Covid-19: Maranhão terá restrição de horário para circulação de pessoas

Nesta terça-feira (2) o governador Flávio Dino dialogou com representantes da classe empresarial maranhense com o objetivo de discutir novas ações para conter a disseminação da COVID-19 em todo o estado.

“O Maranhão foi o estado que primeiro iniciou a abertura das atividades econômicas. Tivemos um regime rigoroso por um período curto de tempo, razão pela qual chegamos ao final do ano com resultados econômicos que atestaram que tivemos um senso de proporcionalidade no manejo das medidas preventivas”, pontuou o governador Flávio Dino.

Para o secretário estadual de Indústria e Comércio, Simplício Araújo, três pontos foram cruciais no diálogo desta terça-feira (2): a parceria entre o poder público e privado na divulgação da importância do uso de máscaras para toda a população; a interlocução junto à FAMEM para fortalecer o diálogo com os municípios e a parceria com os hospitais privados de São Luís e Imperatriz sobre a possibilidade de aumentar o número de leitos disponíveis.

“Essa reunião foi muito importante porque tivemos a oportunidade de trazer ao Governo do Estado o que os empresários pensam sobre as medidas restritivas neste momento. Neste momento o lockdown foi descartado porque é uma medida limite. Nós entendemos junto com o governador que não há necessidade ainda. No entanto, medidas educativas, de fiscalização, como restrições de horários, funcionamento de determinadas atividades são essenciais. É muito importante que toda a sociedade se envolva, prefeitos, governador, sociedade, poder privado, empresários, todos juntos podemos vencer essa batalha tão difícil”, disse Edilson

O Governo do Estado dialogou, por meio das secretarias estaduais, com toda a classe empresarial, em mais de 220 reuniões setoriais durante todo o ano. “Não é falta de diálogo, não é incompreensão, o nosso problema não é a falta de fiscalização. O problema é que temos uma pandemia que não tem manual pré-existente, com uma imprevisibilidade alta e muitos desacertos na condução nacional”, assegurou Dino.

O governador convidou toda a classe empresarial para o enfrentamento conjunto. Durante a reunião, os representantes das classes empresariais dialogaram sobre a importância de campanhas educativas, com a intensificação das fiscalizações, uso de máscaras e distanciamento social

Polícia Federal mira compra irregular de testes rápidos de Covid19 em Pinheiro

A Polícia Federal, com o apoio da Controladoria-Geral da União, deflagrou, na manhã desta terça-feira (2), nas cidades de Teresina/PI e Pinheiro/MA, a Operação Estoque Zero, com a finalidade de desarticular grupo criminoso estruturado para promover fraudes licitatórias e irregularidades contratuais no âmbito do Município de Pinheiro/MA, envolvendo recursos públicos federais que seriam utilizados no combate à pandemia da COVID-19.

A investigação se concentra no Processo no 2.653/2020 da Secretaria Municipal de Saúde e Saneamento de Pinheiro/MA, instruído para a aquisição de 6.000 testes rápidos para o diagnóstico da COVID-19, no valor total de R$ 960.000,00.

Os elementos colhidos pela equipe policial revelaram que funcionários da Secretaria de Saúde e Saneamento de Pinheiro/MA, em conluio com empresários de Teresina/PI, simularam a compra e venda de testes rápidos, por meio da contratação de empresa de fachada que não forneceu o objeto pactuado.

A Polícia Federal cumpriu 5 (cinco) Mandados de Busca e Apreensão, 04 (quatro) Mandados de Constrição Patrimonial e 01 (um) Mandado de Suspensão do Exercício de Função Pública.

Ao todo 30 (trinta) policiais federais cumpriram as determinações judiciais expedidas pela 1a Vara Federal de São Luís/MA, que decorreram de uma representação elaborada pela Polícia Federal.

Se confirmadas as suspeitas, os investigados poderão responder por fraude à licitação (Art. 96, inciso I, Lei 8.666/93), peculato (Art. 312, Código Penal), lavagem de capitais (Art. 1o, caput, Lei 9.613/84) e associação criminosa (Art. 288, Código Penal).

A denominação “Estoque Zero” faz referência à inexistência da mercadoria objeto do contrato, tendo em vista que a empresa não possuía sequer uma única unidade de teste rápido em seu estoque na época da suposta venda

Serviço público presencial será suspenso por 10 dias e falta de máscara será punida

Em reunião realizada no final da tarde desta segunda-feira (1), o governador do Maranhão Flávio Dino (PCdoB) decidiu que não será decretado lockdown, mas afirmou que novas medidas restritivas vão ser tomadas após reunião com empresários nesta terça-feira.

“Estamos descartando a possibilidade de nesse momento haver um lockdown total. O que faremos é uma edição de normas com restrições de certas atividades, inicialmente pelo período de 10 dias, como restrições de grandes aglomerações” afirmou Flavio Dino

“Adotaremos medidas concernentes ao serviço público estadual, como a suspensão do trabalho presencial no serviço público por 10 dias, continuaremos fazendo a expansão de linhas de ônibus, leitos hospitalares, abrangendo estado e prefeituras” disse o governador.

”Faremos, também, uma força tarefa com os municípios, com a participação dos outros poderes para fiscalizar e punir quem não usar máscaras em vias públicas” ressaltou o governador.

A reunião realizada no Palácio dos Leões contou com a presença de vários gestores e autoridades. Veja abaixo a lista dos presentes:

Presentes
1. Alberto Pessoa Bastos – Defensor Público Geral
2.  Eduardo Nicolau procurador-geral de justiça
3. Simplício Araújo – SEINC
4. Joyce Santos Superintendente do Hospital Universitário da UFMA
5. Márcio Greik – Vice-prefeito Raposa
6. Mauriane Moura – Ass. da  Sec. de Saúde de Raposa
7. Eudes – Prefeito de Raposa
8. Marcos Pacheco
9. Karla Trindade
10. Carlos Lula
11. Diego Galdino
12. Paula – prefeita de Paço do Lumiar
13. Marcos Grande –
14. Pres. TJ  Lourival Serejo
15. Pref. Erlanio Xavier – FAMEM
16. Pres. Lourival Serejo – TJ
17. Sr. Mario Lobão – Direto Geral do TJ
18. Sr.  Washington Oliveira – Vice-presidente do TCE
19. Cel. Leite
20. Dr. Julinho Pref. São José de Ribamar
21. Marcelo Tavares
22. Pres. Othelino Neto – ALEMA
23. Igor Almeida – Sec. Adj. Comunicação SLZ
24. CAPELLI
25. Adolfo Fonseca – Procurador do município de Paço do Lumiar
26. Eduardo Braide – Prefeito SLZ
27. Márcio Jerry – SECID

 

Maranhão é destaque nacional por conta da tarifa social

O Maranhão se destaca hoje como o 2º melhor estado no Brasil em desempenho na Tarifa Social de Energia Elétrica – TSEE, com 79% de aderência do estado. Este resultado é fruto de uma importante parceria entre FAMEM, SEDES e Equatorial Maranhão.

Mais de 157 mil famílias passaram a receber o benefício em 2020. Esses valores economizados pelos clientes, provocou um aquecimento na economia do estado, com mais de 300 milhões de reais injetados por meio da Tarifa Social.

Os três municípios que mais cadastram clientes em 2020 foram: São Luís, Imperatriz e São José de Ribamar. Já os que mais evoluíram em quantidade de cadastros, foram: Davinópolis, São Raimundo das Mangabeiras e Sambaíba.  Para 2021, estima-se o cadastro de mais de 250 mil novas famílias, e a atualização de 206 mil cadastros de famílias já beneficiárias.

Assessoria de Imprensa da Equatorial Maranhão

Mas o que é ‘Agência Digital’ ?

Um novo conceito para atender às demandas dos clientes vem sendo implementado em algumas agências de atendimento presencial da Equatorial Maranhão. Denominado de Agência Digital, o espaço de autoatendimento fica dentro de algumas agências presenciais e oferece experiências diferentes aos clientes que buscam serviços da Distribuidora de energia elétrica, e podem ser realizados de maneira simples e rápida pelo próprio cliente por meio dos tablets e computadores disponíveis dentro desses espaços digitais, que possibilitam o autoatendimento com mais independência nas solicitações.

Nestes espaços, a distribuidora dispõe ainda, de colaboradores que podem auxiliar às pessoas que buscam um atendimento mais ágil, mas que porventura ainda encontram certa dificuldade em realizar os serviços sozinhas.  As agências digitais estão localizados na agência do bairro Cohafuma, em São Luís, e nos municípios de Imperatriz, Bacabal e Timon.

Isso faz parte dos investimentos da distribuidora em aprimorar suas ferramentas digitais para atender a necessidade de seus públicos, trazendo mais facilidade e comodidade para seus clientes.

 

Maranhão recebe ambulância da CBF

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) fez a entrega simbólica de uma ambulância para o Hospital de Cuidados Intensivos (HCI), como parte do projeto Craques da Saúde. No Maranhão, o hospital é referência na assistência a pacientes com a Covid-19.

O veículo foi recebido pelo diretor clínico da unidade, Marcus Granjeiro, e será a 25ª ambulância a ser entregue. A unidade de saúde, que integra a rede da Secretaria de Estado da Saúde (SES) e é gerenciada pela Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), foi inaugurada em abril de 2020 e já registrou mais de 2 mil altas médicas.

“É com sentimento de gratidão muito grande que a gente recebe essa homenagem, essa ambulância da CBF, que é um reconhecimento do nosso trabalho no enfrentamento da pandemia da Covid-19. Com isso, temos ainda mais uma força para que possamos lutar por cada maranhense. E estaremos aqui de pé até que nenhum maranhense precise de internação hospitalar pela doença. Podem contar com a gente. O HCI está aqui pronto para receber e acolher da melhor forma possível”, disse o diretor clínico Marcus Granjeiro.

A ideia, de acordo com a CBF, é valorizar o trabalho de todos que têm atuado na linha de frente do combate ao coronavírus. As ambulâncias serão destinadas às unidades do Sistema Único de Saúde (SUS) com maior número de pacientes recuperados de Covid-19 em cada unidade federativa. As entregas serão realizadas em jogos do Brasileirão e fazem parte de um agradecimento da CBF, da FIAT e de toda a comunidade do futebol brasileiro aos craques da saúde.

Carnaval Lava Pratos e as suas curiosidades em São José de Ribamar

2021 foi um ano diferente para os amantes do Carnaval em São José de Ribamar. Conhecido nacionalmente como um dos carnavais mais agitados fora de época, o tradicional Carnaval Lava Pratos dará espaço para algo muito maior e que requer conscientização e solidariedade para aqueles que têm enfrentado a pandemia de forma dolorida e de muitas perdas.

Porém, pensando nisso e não deixando essa chama se apagar, a Prefeitura de São José de Ribamar preparou, com carinho, 10 curiosidades sobre o mais charmoso carnaval fora de época do país.

1 – FAKE – Não é verdade que o Lava Pratos foi um evento realizado por garçons, tendo em vista que não existia garçom nessa época.

2 – FATO – O Lava Pratos começou depois da II Guerra Mundial, após a escola de samba Batuqueiro Naval visitar agremiações em São Luís, na terça-feira de Carnaval, como, por exemplo, Águia de Samba, Mangueira, Flor do Samba e Turma do Quinto, que fizeram uma promessa a São José de Ribamar, caso conseguissem as melhores colocações no Carnaval. Por esse motivo, as escolas da capital resolveram retribuir a gentileza, no primeiro domingo do pós-carnaval.

3 – MITO – O primeiro carnaval fora de época não é o Lava Pratos de São José de Ribamar, como muitos especulam. O primeiro carnaval fora de época é o de Feira de Santana (BA), no dia 27 de março em 1937. São José de Ribamar recebeu o segundo carnaval fora de época do país em 1946.

4 – FOFÃO – O personagem mais conhecido do Carnaval é o fofão. Esse personagem foi bem representado pelo ícone “Zé Capanga”, que se configurava com a melhor roupa de fofão para receber as escolas de samba naquela época.

5 – FANTASIA – Todos os personagens do Carnaval curtiam a festa de forma padronizada, com o uso de fantasias ao som das marchinhas de carnaval.

6 – CONCENTRAÇÃO – A concentração das escolas de samba era no bairro Cruzeiro e elas desfilavam até a Praça da Igreja, onde recebiam a benção e voltavam para o local de concentração para retornar a São Luís.

7 – ANTIGO FORMATO – Esse modelo de escolas de samba e marchinhas de carnaval durou até meados de 1980.

8 – NOVO FORMATO – Hoje, o Lava Pratos é uma mistura de vários ritmos. Reggae, axé, swingueira e outros ritmos descaracterizaram o tradicional desfile das escolas de samba.

9 – LOCALIZAÇÃO – O Carnaval Lava Pratos acontece no Parque Folclórico Terezinha Jansen, localizado na Avenida Beira Mar, em São José de Ribamar.

10 – SAUDADE – Pela primeira vez na história não é realizado o Carnaval do Lava Pratos em São José de Ribamar.

Anunciada mudança no Detran do Maranhão

O governador do Maranhão Flávio Dino anunciou mudança no Detran, nesta sexta-feira (19).

“O administrador Francisco Nagib, ex-prefeito de Codó, assumirá o cargo de Diretor Geral do DETRAN. Larissa Abdalla, que fez ótimo trabalho, será Subsecretária de Desenvolvimento Social” publicou o governador em suas redes sociais.

Estrutura pega fogo no Terminal da Vale no Maranhão

Na madrugada da última quinta-feira (14), ocorreu um incêndio em um dos carregadores de navio do Terminal Marítimo de Ponta da Madeira, em São Luís, no Maranhão. O incidente teria ocorrido no Píer 4 Sul do Terminal.

Apesar do susto, segundo informações da Vale, as brigadas de incêndio e o Corpo de Bombeiros foram acionados e o fogo contido ainda na madrugada dessa quinta (14).

Através de nota, a Vale informou que não foi registrado nenhuma vítima e nenhum dano ambiental foi identificado. Além disso, a empresa ainda relatou que o Terminal prossegue em operação e o local afetado passará por avaliação. As causas do incidente serão apuradas.

O Imparcial