Prefeitura de Ribamar reinaugura escadaria para ponto turístico e entrega de novas viaturas à Guarda Municipal

Como parte do programa RibAmar Cidade em Obras, o maior programa de infraestrutura da cidade, a Prefeitura de São José de Ribamar reinaugurou mais uma importante obra na sede do município. Foi entregue à população, a escadaria Theodoro Dutra, totalmente recuperada. Além disso, a prefeitura entregou 4 novas viaturas para a Guarda Municipal.

A escadaria, que dá acesso a um dos pontos mais belos da praia da sede, estava em péssimas condições, mas agora está de cara nova. Além da estrutura dos degraus e corrimões, a obra contemplou piso tátil, bancos, iluminação e um deck que aproxima ainda mais os visitantes das riquezas naturais do lugar.

A escadaria Theodoro Dutra, antes conhecida como 8 de Outubro, ficou ainda mais charmosa com as pinturas do artista ribamarense Wendel, que deixou o mais novo ponto turístico de Ribamar colorido e instagramável. Pinturas que representam a cultura do estado, como o bumba-meu-boi e o tambor de crioula, se estendem por toda a escadaria.

A reinauguração contou com a presença do prefeito da cidade, Dr. Julinho, de vereadores e da população, que comemorou a conquista.

“Estou encantada com a nova escadaria. Agora, posso até namorar aqui”, brincou dona Maria José, de 60 anos.

Segundo o prefeito, o programa RibAmar Cidade em Obras foi criado para devolver dignidade ao povo ribamarense.

“Nós já conseguimos fazer muita coisa em pouco tempo e peço paciência de todos. Os problemas são muitos, mas estamos avançando. Estou trabalhando e quero cada vez mais cuidar da nossa gente”, disse Dr. Julinho.

Segurança Pública define reforço em operações de combate aos assaltos a ônibus

Representantes do sistema de Segurança Pública do Estado, do município de São Luís e dos usuários do transporte público reuniram, nesta sexta-feira (20), na sede do órgão, na Vila Palmeira, para definir ações de combate aos assaltos a ônibus. O planejamento é intensificar operações já em cursos, a exemplo da Catraca e reforçar o policiamento nas ruas e nos coletivos.

“A Segurança está atuando e várias envolvidos nestas ocorrências já foram presas. Os índices de Crimes Violentos Letais Intencionais estão declinantes, mas sempre que ocorre um crime bárbaro a sociedade se sente insegura. Cabe a nós tomarmos as providências cabíveis, o que está sendo feito. E orientamos para que a população não reaja, seja qual for a situação do assalto”, pontuou o secretário de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), Silvio Leite.

Dando continuidade a ações que já vêm sendo realizadas, a Segurança Pública vai intensificar a operação Catraca, que tem foco nas abordagens a passageiros nos coletivos. O policiamento será reforçado nos pontos de ônibus e locais estratégicos. Integram a ação, equipes da Polícia Militar, do Centro Tático Aéreo (CTA), Força Tática, Batalhão de Operações Especiais (BOPE) e demais grupamentos equipamentos especializados da Segurança Pública.

“A estratégia é de reforço do policiamento e iremos intensificar a operação Catraca. Unimos os comandantes de policiamento de área e das unidades militares, para ações nas ruas, abordagens e também, embarcadas nos coletivos”, complementa o subcomandante geral da Polícia Militar, Aritanã Lisboa.

Presentes à reunião também, o delegado geral Jair Paiva; representante da Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT); do Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Maranhão (STTREMA); e do Sindicato dos Usuários de Transporte Coletivo Rodoviário, Hidroviário, Aéreo do Estado do Maranhão (Sindutcol-MA).

 

Violência reduz no Maranhão no primeiro trimestre, aponta Monitor da Violênciaiz pesquisa

O Maranhão registrou uma queda de 20,7% nas mortes violentas no primeiro trimestre de 2022, em comparação ao mesmo período do ano passado. Os dados são do Monitor da Violência, índice nacional de homicídios que tem base nos dados oficiais dos 26 estados e do Distrito Federal.

No primeiro trimestre deste ano, foram contabilizadas 390 mortes violentas já no mesmo período de 2021, este número chegou a 492.

De janeiro a março deste ano, o Maranhão registrou 372 homicídios dolosos – incluindo os feminicídios -, 14 latrocínios e quatro lesões corporais seguidas de morte.

Entre os estados do Nordeste, o Maranhão foi o que apresentou a maior queda no número de mortes violentas. Em seguida, aparece o Rio Grande do Norte (20,1%) e a Bahia (8,5%).

O estado também registrou uma queda na taxa de crimes violentos nos três primeiros meses do ano. Foram cinco mortes por 00 mil habitantes, uma baixa de 1,4 no número de casos, em relação ao primeiro trimestre de 2021.

Após feriado do Dia das Mães, 44 internos não retornam às unidades

Um total de 44 internos do sistema penitenciário do Maranhão não retornaram às unidades prisionais, após encerrar prazo do benefício da saída temporária, referente ao feriado do Dia das Mães, segundo a Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). O benefício da saída temporária foi concedido pela Justiça para 685 internos.

Os presos saíram das unidades no dia 4 de maio e deveriam retornar até as 18h do dia 10 de maio. Quem não voltou é considerado foragido.

O benefício da saída temporária está prevista na Lei de Execuções Penais (Lei 7.210/84), do artigo 122 ao artigo 125, sendo concedida a condenados que cumprem pena em regime semiaberto, Se destina para condenações entre quatro e oito anos, não sendo casos de reincidência. Nesse regime, o recuperando pode trabalhar e fazer cursos fora da prisão durante o dia, devendo retornar à noite.

As saídas temporárias são concedidas cinco vezes por ano, com duração de sete dias cada. As datas convencionadas para o benefício são a Páscoa, o Dia das Mães, o Dia dos Pais, o Natal e o Ano Novo.

Segurança Pública realiza mais de 23 mil abordagens e mais de 360 conduções em operação

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA) ultrapassou as 23 mil abordagens a pessoas e veículos e conduziu mais de 360 suspeitos a delegacias, durante a Operação Integrada Tiradentes. Os números foram divulgados em coletiva, nesta terça-feira (26), na sede do órgão, Vila Palmeira. A operação foi realizada em todo o estado, de 21 a 24 deste mês, para prevenir e combater criminalidades diversas.

Durante a operação a polícia contabilizou, na capital e interior, 23.434 abordagens a pessoas e em veículos. Ainda, a condução de 387 pessoas, sendo 20 menores; cumprimento de nove mandados de prisão; e 149 prisões em flagrante. Em volume de drogas, somaram 1.680g apreendidos.

Em armas, a ação contabilizou a apreensão de nove simulacros e de 70 armas, sendo 46 de fogo. No que refere a ocorrências com veículos foram 735 situações, sendo que 77 foram recuperados e 36 apreendidos. Integrando o trabalho, batalhões de Polícia Militar nos municípios promoveram 211 operações paralelas, somando com as atividades da Operação Integrada Tiradentes.

“Os dados são muito satisfatórios para a Segurança Pública. Alcançamos o objetivo no que refere à prisão de suspeitos envolvidos em crimes diversos e na apreensão de armas e drogas. É muito importante que o sistema de segurança esteja nas ruas, de maneira visível e acessível, para garantir a segurança dos cidadãos”, frisou o titular da SSP-MA, coronel Silvio Leite, que informou a continuidade da operação nos 217 municípios.

Operação Páscoa Segura contabiliza quase 30 mil abordagens

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA) divulgou o balanço da operação Páscoa Segura, durante coletiva à imprensa, na segunda-feira (18). O trabalho, realizado de 14 a 17 de abril, resultou em quase 30 mil abordagens, prisões de suspeitos, apreensão de armas e drogas. A ação mobilizou equipes da Polícia Militar, Polícia Civil e Corpo de Bombeiros Militar.

De acordo com o relatório apresentado pela SSP-MA, foram realizadas 29.357 abordagens a pessoas, na busca de armas, drogas ou por suspeitas de ilícitos. A operação contabilizou ainda, a apreensão de 888 entorpecentes, quatro armas de simulacro, 37 armas brancas e 55 armas de fogo. Um total de 411 pessoas foram conduzidas a delegacias e 23 menores apreendidos.

“A operação Páscoa Segura teve como objetivo reforçar o policiamento preventivo e ostensivo na área da Grande Ilha. Durante os trabalhos, as forças de segurança atuaram de forma integrada e avalio que a missão foi cumprida, no sentido de combater criminalidades e garantir o ir e vir seguro ao cidadão”, pontuou o titular da SSP-MA, Silvio Leite.

Governador Flávio Dino convoca 341 aprovados em concurso da Segurança Pública

O governador Flávio Dino anunciou, em suas redes sociais, a convocação de aprovados em concurso público para preenchimento de vagas na Segurança Pública, realizado pelo Governo do Estado.

No total, foram chamados 341 policiais, que vão integrar os quadros da Polícia Civil e Militar, reforçando as ações de combate ao crime no Maranhão.

Foram convocados 300 integrantes do cadastro de reserva, relativo ao concurso da Polícia Militar; e mais 41 aprovados para a Polícia Civil – 10 delegados, 30 investigadores e 1 escrivão.

A distribuição deste novo efetivo se dará de acordo com as prioridades dos municípios.

 

Governador Flávio Dino anuncia novo titular da Segurança Pública

O governador Flávio Dino (PSB) anunciou, nesta segunda-feira (7), em suas redes sociais, que o delegado de Polícia Civil Leonardo Diniz é o novo titular da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA). Diniz substitui o delegado Jefferson Portela, que deixou a pasta para se dedicar à sua pré-campanha a uma vaga na Câmara Federal, nesta eleições.

“O delegado Leonardo Diniz será nomeado como novo secretário de Segurança Pública. Agradeço ao delegado Jefferson Portela pelos serviços prestados”, disse Flávio Dino em seu post. Portela estava na titularidade da Segurança Pública, desde 2015.

Leonardo Diniz ocupava o cargo de secretário-adjunto da SSP-MA. Em outro momento do governo, foi superintendente de Homicídios e delegado geral da Polícia Civil.

Mais de 30 internos não retornam ao sistema penitenciário maranhense

A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informou que, 32 dos 700 internos que foram beneficiados com a saída temporária de Natal, não retornaram ao sistema penitenciário maranhense.

Com isso, somente 668 detentos retornaram e cumpriram o prazo de retorno. Os custodiados que não retornaram e não cumprirem a determinação estão sob pena de regressão de regime e serão considerados foragidos da justiça. Os internos deixaram as unidades na terça (21).

Em nota, a Seap informou que, os internos que não retornaram e não cumprirem a determinação, estão sob pena de regressão de regime e outras sanções previstas na Lei de Execuções Penais (LEP).

Nota:

“A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) informa que dos 700 internos beneficiados com a ‘Saída Temporária de Natal’, que deixaram as unidades prisionais do Estado na terça-feira (21), destes 668 retornaram e 32 não cumpriram o prazo de retorno, sendo 18 deles, do Complexo Penitenciário São Luís. Os custodiados que não retornaram e não cumprirem a determinação estão sob pena de regressão de regime e outras sanções”.

Região Metropolitana de São Luís recebe operação Ilha Segura

A Secretaria de Estado de Segurança Pública do Maranhão realizou, na sexta (22),  a operação ‘Ilha Segura’ nos municípios de São Luís, Paço do Lumiar, São José de Ribamar e Raposa.

A ação foi motivada pela morte de três policiais militares no Maranhão e mais sete pessoas, em ações de suspeitos, na noite da quinta (21), em São Luís.

“Durante 24h com revezamento de efetivo. Consiste em executar o policiamento ostensivo e preventivo e, caso haja necessidade, de forma repressiva, a fim de refletir em sensação de segurança”, declarou o comandante da Polícia Militar do Maranhão, coronel Pedro Ribeiro.

A operação ‘Ilha Segura’ é realizada com 210 policiais militares, com o apoio da Polícia Civil e do Corpo de Bombeiros.