erguida em meados do século 20, localizada na esquina entre a Rua dos Afogados e a Rua do Egito (ao lado do Cine Teatro da Cidade), também conhecida como Edifício Bequimão. As obras estão em andamento com previsão de ser entregue em agosto.

O Restaurante Popular vai integrar a rede de Segurança Alimentar, gerida pelo Governo do Maranhão, que já conta com 55 unidades. Ficará na parte de baixo do prédio. A obra é executada pela Secretaria de Estado de Governo (Segov), como parte das ações do programa Nosso Centro.

O prédio abrigará ainda, a primeira unidade vocacional do Instituto Estadual de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), dedicada aos estudos da Gastronomia. No local, os alunos terão aulas práticas, produzindo refeições a serem ofertadas no Restaurante Popular, que funcionará no térreo. Ente os cursos, cozinheiro, garçom e de comidas típicas maranhenses.

Profissionais da Educação vacinam contra Covid-19 na terça-feira, anuncia governador Flávio Dino

O governador Flávio Dino anunciou início da vacinação para a Educação, na terça-feira (20). A campanha vai alcançar profissionais da ativa, das redes pública e privada, com 55 anos ou mais. “Temos como objetivo a manutenção das atividades educacionais”, frisou. Divulgou ainda prorrogação das medidas restritivas por mais uma semana.

A medida foi anunciada em coletiva, na manhã desta sexta-feira(16), no Palácio dos Leões. Dino anunciou ainda adiantamento da primeira parcela do 13º para servidores estaduais regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), a ser pago no dia 26 de abril; e implantação da Rede Cuidar, que vai oferecer tratamento psicológico aos pacientes e seus familiares, além de outras especialidades médicas.

A Rede Cuidar vai contar com psicólogos, psiquiatria, cardiologia, nefrologia, endocrinologia, clínica médica, nutrição, fisioterapia, fonoaudiologia e neurologia. Vai funcionar no Hospital Carlos Macieira (São Luís), Hospital Macrorregional de Imperatriz e Policlínicas de Santa Inês e Presidente Dutra. O serviço estará disponível a partir da segunda-feira (19).

Estão mantidas as medidas restritivas contra a Covid-19, até dia 25 de abril. Dessa forma, escolas públicas manterão aulas na modalidade online; escolas privadas no modelo hibrido (online e presencial); comércio (incluindo supermercados e academias) das 9h às 21h; delivery até 23h; atividades religiosas presenciais suspensas no período; pessoas do grupo de risco afastadas do trabalho no setor público e privado.

Energia não pode ser cortada por falta de pagamento, determina Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) suspendeu o corte de energia de consumidores de baixa renda, em caso de inadimplência. A medida vale até 30 de junho para todo o Brasil e deve alcançar aproximadamente 12 milhões de famílias.

Têm direito famílias do Cadastro Único (CadÚnico), com renda mensal menor ou igual a meio salário-mínimo, por pessoa; famílias com doentes que precisem de aparelho elétrico para o tratamento – com renda mensal de até três salários-mínimos; e famílias com integrante que receba o Benefício de Prestação Continuada (BPC).

Fica suspenso ainda, o corte de energia de unidades com equipamentos vitais à vida e dependentes de energia elétrica, unidades de saúde e centros de produção, armazenamento e distribuição de vacinas.

A Aneel justificou a medida como uma contribuição do setor elétrico para o enfrentamento da crise sanitária causada pelo coronavírus e seus efeitos aos consumidores mais carentes.

Imposto de Renda pode ser entregue até 31 de maio

O prazo final de entrega da Declaração de Imposto de Renda das Pessoas Física (IRPF) de 2021, referente ao ano calendário 2020, foi prorrogado até 31 de maio. A mudança foi implementada por meio da instrução normativa 2.020, publicada no “Diário Oficial da União” desta segunda-feira (12).

A Receita Federal prorrogou também, para 31 de maio, os prazos de entrega da Declaração Final de Espólio e da Declaração de Saída Definitiva do País, assim como o vencimento do pagamento do imposto relativo às declarações.

O cronograma de restituição do Imposto de Renda foi mantido. Deste modo, o primeiro lote será pago no dia 31 de maio, e o último em 30 de setembro.

Auxílio aos nascidos em março, será pago neste domingo, 11

Trabalhadores informais nascidos em março, começam a receber neste domingo, 11, a nova rodada do auxílio emergencial. O benefício terá parcelas de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família. O pagamento também será feito a inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) nascidos no mesmo mês.

O dinheiro será depositado nas contas poupança digitais e poderá ser movimentado pelo aplicativo Caixa Tem. Somente de duas a quatro semanas após o depósito, o dinheiro poderá ser sacado em espécie ou transferido para uma conta-corrente.

Ao todo 45,6 milhões de brasileiros serão beneficiados pela nova rodada do auxílio emergencial. O calendário de pagamentos foi divulgado pelo governo no início do mês.

O auxílio será pago apenas a quem recebia o benefício em dezembro de 2020. Também é necessário cumprir outros requisitos para ter direito à nova rodada.

Para os beneficiários do Bolsa Família, o pagamento ocorre de forma distinta. Os inscritos podem sacar diretamente o dinheiro nos dez últimos dias úteis de cada mês, com base no dígito final do Número de Inscrição Social (NIS). O auxílio emergencial somente será pago quando o valor for superior ao benefício do programa social.

Rede de supermercados promete facilitar compras on-line

O mais novo aplicativo do Grupo Mateus será lançado nesta segunda-feira (29), o Mateus Mais vai reunir em uma só plataforma todas as vantagens do e-commerce que o Grupo já oferece no Canto do Chef, Mateus Online e Mateus App e traz junto o novo modelo de compras conhecido como cashback.

O Grupo Mateus nasceu no mercado off-line e evoluiu para o online acompanhando as tendências e evoluções tecnológicas e mercadológicas.

O Mateus Mais é um aplicativo fácil, moderno e prático, desenvolvido totalmente pela equipe de TI (Tecnologia da informação) do Grupo Mateus e foi configurado para oferecer promoções personalizadas para cada cliente.

Hudton Bandeira, Gerente de Marketing do Grupo Mateus no Maranhão, explica quais vantagens os clientes vão ter com o novo app.

“Temos uma série de vantagens, onde parte delas a gente já operava, que era o nosso e-commerce, através de plataformas de parceiros, então a gente tinha um e-commerce pensando na web com o Mateus Online, um e-commerce pensando no delivery,  um e-commerce pensando no drive-thru, então a gente uniu tudo isso em apenas um lugar, hoje o cliente não vai precisar abrir vários aplicativos, todos eles vão estar concentrados em um único app, para dar maior praticidade ao cliente” explica.

O novo app faz parte de uma evolução e uma tendência mundial digital que já existe no mercado, para Hudton, as pessoas estão cada vez mais ligadas ao celular e aos computadores. “O Mateus não poderia ficar de fora disso e com a pandemia esse novo modelo de compras digital foi acelerado, por conta dessa demanda toda de venda de e-commerce, estamos surfando uma onda, estamos participando de um movimento e o Grupo Mateus que sempre esteve pensando lá na frente, não poderia ficar fora disso, foi uma tendência natural migrar para esse tipo de ação”.

Cashback

Cashback ou “dinheiro de volta” é um novo modelo de compras que basicamente funciona como um programa de fidelidade em que o cliente realiza compras em um aplicativo e recebe parte do dinheiro de volta para usar em outras compras. E essa nova modalidade já está disponível no Mateus Mais.

“O cashback é uma novidade no nosso app, os clientes vão poder fazer suas compras e nos produtos indicados eles vão receber parte do valor de volta em uma carteira digital, que pode ser utilizada para fazer a compra de outros produtos”, garante o gerente.

Delivery

Uma outra vantagem do Mateus Mais é o serviço de delivery com entrega no mesmo dia, se a compra for realizada até às 18h. O aplicativo vai oferecer o mesmo preço da loja e todo o   mix do Grupo ficará disponível para os clientes.

Por enquanto, o Mateus Mais vai funcionar apenas na grande São Luís, mas em breve estará disponível em todas as nossas lojas no Maranhão, Pará e Piauí.

Para baixar o aplicativo Mateus Mais é só procurar na App Store do seu celular ou pelos QR Codes que serão disponibilizados nas lojas, em comerciais de TV e em várias mídias externas, distribuídas em vários pontos da cidade para o cliente baixar o aplicativo.

Mais um aumento de combustível é anunciado pela Petrobras

A Petrobras acaba de anunciar na manhã desta 2ª feira (1º.março.2021) novo reajuste de preços dos combustíveis. A gasolina sofrerá uma alta de R$ 0,1240 nas refinarias, o que equivale a 5%. Já o diesel teve acréscimo de R$ 0,1294, ou 5%.

Eis os preços:

  • gasolina – era de R$ 2,48. Foi para R$ 2,60.
  • diesel – era de R$ 2,58. Foi para R$ 2,71.

O aumento de preços de combustíveis foi o pivô de uma troca no comando da Petrobras, anunciado pelo seu acionista majoritário, o governo federal. O presidente Jair Bolsonaro decidiu não renovar o contrato com o atual presidente da estatal, Roberto Castello Branco. Ocorre que o mandato de Castello Branco só termina em 20 de março de 2021 e até lá a empresa poderá continuar a aplicar sua atual política de alta nos preços

Gasolina mais barata nas refinarias a partir desta quinta-feira

O preço da gasolina vai ficar mais barato nas refinarias 0,48%, nesta quinta-feira (08), afirmou hoje a Petrobras. Significa que o valor médio do combustível cairá de R$ 1,7165 para R$ 1,7082 por litro. Este é o menor valor desde 14 de abril deste ano que foi de R$ 1,7072.

A Petrobras informou que este será a terceira redução na semana. Na véspera, a estatal já tinha anunciado uma redução de 0,74%, e na segunda-feira tinha diminuído o preço da gasolina em 6,35%, no maior corte já feito pela estatal desde o anúncio de uma política de reajustes até diários do combustível.

O preço médio do diesel, por sua vez, segue em R$ 2,1228, sustentado pelo programa de subsídios, lançado pelo governo em junho em resposta à histórica greve de caminhoneiros contra o alto preço do combustível.

Sebrae lança Semana Global do Empreendedorismo em Brasília com programação em todo país e 80 eventos no Maranhão

A Semana Global do Empreendedorismo 2018 foi lançada nesta segunda-feira (05), em Brasília. O evento é a maior celebração mundial voltada para esta temática. Neste ano, tem como mensagem principal “Empreendedorismo Jovem: A Hora é Agora”. Serão mais de 5 mil eventos cadastrandos para meio de milhão de vagas, tendo como o Sebrae a instituição responsável  pela Semana, que este ano será ampliada.

O evento terá programação durante todo o mês de novembro, voltado para as ações de difusão da cultura empreendedora.

No Maranhão, por exemplo, serão 80 eventos em todas as 11 regionais e três núcleos de Atendimento Empresarial no estado.

A programação, no Maranhão, conta com o lançamento do Programa Líder Região dos Lençóis-Munim, dia 06; A Virada Empreendedora terá a participação de empresas Júnior, no dia 7; No dia 8, será realizada a solenidade do Prêmio Sebrae Prefeito Empreendedor; E no dia 9, a Formatura de 20 jovens que participaram do Curso Orientando Pessoas com Síndrome de Down para Atender Bem.

No lançamento, em Brasília, a solenidade de abertura teve como moderador, o comediante Bruno Romano. Durante coletiva de imprensa, a diretora técnica do Sebrae Naciona, Heloisa Menezes, apresentou um levantamento sobre o perfil do jovem empreendedor que mostra brasileiros, cada vez mais cedo, estão investindo no próprio negócio. A pesquisa é inédita.

PESQUISA JOVEM EMPREENDEDOR

O interesse pelo empreendedorismo tem se manifestado cada vez mais cedo nos brasileiros, nos últimos anos; e a realização pessoal tem sido a maior motivação para a abertura de um negócio entre os jovens empreendedores. Essas tendências entre os jovens donos de micro e pequenas empresas no Brasil, foram identificadas em uma pesquisa inédita realizada pelo Sebrae.

O levantamento feito pelo Sebrae com 2.132 empreendedo- res, de todas as idades, de todo o país buscou traçar, pela primeira vez, o perfil do jovem empreendedor brasileiro. O resultado da pesquisa mostra que a ideia de se tornar um empreendedor já está presente bem cedo, tanto que 1 em cada 3 empresários (32%) já tinha algum tipo de pensamento nesse sentido antes de completar 18 anos. Quando considerado apenas o grupo de empresários com até 24 anos, 80% já haviam cogitado se tornar um empreendedor antes dos 18 anos.

Outro dado importante é que quanto maior o porte da empresa, maior a proporção dos empresários que cogitaram iniciar o negócio mais cedo. No grupo das Empresas de Pequeno Porte (EPP), 42% dos empresários cogitaram empreender antes dos 18 anos (este resultado foi 51% maior que entre os MEI, onde apenas 28% cogitaram empreender antes dos 18 anos). Importante também desta- car que, sob diferentes aspectos, esse despertar para o empreendedorismo é ainda maior para aqueles empreendedores mais escolarizados.

Ainda de acordo com a pesquisa, os empresários mais jovens são os que mais realizaram algum curso de empreendedorismo antes de abrirem o negócio e, do mesmo modo, eles são os que fizeram mais cursos após iniciar sua vida empreendedora. 33% dos empresários até 24 anos fizeram alguma capacitação antes de empreender. Entre os donos de pequenos negócios com idade entre 25 e 34 anos, 32% se capacitaram antes de abrir a empresa. Já para aqueles com mais de 35 anos, 24% buscaram qualifi- cação prévia.

Outro dado importante revelado pelo levantamento do Sebrae é que os jovens empresários tendem a ser mais inovadores. Para 16% dos donos de negócios com até 24 anos as tecnologias, recursos e ferramentas disponibilizadas pelas suas empresas surgiram a menos de 1 ano. Esse percentual é bem maior que o verificado nos empresários com idade de 25 a 34 anos (9%), bem como dos empreen- dedores com mais de 35 anos (8%).

Quando considerados os empresários de todas as faixas etárias, 18% tiveram outro negócio antes do atual. E dentro deste grupo que já teve outro negócio antes, praticamente 4 em cada 5 empresários (79%), tem um negócio atual em segmento de atividade diferente do negócio anterior. Os empresários jovens com até 24 anos que tiveram experiência anterior como empreendedor variaram mais (83% tiveram negócio em segmento diferente do atual).

Nordestinos são maioria em desistência de procura de emprego, 6 em cada 10 desalentados são do Nordeste

O número de pessoas que desistiu de procurar emprego é expressivamente maior, no Nordeste, do que o observado em outras regiões do país, é o que mostra levantamento do Ipea divulgado nesta quinta-feira (20).

De acordo com a pesquisa, seis em cada dez brasileiros desalentados (que desistiram de procurar emprego) são do Nordeste. O Sudeste tem 21,4% dos desalentados do país, seguido pela região Norte (10,9%).

O que se percebe é o surgimento dos subempregos ou empregos informais. Em São Luís, várias atividades aumentaram como os vendedores ambulantes, principalmente os pesquemos comerciantes de comida de rua. Pontos de vendas eclodiram na cidade, como nas portas de faculdades e unidades de educação, ou próximo a grandes centros comerciais.

Muitas pessoas acabam buscando a regularidade de suas empresas e engordam os números de microempreendedores. Atualmente, há mais de 83 mil Microempreendedores Individuais (MEI) ativos no Maranhão.

A população desalentada é definida como aquela que está fora da força de trabalho por uma das seguintes razões: não consegue trabalho adequado, ou não tem experiência ou qualificação, ou é considerado muito jovem ou idosa, ou porque não há trabalho na região – e que, se tivesse oferta de trabalho, estaria disponível para assumir a vaga.

Os dados do estudo do Ipea se referem ao segundo trimestre deste ano e foram compilados com base na Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad). Entre abril e junho, a quantidade de desalentados no país era de 4,8 milhões.

No recorte por nível de escolaridade, o desalento é maior entre aqueles com ensino fundamental incompleto. Essa parcela da população responde por 50% dos desalentados do país. Em seguida aparecem os trabalhadores com ensino médio completo (22,8%).