Governo lança editais ampliando políticas de atenção à mulher

A secretária de Estado da Mulher, Ana Mendonça, lança nesta sexta-feira (17), às 17h, no Salão de Atos do Palácio dos Leões, os editais para a ampliação da Política Estadual de Atenção à Mulher Maranhense, com recursos que chegam a R$ 4 milhões.

Serão quatro editais do Plano Mais IDH, com o objetivo de apoiar e garantir direitos com capacitação, apoio técnico e financeiro que beneficiarão mais de 2 mil mulheres em todo o estado do Maranhão.

Sobre os editais

Edital 1 – “Mulheres Guardiãs”: Serão selecionadas 500 mulheres moradoras dos bairros de maior vulnerabilidade social e de zonas rurais dos municípios do estado do Maranhão, receberão auxílio financeiro mensal durante 12 meses de R$ 300,00 e capacitações técnicas para disseminar conhecimento sobre os direitos das mulheres e ampliar a conscientização sobre o ciclo de violência a que estão submetidas as mulheres maranhenses.

Edital 2 – “Te Empodera, Mulher!”: Serão selecionados 165 grupos produtivos liderados e compostos por mulheres existentes no estado que receberão um kit de equipamentos como fomento de suas produções no valor de até R$ 10 mil reais e capacitações técnicas e de gestão direcionadas a sua atividade econômica e que tem por finalidade modificar a relação de desigualdade social da mulher por meio da inclusão produtiva e ampliar sua participação na economia maranhense.

Edital 3 – “Fia não se cale!”: Contemplará 50 meninas, com premiação no valor R$ 35 mil reais que, se selecionadas, participarão de Hackathon, para desenvolver projetos para a resolução de problemas das meninas maranhenses. Serão premiadas as quatro equipes que apresentarem o projeto mais bem avaliado.

Edital 4 – “15 anos de Políticas Públicas voltadas para Mulheres no MA”: Em parceria com a Fapema, destinará R$ 20 mil para 10 artigos científicos originais, escritos por mulheres maranhenses. Os temas são sobre igualdade de gênero, combate a violência à mulher e autonomia econômica. Cada artigo escolhido receberá um prêmio no valor de R$ 2 mil.

 

Feira do Livro de São Luís abre hoje, na Praça Maria Aragão

A 14ª Feira do Livro de São Luís (FeliS) abre nesta sexta-feira (3), a partir das 19h, na Praça Maria Aragão, Centro. O evento terá como tema Com o tema ‘A liberdade nasce na consciência’. Na abertura, performances artísticas de personagens da literatura infantil, apresentação da banda da Guarda Municipal e conferência homenageando o poeta Nascimento Morais Filho. A FeliS prossegue até 12 de dezembro.

Para a edição foram convidados grandes escritores para sua programação, como Fabrício Carpinejar, Martha Medeiros, Adriana Falcão, Jessé Souza, Rosa Amanda Strausz, Marilda Castanha e Ilan Bremanm.

A Feira do Livro terá ainda atividades voltadas a leitores de todas as idades. Espetáculos e performances infantis, lançamentos de livros de autores locais e nacionais, debates, oficinas e rodas de conversa também integram as atrações do evento. A feira é promovida pela Prefeitura de São Luís e conta com o apoio do Instituto Cultural Vale.

A programação completa pode ser acessada no site saoluis.ma.gov.br.

Governo do Estado cancela festas de Reveillon

Estão suspensas as comemorações do Reveillon do Governo do Maranhão, informou o secretário de Estado da Cultura (Secma), Anderson Lindoso. A decisão segue o que já havia sido determinado pela Prefeitura de São Luís, que também cancelou as atividades de fim de ano. O motivo é o cenário de pandemia com a descoberta da nova variante da Cocvid-19, a ômicron, que teve os primeiros casos identificados na África.

O Governo já estava em negociação com as atrações para o período e na lista, o nome do sambista Diogo Nogueira. A festividade seria na Litorânea. As festas privadas permanecem a critério dos seus organizadores e sobre o Carnaval, fica sob responsabilidade dos municípios e o Governo acompanhará as decisões.

Conforme decreto estadual, está a cargo dos municípios promoverem ou não eventos, alertando para que sejam considerados o avanço da vacinação, a ocupação de leitos, contaminação menor que 1 e observar regras sobre o uso de máscaras.

 

MA: Credenciamento para Carnaval é prorrogado

Artistas, grupos, bandas e manifestações culturais carnavalescas podem se credenciar para o Carnaval 2022, nos dias 22 e 23 de novembro, das 14h às 17h, na sede da Secretaria de Estado da Cultura (Secma), na Avenida dos Holandeses. O prazo foi prorrogado para dar oportunidades a mais manifestações carnavalescas maranhenses.

O edital credenciará grupos e artistas para compor a programação oficial do Pré-Carnaval, Carnaval do Maranhão e demais eventos realizados ou apoiados pela Secma. Para residentes fora da Região Metropolitana de São Luís, serão aceitas inscrições enviadas via Correios, com AR – Aviso de Recebimento – e postadas até o último dia de inscrição, pelo endereço: Secretaria de Cultura (Avenida dos Holandeses, nº 1803, São Marcos, em São Luís, CEP: 65.077-357).

Um dos grandes diferenciais desse Edital é a possibilidade de contratações ao longo do ano de 2022, conforme necessidade da Administração Pública, dos artistas que forem credenciados. Isso garantirá agilidade nas contratações e, após habilitado, o proponente deve apenas levar as documentações à Secma, para o pagamento.

Jeitinho Carioca: a festa que é grande sucesso vai invadir São Luís no próximo domingo 21 de Novembro


No próximo domingo,21 de Novembro, a cidade de São Luís vai entrar na rota de um dos maiores eventos do Piauí, o “Jeitinho Carioca”; que já é um grande sucesso no estado vizinho e promete chegar com tudo na ilha do amor.

Gente bonita, música boa e uma mega estrutura de palco, som, luz e decoração, são características fortes dessa festa que promete conquistar o público maranhense.

O Jeitinho Carioca tem como forte o samba e o pagode, mas para agradar ainda mais o público, sempre rola um mix musical que passa pela swingueira, pelo funk, forró, sertanejo e música eletrônica, o repertório eclético, atende atende a todos os gostos.

Essa primeira edição conta com as bandas de samba e pagode; Argumento e Feijoada completa; a swingueira vai ficar por conta do animado Bruno Shinoda e nos intervalos tem DJ Rogério Mix. A atração principal, será a banda nacional SAMBÔ, famosa por misturar o samba com diversos outros estilos musicais, como o rock e o pop. A banda, se tornou conhecida inicialmente por
interpretar versões covers de artistas nacionais e internacionais com instrumentos típicos de uma roda de samba.

A festa vai acontecer no Bosque da Villa Reale; o bosque é uma área externa do espaço, até então nunca utilizada, ou seja, o Jeitinho carioca vai ter exclusividade e inaugurar o novo ambiente em grande estilo, a partir das 17h. Os ingressos já estão à venda no Sympla.com.br ou no número (98)97023-8400. Quer saber mais sobre o evento? visite @jeitinhocariocaslz no Instagram.

QUEM É O JEITINHO CARIOCA?
A marca iniciou suas atividades em 2019, por meio de um projeto idealizado pela produtora “Jeitinho Producões”, quando realizou o primeiro evento; uma festa temática, com música boa e estrutura impecável, seguindo o mesmo padrão de qualidade o Jeitinho carioca foi um completo sucesso em todas as edições realizadas em Teresina.

Em 2020 a marca invadiu o interior do Piauí e também do Maranhão, desde

então ganharam mais visibilidade e mesmo com a Pandemia, que acabou com a realização de grandes eventos, continua crescendo e se tornando uma das festas mais desejadas pelo público.

Prefeitura de Ribamar divulga edital para contratação de atrações natalinas

A prefeitura de São José de Ribamar divulgou edital de credenciamento de atrações culturais para a Feirinha Ribamar e o Natal da Nossa Gente. O certame selecionará artistas, projetos e segmentos culturais, para atender às necessidades da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer (Semtur).

Os interessados devem apresentar sua documentação e proposta de preços em envelope lacrado, na Semtur, até o dia 16 de novembro de 2021, das 8h às 12h e das 14h às 17h.

Uma das exigências do edital, é que o interessado, seja pessoa física ou jurídica, deve ser impreterivelmente residente ou sediado em São José de Ribamar há, pelo menos, dois anos.

O Natal da Nossa Gente e a Feirinha Ribamar serão realizados a partir de dezembro.

O edital, com todos os requisitos, exigências, documentações e prazos, pode ser consultado na Central de Licitação da prefeitura ou no link: https://www.sjr.ma.gov.br/salvar_arquivo.aspx?cdLocal=2&arquivo={BAACB008-BD6E-D1CD-E4DB-6EABBBCD46AD}.pdf

 

Camboa: Pedras que alimentam em São José de Ribamar

A pesca é umas das principais atividades que movimentam a economia da cidade de São José de Ribamar. O município é cercado por portos, e o aglomerado de embarcações garantem o pescado que sustenta muita gente na Cidade Balneária.

Existem várias formas de pescar. Entre elas, a pesca por meio de camboas ou currais, que são armadilhas fixas formadas por pedras ou estacas. Elas ficam submersas quando a maré enche, os peixes sobem junto com a maré e quando ela vaza, os cardumes ficam presos.

Esse tipo de pesca artesanal é tradicional em toda a costa brasileira. Em São José de Ribamar, também há relatos dessa forma de capturar peixes. De acordo com o pesquisador e historiador Antônio Miranda, as camboas exitem há séculos. “Em 1618, quando os Frades Franciscanos chegaram para catequizar os índios, eles já encontraram esse tipo de construção”, relatou.

A Ponta Verde era habitada pelos Índios Gamelas, que viviam da pesca e do cultivo de frutas, segundo Miranda. Apesar de parecer uma obra da natureza, as camboas foram feitas pelos indígenas. “Elas eram uma rica fonte de alimento, porque os índios conseguiam pegar uma enorme quantidade de peixe”, frisou.

Além da Ponta Verde, as camboas são encontradas nas praias de Panaquatira, Caúra e Barbosa. Antônio relata que as armadilhas precisavam passar por manutenção constantemente. “Com o vai e vem das marés, as pedras enterravam na areia, o que reduzia o tamanho do curral. Por essa razão, os índios empilhavam mais pedras. Algumas camboas eram maiores que um homem,” conta o pesquisador.

No século 20, com o crescimento populacional, algumas pessoas começaram a retirar as pedras dos currais para fazer alicerces das casas. Ainda hoje os currais podem ser vistos na Ponta Verde, Caúra e Panaquatira. Na Praia do Barbosa, apenas uma marcação de pedra indica o local que era uma fonte rica de peixes. Esse tipo de pesca continua na cidade.

 

 

44º Festival Guarnicê de Cinema começa hoje, 17

Começa nesta sexta-feira (17), a 44ª edição do Festival Guarnicê de Cinema. A abertura do festival será a partir das 19h, no Teatro Arthur Azevedo, em São Luís.

A solenidade será conduzida pela atriz Layla Calixto e pelo cineasta Fernando Braga. Toda a programação do Festival Guarnicê será gratuita. Por conta da pandemia, a lotação do teatro está reduzida. O uso de máscara no evento é obrigatório.

A edição terá início com a estreia nacional de ‘’O Jardim Secreto de Mariana’’, filme protagonizado por Andreia Horta e Gustavo Vaz e dirigido por Sergio Rezende. O diretor carioca, realizador de clássicos como ‘’Salve Geral’’ e ‘’O Homem da Capa Preta’’, será o homenageado nacional do Guarnicê.

Além das mostras competitivas nacionais e locais, o Guarnicê promove ações formativas que incluem oficinas cinematográficas e palestras. A programação de mostras competitivas e paralelas, as ações formativas e outras informações do Guarnicê podem ser consultadas no site do festival.

Considerado o mais tradicional evento do audiovisual maranhense, o Festival Guarnicê de Cinema é também o quarto mais antigo festival de cinema do Brasil, sendo realizado há 44 anos pela UFMA via Pró-reitoria de Extensão e Cultura (PROEC).Homenagens locais

A cerimônia de abertura do festival contará ainda com homenagens a Cleide Carneiro e Sandra Pinheiro, funcionárias da Diretoria de Assuntos Culturais (DAC) da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) que contribuíram com a produção de pelo menos 20 edições do Guarnicê.

O Museu da Memória Audiovisual do Maranhão (MAVAM) também será homenageado. A instituição ligada a Fundação Nagib Haickel é reconhecida como um instrumento de preservação e projeção das manifestações artísticas maranhenses.

 

São Luís, 409 anos de história a comemorar

A cidade Patrimônio Mundial da Humanidade completa, nesta quarta-feira (8), 409 anos de fundação. São Luís respira história, com suas lendas, mistérios e encantos, além de ter uma riqueza arquitetônica e uma cultura diversificada.

São Luís é a única cidade brasileira fundada pelos franceses, invadida por holandeses e colonizada pelos portugueses. A capital carrega os títulos de Atenas maranhense, Ilha do amor, capital brasileira da cultura e do reggae e, cidade Patrimônio Mundial da Humanidade. Seus títulos revelam as peculiaridades de São Luís, que agora, também se tornou a capital brasileira da vacina.

Parabéns à São Luís, a Cidade dos Azulejos, eterna Atenas Brasileira, a capital brasileira do reggae e muitos outros títulos que só evidenciam sua beleza e importância.

Museu Ferroviário do Maranhão recebe novo atrativo turístico

Trinta colaboradores para desembarcar um vagão de 44 toneladas e 26 metros de extensão na área externa do Museu Ferroviário e Portuário do Maranhão, localizado na Avenida Beira-Mar, em São Luís. O museu funciona no prédio que no passado abrigou a extinta Rede Ferroviária Federal S.A. (REFFSA).

O vagão doado integrou a frota de trem de passageiros na Estrada de Ferro Carajás durante as décadas de 1980 e 1990. A estrutura ainda é original, mas será totalmente restaurada pela mineradora e abrirá as portas para visitação pública em dezembro deste ano – já como extensão da área visitável do Museu Ferroviário e Portuário.

O Maranhão é um dos poucos estados do Brasil a contar com um serviço de trem de passageiros regular. Além de embelezar o local, o vagão ajuda a contar a importância das ferrovias, do papel social que elas desempenham, sobretudo aqui no Maranhão, com a Estrada de Ferro Carajás, que cruza 27 municípios entre o Maranhão e o Pará.