Pré-candidatos ao governo do Maranhão miram o interior para conquistar votos

Pré-candidatos ao governo do Maranhão fazem do interior o principal campo de batalha pelo voto. Todos estão apostando suas fichas percorrendo os municípios do interior do estado, buscando os votos que os conduzirão ao Palácio dos Leões. E a estratégia é justificada. Essas cidades concentram ao menos 60% do eleitorado.

O governador Carlos Brandão (PSB) tem feitos viagens pelo interior com mais frequência, em cumprimento de sua agenda de governo com várias inaugurações de obras. Este final de semana ele passou por cinco cidades do interior. Essa movimentação, mesmo não sendo da pré-campanha, impactará positivamente na sua corrida à reeleição para o Palácio dos Leões em outubro. “O nosso @governoma trabalha todos os dias para levar ações e desenvolvimento aos municípios, cuidando das pessoas”, pontuou em suas redes sociais, durante visita a Alto Alegre do Pindaré.

O senador Weverton Rocha (PDT), que já visitava os municípios há pelo menos três meses, intensificou a presença no interior com o projeto Maranhão Mais Feliz.  Este fim de semana ele visitou o município de São Luiz Gonzaga e Pastos Bons. O pedetista tem conciliado sua agenda de pré-campanha com as atribuições de senador.

“Estou andando as cidades para construir uma frente de trabalho em favor do Maranhão. É uma frente que vai olhar adiante e construir um Maranhão de trabalho, da indústria e da produção agrícola. Um projeto que é do povo livre desse estado, que quer olhar pra frente e construir seu próprio futuro”, postou em suas redes sociais.

O ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim (PSC), também deu o pontapé de viagens pelas cidades do interior. Este fim de semana ele esteve em Pirapemas. “Muito obrigado Pirapemas. Sem palavras pra agradecer os apoiadores de Cantanhede e Pirapemas”, disse, em post nas suas redes sociais, sobre a acolhida nas duas cidades.

O ex-prefeito de São Luís, Edivaldo Holanda Junior, que ainda não havia se movimentado com mais ênfase nesta pré-campanha, passou a correr mais em busca desses eleitores. Ele esteve em Santa Inês e Pio XII esse fim de semana. “Mais uma vez essa recepção calorosa, com as lideranças e a população abraçando a nossa pré-candidatura ao governo do Maranhão. Muito diálogo e muito carinho, como tem sido a nossa pré-candidatura em todo o Maranhão”, registrou em suas redes sociais.

“Somos um governo de continuidade e avanços”, diz Carlos Brandão

O governador do Estado, Carlos Brandão (PSB), concedeu entrevista a emissora de tv local, nesta quarta-feira (11), onde pontuou ações dos primeiros 30 dias à frente do comando do Maranhão. Na ocasião, ele também anunciou medidas que devem ser implantadas nos próximos meses e as expectativas para as eleições de outubro. “Somos um governo de continuidade e avanços”, frisou o governador.

“Acompanhamos a gestão Flávio Dino durante sete anos. Conhecemos todas as políticas públicas, todas as secretarias e órgãos, portanto, não houve dificuldades nesta transição. Fizemos alguns ajustes na composição de secretariado, mas, o Governo segue inaugurando várias obras, programas sociais, de desenvolvimento e geração de empregos. Seguimos avançando”, frisou Brandão.

O governador pontuou que irá conduzir sua gestão com a inauguração de obras em andamento na área social, educação e saúde, entre outras, totalizado cerca de 500 a serem entregues, até final do mês de julho. “Todo governo tem uma identidade e a nossa, com certeza, são os avanços e conquistas sociais. Vamos concluir obras em andamento, impactando na geração de milhares de empregos. Estamos saindo de uma pandemia e o Maranhão teve o maior desempenho nesse combate, e, mesmo com este cenário, foi o que mais gerou empregos”, pontuou.

Na economia, Brandão anunciou alocação de recursos para o pagamento da primeira parcela do 13º, no mês de julho. Citou o planejamento para o São João do Maranhão, que também vai impactar na geração de renda, empregos, além de movimentar a economia, o turismo e o setor cultural. “O São João não é apenas festa, é um projeto de geração de emprego e renda”, apontou.

Sobre os Índices de Desenvolvimento Humano (IDH), o governador pontuou alguns avanços. Entre estes, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), do qual o Maranhão saiu do 22º para o 13º; na segurança alimentar, de seis Restaurantes Populares, agora são 106, alcançando todas as regiões do Maranhão; e, segundo o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o Maranhão está entre os que mais gerou empregos formais durante a pandemia – cerca de 43 mil e sendo o quarto do país.

Na infraestrutura, anunciou pacote de obras, incluindo manutenções, reformas e pavimentação em estradas e vias urbanas, estas últimas, em apoio às prefeituras. Na saúde, criação de uma grande rede de hospitais e ampliação do número de UTIs de três para mais de 30 municípios. Citou também, investimentos de R$ 12 milhões na agricultura familiar para este ano, o dobro dos recursos destinados anteriormente. “Os indicadores têm o tripé na educação, saúde e renda. Neste rumo, fazemos movimentar a economia. Portanto, avançamos bastante”, avaliou.

Carlos Brandão enfatizou que esse é o momento de focar na gestão. “A política será lá para agosto, quando teremos as convenções. Agora, quero mostrar ao maranhense o meu trabalho e como vou cuidar do povo do Maranhão”, afirmou, citando a boa relação com os poderes judiciário e legislativo.

Maranhão de Reencontros chega à segunda edição com temática do Dia das Mães

O governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura, dá continuidade, neste domingo (8), a partir das 17h, ao Maranhão de Reencontros, na Concha Acústica da Lagoa da Jansen.

O evento segue oferecendo ao público uma série de atrações de diversas manifestações artísticas e culturais. Dessa vez, terá temática especial do Dia das Mães e conta com as participações da comédia Pão com Ovo, do Boi de Nina Rodrigues e da Companhia Barrica do Maranhão.

O secretário Paulo Victor falou sobre o sucesso da primeira edição e das atrações que participarão da próxima, em comemoração pelo Dia das Mães.

“O 1º Maranhão de Reencontros foi um sucesso. E neste próximo domingo, 8 de maio, Dia das Mães, vamos comemorar com uma programação especial para todas elas. Teremos muita música, Pão com Ovo, Boi de Nina Rodrigues e Companhia Barrica do Maranhão. Esse momento de grandes espetáculos da nossa cultura é um presente do governador Carlos Brandão para festejarmos esse dia tão marcante para todos”, disse o secretário.

O evento é uma prévia junina que vai acontecer todos os domingos, na Concha Acústica da Lagoa da Jansen, sempre a partir das 17h, até o dia 26 de junho, oferecendo uma programação artística diversificada.

O início, ocorrido em 1º de maio, foi com o Cacuriá de Dona Teté, o cantor e compositor Mano Borges e o Boi de Morros, além de música eletrônica nos intervalos entre cada apresentação.

 

Eleições 2022: Escutec aponta liderança de Flávio Dino para Senado

    O instituto Escutec divulgou pesquisa neste domingo (1°), mostrando o cenário na disputa para o Senado, no Maranhão. Segundo o instituto, o ex-governador Flávio Dino (PSB) lidera na corrida eleitoral. O levantamento ouviu duas mil eleitores em 73 municípios e foi registrado na Justiça Eleitoral sob o protocolo MA-02565/2022.

Em um cenário estimulado, Flávio Dino lidera com 55% das intenções de votos. O senador Roberto Rocha (PTB) foi o segundo colocado, com 20% da preferência do eleitorado. O Pastor Bel aparece em seguida, com 5% das intenções de votos e Antônia Cariongo, do PSOL, pontuou com 1%. Branco/Nulo ou nenhum deles somou 5% e não souberam ou não responderam, 14%.

Em um segundo cenário estimulado, sem Roberto Rocha, Flávio Dino tem 59%; contra 11% do Pastor Bel e 2% de Antônia Cariongo. Branco/Nulo e Nenhum deles somou 8% e não souberam ou não responderam, 20%.

Na espontânea, Flávio Dino tem 20%; Roberto Rocha 6%; Pastor Bel 3% e Roseana 1%. Ninguém, somou 7% e não souberam ou não responderam, 63%.

Rejeição

Roberto Rocha aparece com o maior índice de rejeição, pontuando com 25%. Seguem Flávio Dino, 22%, Pastor Bel, 11% e Antônia Cariongo, 6%. Branco/Nulo ou Nenhum deles somou 7% e não souberam ou não responderam, 29%.

Eleições 2022: Brandão sai na frente na disputa pelo Governo, aponta Escutec

O Instituto Escutec divulgou nova pesquisa de intenção de voto para o governo do Maranhão, neste domingo (1º). Foram entrevistadas duas mil pessoas em 73 municípios, nos dias 26 a 30 de abril. Com margem de erro de 2,19% para mais ou para menos e com grau de confiança de 95%, o levantamento (que tem o registro Ma 02565/2022) mostra a liderança do governador Carlos Brandão (PSB).

No cenário espontâneo, Brandão é citado por 11% dos eleitores. O socialista é seguido por Weverton Rocha (PDT)com 9%, Lahesio Bonfim (PSC) com 6%, Edivaldo Júnior (PSD) com 4% e Roberto Rocha (PTB) com 3%. Outros nomes como o ex-governador Flávio Dino (PSB) e a ex-governadora Roseana Sarney (MDB) também chegaram a ser citados por 1% dos ouvidos.

Com o cenário estimulado com a apresentação de nove nomes de pré-candidatos ao governo, Brandão aparece com 24% sendo seguido por Weverton Rocha com 20% e Edivaldo Júnior com 12%. Lahesio Bonfim aparece com 11%, Roberto Rocha tem 8%, Josimar de Maranhãozinho (PL) aparece com 3% e Simplício Araújo (SD) com 2%. Enilton Rodrigues do PSOL foi citado por 1% dos entrevistados e Hertz Dias (PSTU) não pontuou.

Em outro cenário estimulado com seis pré-candidatos, Carlos Brandão tem 25%, Weverton Rocha, 21%, Lahesio Bonfim, 13% e Edivaldo Júnior, 12%. Roberto Rocha vem em seguida com 9% e Simplício Araújo com 2%.

Considerando cinco nomes apresentados, o governador chega a 26%. Em segundo vem Weverton Rocha com 23% que é seguido por Edivaldo Júnior com 15% e Lahesio Bonfim com 14%. Simplício Araújo aparece com 3%.

Segundo turno

O levantamento também mostra cenários de segundo turno. Entre eles está a disputa entre Carlos Brandão e Weverton Rocha. Neste cenário, Brandão aparece com 39% contra 34% de Weverton. Brancos e nulos somam 12%e não sabe ou não respondeu, 15%.

Se a disputa de segundo turno fosse entre Carlos Brandão e Edivaldo Júnior, o governador seria reeleito com 39% contra 23% do pré candidato do PSD. Sendo entre Carlos Brandão e Lahesio Bonfim, o socialista teria 42% contra 25% do adversário do PSC.

Em outros cenários sem Brandão no segundo turno, o senador Weverton Rocha teria 35% dos votos se o seu adversário fosse Edivaldo Júnior, que aparece com 24%. Sendo entre Weverton r Lahesio Bonfim, o pedetista seria eleito com 37% contra 22% do ex-prefeito de São Pedro dos Crentes.

Rejeição

No quesito rejeição, o deputado Josimar de Maranhãozinho é o que tem a maior rejeição: 24%. O senador Roberto Rocha vem em seguida com 21% e Weverton com 15%. Carlos Brandão tem 13% de rejeição e Edivaldo Júnior, 11%.

Seguem ainda nesta lista, Seguem na lista de rejeição, Simplício Araújo (4%), Enilton Rodrigues  e Hertz Dias, empatados com 1%. Branco, nulo ou que não escolheram nenhum dos nomes citados, somou 3%. Que não souberam ou não responderam, 2%.

Simplício Araújo reforça pré-candidatura ao Governo e pontua projetos

O pré-candidato ao Governo do Maranhão, Simplício Araújo (Solidariedade) concedeu entrevista a emissora de rádio local e confirmou que mantém seu plano de concorrer ao Palácio dos Leões, nas eleições de outubro. Na ocasião, enumerou sua proposta para uma futura gestão e reforçou que fará a diferença, caso tenha êxito na disputa eleitoral deste ano.

Simplício Araújo afirmou permanecer na disputa ao Governo por acreditar no Maranhão. “Não sou filho de político. Construí minha história com muito sacrifício e conheço o Maranhão. A saída do Maranhão é pela via da iniciativa privada. O poder público parou no tempo. Não seria candidato a governador se eu não tivesse a experiência do executivo e resultados como deputado e secretário, com a certeza que posso dar resultados ao nosso estado”, enfatizou.

Sobre apoios para seu projeto, afirmou que preza o apoio dos segmentos econômicos, das entidades sociais e da população. “Tenho diversos apoios e estou reunindo com este segmento, pois este é o caminho”, avaliou.

Questionado sobre o Plano Diretor do município, que compete às prefeituras, mas tem sido uma das suas bandeiras de fala, ele colocou que “não há medidas mirabolantes e que merece atenção e apoio para que estes planos saiam do papel”.

Simplício destacou suas ações à frente da Secretaria de Estado de Indústria e Comércio (Seinc) e criticou a condução deste setor no estado. “É uma política equivocada. Precisamos deixar uma reflexão para a população maranhense. Temos potenciais para indústrias, para atração de cadeias de produtivas e não são postas em prática. O que há é um interesse político e não pelo desenvolvimento da economia”, apontou.

Ressaltou ainda que o cenário político mudou, citando a eleição de Flávio Dino ao Governo do Maranhão, em 2018 e de Jair Bolsonaro, para presidente do país. “Hoje há uma busca por fora da política e o vivemos um momento em que, não são os apoios políticos, nem o tempo em mídias que trarão a vitória”, avaliou Simplício Araújo.

Governador Carlos Brandão dá posse a secretariado

Em cerimônia, na noite desta quarta-feira (6), o governador Carlos Brandão (PSB) deu posse à sua equipe de governo. A solenidade foi no Palácio Henrique de La Roque, Calhau. Foram empossados secretários, presidentes de empresas públicas, de institutos, de agências e demais órgãos vinculados à administração central do Estado.

Brandão ressaltou que a escolha dos membros da gestão foi pautada em critérios. Alguns secretários estão saindo para concorrer nas próximas eleições e nós, naturalmente, fizemos entrevistas com várias pessoas dentro do nosso campo, que considero capacitadas, preparadas e comprometidas para dar continuidade ao governo. Tivemos vários avanços e com o desejo de melhorar mais, focando sempre a qualidade de vida do nosso povo”, disse.

Membros de Governo:

Chefe da Casa Civil – Sebastião Madeira

Subsecretário da Casa Civil – Júnior Viana

Chefe de Gabinete do Governador – Luzia Waquim

Chefe da Assessoria Especial – Daniel Brandão

Secretário de Comunicação – Ricardo Cappelli

Chefe da Assessoria – Aline Cristina

Chefe do Cerimonial – Walquíria Moraes

Secretária da Mulher – Célia Salazar

Secretário de Agricultura – José Antônio Heluy

Secretário de Desenvolvimento Social – Paulo Casé

Secretário de Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores – Pedro Chagas

Secretária de Transparência e Controle – Raul Mochel

Secretário de Segurança Pública – Coronel Silvio Leite

Comandante-geral do Corpo de Bombeiros – Coronel Célio Roberto

Comandante-geral da Polícia Militar – Coronel Emerson Bezerra

Subcomandante-geral da PMMA – Coronel Aritanã Lisboa

Secretário de Governo – Diego Galdino

Secretária de Trabalho e Economia Solidária – Lília Raquel

Chefe do Gabinete Militar – Coronel Humberto Aldrin

Secretário de Infraestrutura – Aparício Bandeira

Secretário de Indústria, Comércio e Energia – Cassiano Pereira

Secretário de Relações Institucionais – Silvia Carla Ferreira

Secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação – Davi Telles

Secretária de Meio Ambiente e Recursos Naturais – Raysa Queiroz

Secretário de Estado de Programas Estratégicos – Zé Reinaldo Tavares

Secretária das Cidades e Desenvolvimento Urbano – Joslene Rodrigues

Secretária de Educação – Leuzinete Pereira

Secretário de Planejamento e Orçamento – Luis Fernando

Secretário de Estado Extraordinária da Igualdade Racial – Gerson Pinheiro

Secretária de Estado Extraordinária da Juventude – Tatiana Pereira

Secretário de Administração Penitenciária – Murilo Andrade

Secretário da Fazenda – Marcellus Ribeiro

Secretário de Saúde – Tiago Fernandes

Secretário Extraordinário da Região Tocantina – Paulo Sérgio Rodrigues

Secretário de Agricultura Familiar – Diego Rolim

Secretário de Articulação Política – Rubens Pereira

Secretária Extraordinária de Articulação de Políticas Públicas – Cynthia Mota

Secretária de Direitos Humanos e Participação Popular – Amanda Costa

Secretário de Turismo – Paulo Matos

Secretário de Esporte e Lazer – Naldir Lopes

Secretário de Cultura – Paulo Victor

Presidente do Viva/Procon – Karen Barros

Presidente da Emserh – Marcello Duailibe

Presidente da Caema – Marcos Aurélio Freitas

Presidente da AGED – Cauê Aragão

Presidente do Iterma – Anderson Ferreira

Presidente da Jucema – Sérgio Sombra

Presidente da Funac – Sorimar Amorim

Presidente da Agência Executiva Metropolitana – Leônidas Araújo da Silva

Diretor-presidente do Detran – Hewerton Pereira

Procurador-Geral do Estado – Rodrigo Maia

Instituto de Metrologia e Qualidade Industrial – Karina Lima

Diretor-presidente da Fapema – André Santos

Diretor-presidente do IEMA – Alex Oliveira

Governador Carlos Brandão dá posse a novos secretários

O governador Carlos Brandão vai dar posse aos novos secretários de Governo, em cerimônia nesta quarta-feira (6), no Palácio Henrique de la Rocque, Jardim Renascença, a partir das 16 horas. Na ocasião, também será dada posse a presidentes de órgãos da gestão estadual no Governo do Maranhão.

Serão empossados, chefe da Casa Civil, Sebastião Madeira; o vereador e presidente da Câmara Municipal de São Luís, Paulo Victor, na Secretaria de Estado da Cultura; na Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular, Amanda Costa; na Secretaria de Estado do Turismo, Paulo Matos; Naldir Lopes na Secretaria de Estado do Esporte e Lazer.

Tiago Fernandes assume a Secretaria de Estado da Saúde; Luís Fernando assume a Secretaria de Estado do Planejamento e Orçamento; José Reinaldo Tavares toma posse na Secretaria de Estado de Programas Estratégicos; Joslene Rodrigues assumirá a Secretaria de Estado das Cidades e Desenvolvimento Urbano.

Na Secretaria de Estado da Educação, Leuzinete Pereira; na Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Naturais, Raysa Queiroz; na Secretaria de Estado de Indústria, Comércio e Energia toma posse Cassiano Pereira; a Secretaria de Estado de Relações Institucionais terá comando de Silvia Carla Ferreira.

O secretário de Estado da Segurança Pública será o coronel Silvio Leite; o coronel Humberto Aldrin assume a chefia do Gabinete Militar; no comando geral da Polícia Militar, o coronel Emerson Bezerra; e no subcomando da PM, o coronel Aritanã Lisboa.

Na Secretaria de Estado da Infraestrutura assume Aparício Bandeira; no Desenvolvimento Social passa a ser Paulo Casé; Davi Telles vai comandar a Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação; à frente da Secretaria de Estado da Gestão, Patrimônio e Assistência dos Servidores estará Pedro Chagas; e a Secretaria de Estado de Transparência e Controle será comandada por Raul Mochel.

A Secretaria de Estado da Agricultura Familiar ficará com Diego Rolim; na Secretaria Extraordinária da Região Tocantina, Paulo Sérgio Rodrigues; na Secretaria de Estado de Articulação Política, Rubens Pereira; e na Secretaria de Estado Extraordinária de Articulação de Políticas Públicas, Cynthia Mota.

Na presidência da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Marcello Duailibe; na presidência da Companhia de Saneamento Ambiental do Maranhão (Caema), Marcos Aurélio Freitas; na Agência Estadual de Defesa Agropecuária do Maranhão (AGED), Cauê Aragão; no Departamento de Trânsito do Maranhão estará à frente Hewerton Pereira; na presidência do Instituto de Colonização e Terras do Maranhão (Iterma), Anderson Ferreira; Sorimar Amorim toma posse na presidência da Fundação da Criança e do Adolescente (Funac); e Rodrigo Maia conduzirá a Procuradoria Geral do Estado.

Carlos Brandão anuncia mais secretários de governo

O governador Carlos Brandão (PSB) anunciou, em suas redes sociais, nesta terça-feira (5), novos nomes da sua lista de secretários estaduais. Agora, já somam 41 escolhidos para compor a gestão. As mudanças estão ocorrendo pelo fato de boa parte dos componentes do Governo do Estado, de primeiro e segundo escalão, terem se afastado para concorrer às eleições.

Em suas redes, Brandão anunciou o coronel Célio Roberto de Araújo, que permanece no comando geral do Corpo de Bombeiros Militar do Maranhão. Já na Polícia Militar, houve mudança, saiu o coronel Pedro Ribeiro e entrou o coronel Emerson Bezerra; no subcomando da corporação, ficará o coronel Aritanã Lisboa.

O governador anunciou ainda o vereador e presente da Câmara Municipal de São Luís, Paulo Victor, como secretário de Estado da Cultura; e Sorimar Amorim responderá pela Fundação da Criança e do Adolescente (Funac).

A Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular ficará sob o comando de Amanda Costa e a Secretaria de Estado do Turismo terá condução de Paulo Matos. Naldir Lopes estará à frente da Secretaria de Estado do Esporte e Lazer.

Ao longo da semana, outros nomes para compor o Governo serão anunciados.

Lahesio Bonfim concede entrevista coletiva em São Luís

O ex-prefeito de São Pedro dos Crentes, Lahesio Bonfim, deve conceder entrevista coletiva na tarde desta segunda (4) em São Luís. Pré-candidato ao governo do estado, Lahesio estará acompanhado do deputado federal Aluísio Mendes, presidente do PSC.

Na semana passada, Lahesio filiou-se ao partido e deve disputar o governo do Maranhão nas eleições de outubro pelo partido.

Ontem (3), ele esteve em Imperatriz anunciando sua decisão. “Hoje a nossa candidatura é uma realidade. Estamos com a disposição de iniciar mais um capítulo da história do Maranhão”, explicou.

Além de Aluísio e Lahesio, também participou do evento o deputado estadual Wellington do Curso e as pré-candidatas Mariana Carvalho e Flávia Berthier.

O deputado federal Aluísio Mendes afirmou que a candidatura de Lahesio deve romper com padrões da velha política no estado. “Nem sempre o dinheiro e o poder ditam os rumos de uma eleição. Temos esperança nesse projeto e sabemos que ele irá apresentar ao povo um projeto responsável que será acolhido”, disse Aluísio Mendes.

A recepção em Imperatriz surpreendeu os organizadores do evento pela participação popular. Muitas pessoas compareceram ao auditório do Hotel Imperial. “É muito gratificante saber que nosso projeto conta com o apoio do povo”, disse Lahesio.

Em São Luís o encontro irá acontecer no Hotel Luzeiros, às 15h, desta segunda.

Por Jorge Aragão