Governador Carlos Brandão fará cirurgia; previsão do procedimento é para esta quarta

Em suas redes sociais, o governador do Maranhão, Carlos Brandão (PSB) informou que irá se submeter a uma cirurgia em São Paulo, nesta terça-feira (17). Ele viajou na parte da tarde e citou que o procedimento poderia ser feito em outro momento, mas decidiu realizá-lo logo. O governador pontua ainda, que mesmo em recuperação, estará atento à agenda de compromissos do Governo.

Em seu comunicado nas redes sociais, ele tranquilizou a todos ressaltando que o procedimento cirúrgico é simples e pediu orações pela sua recuperação. Durante um exame de rotina, Brandão foi diagnosticado com um cisto, que será retirado na cirurgia. É previsto que o procedimento cirúrgico seja realizado amanhã, 18.

“De fato, farei uma pequena cirurgia, fruto de uma recomendação médica. Há anos, faço check-up com a mesma equipe e, há uns 15 dias, em um exame de rotina, foi diagnosticada a presença de um cisto. Havia a possibilidade de realizar a cirurgia futuramente, mas decidi fazer logo. O procedimento, que é simples, será realizado em breve. Nossa gestão continua a todo vapor e seguirei acompanhando todos os compromissos, pois a recuperação será tranquila, graças a Deus. Conto com as orações e boas vibrações de todos. Um forte abraço e até breve!”, postou o governador.

Casos de Covid-19 devem ser notificados, determina Ministério da Saúde

Portaria publicada pelo Ministério da Saúde no Diário Oficial da União, nesta segunda-feira (16), inclui a covid-19 na Lista Nacional de Notificação Compulsória de doenças, agravos e eventos de saúde pública.

A notificação compulsória é uma medida obrigatória tanto para médicos como para outros profissionais de saúde ou responsáveis pelos serviços públicos e privados de saúde, que prestam assistência ao paciente.

A comunicação pode ser feita à autoridade de saúde competente por qualquer pessoa, em casos de suspeita ou confirmação de doença ou agravo (dano) em paciente. No caso de profissionais da saúde, ela é obrigatória.

Para tanto, a portaria publicada atualiza o anexo com as 52 doenças ou agravos a serem notificados, bem como o prazo, que, dependendo, pode ser imediato (até 24 horas) ou semanal. Informa também a qual autoridade o caso deve ser informado – Ministério da Saúde ou secretarias estadual ou municipal de saúde.

Deputada Thaíza Hortegal está em São Paulo tratando da insuficiência renal

A deputada estadual, Thaíza Hortegal (PP) foi transferida para hospital em São Paulo, na quarta-feira (4), onde dará continuidade ao tratamento da insuficiência renal. ela usou suas redes sociais para comentar a transferência e agradecer ás orações pela sua recuperação.

“Depois de mais de uma semana internada em São Luís, foi necessária a minha transferência para São Paulo em busca de uma compreensão mais profunda do meu quadro de saúde, que ainda é delicado. Eu não tenho palavras pra agradecer o carinho de todos durante esses dias difíceis, saibam que vocês têm me fortalecido nesta jornada. Sigo com fé que a cura virá!”, escreveu em suas redes sociais.

Thaíza Hortegal estava internada no Hospital São Domingos, em São Luís, desde o dia 23 de abril, onde iniciou o tratamento e vinha se submetendo a sessões de hemodiálise.

Roseana se afastará da pré-campanha para se submeter a cirurgia

 

Roseana Sarney, que é pré-candidata ao governo do Estado e presidente do MDB, Roseana Sarney, vai se afastar da pré-campanha eleitoral para realizar tratamento de saúde. O anúncio foi feito em evento na sede do partido, no bairro Renascença, na segunda-feira (25).

A pré-candidata estará em São Paulo, dia 2 de maio, para realizar cirurgia segunda-feira, onde vai se submeter a uma cirurgia para tratar uma ocorrência de fungo.

“Vou a São Paulo na semana que vem. Tive um problema de fungo e vou até lá onde farei uma pequena cirurgia, na segunda-feira. Espero na semana seguinte já estar de volta”, comunicou Roseana.

Thaiza Hortegal segue internada para tratamento de saúde

Por conta de uma insuficiência renal aguda, a deputada estadual Thaiza Hortegal (PDT) foi internada no Hospital São Domingos, em São Luís, onde permanece, ainda sem previsão de alta, nesta segunda-feira (25). Ela está sendo submetida a sessões de hemodiálise, que deverá se estender ao longo de toda esta semana. A internação foi no último sábado.

Em nota, nas redes sociais da deputada, a assessoria de comunicação informou que ” desde o sábado, dia 23 de abril, a deputada estadual Thaiza Hortegal encontra-se internada no Hospital São Domingos, ainda sem previsão de alta”.

Família, amigos e equipe da Assembleia Legislativa do Maranhã (Alema) se solidarizam com este momento e esperam sua plena recuperação.

Desde de 2020, Thaiza Hortegal vem apresentando problemas de saúde, ainda consequências do seu grave quadro de Covid-19.

Prefeitura maquia situação do Socorrão I, denuncia deputado Yglésio

Uma imagem, postada há três dias nas redes sociais pelo prefeito Eduardo Braide, referente ao Socorrão I, chamou a atenção de deputados. A imagem mostra os corredores do hospital esvaziados. Porém, trata-se de ‘fake news’, segundo o deputado estadual Yglésio Moisés. Em outro post, na noite da segunda-feira (11), o parlamentar mostrou o corredor lotado de pacientes.

“O Prefeito Photoshop, amanhã, manda tirar todo mundo daí [Socorrão I] pra jogar pra Santa Casa, que está a maior imundície que vocês possam imaginar: homem em mesma enfermaria que mulher, banheiros porcos e algumas paredes prestes a desabar. Claro, sem esquecer da tortura em cima da enfermagem, que está com triplo dos pacientes e três meses de salários atrasados”, denunciou o deputado Yglésio.

Ele criticou ainda, a postura de alguns funcionários da atual gestão, que, em sua avaliação, defendem os atos errôneos do prefeito. “Que venha o próximo babão empregado na prefeitura debochar de mim ou reclamar do que escrevo. Podem vir, palhaços, espero que nunca um familiar de vocês precise desse tipo de mau atendimento”, disparou o deputado.

 

UFMA e UEMA vão exigir comprovante de vacina contra a Covid-19

A Universidade Federal do Maranhão (UFMA) anunciou que exigirá, para o retorno presencial das suas atividades acadêmicas e administrativas, no dia 11 de abril, a apresentação do comprovante de vacinação. As informações do ciclo vacinal contra a Covid-19 devem ser apresentadas, a partir do dia 6 de abril.

O servidor ou aluno que não informar o ciclo vacinal terá o acesso aos Sistemas da UFMA suspenso a partir de 11 de abril. A universidade também poderá solicitar, a qualquer momento, o comprovante de vacinação. Por isso, servidores, terceirizados e discentes deverão sempre portar as informações do seu ciclo vacinal.

Ainda de acordo com a resolução, todas as atividades presenciais na UFMA, seja em local aberto ou fechado, serão realizadas obrigatoriamente com o uso de máscaras e seguindo o protocolo de biossegurança de retorno das atividades presenciais.

UEMA

Membros da UEMA que não tiverem completado o ciclo de imunização contra o coronavírus devem permanecer dispensados de suas atividades presenciais, enquanto vigente a emergência de saúde.

Decreto do Governo do Estado flexibiliza uso de máscara em locais fechados

O governador Flávio Dino (PSB) emitiu decreto facultando o uso de máscaras em locais fechados no Maranhão. A determinação consta do Decreto nº 37.492, de 11 de março de 2022. Agora, a máscara não precisa mais ser usada em espaços fechados, desde que mais de 70% da população da cidade esteja vacinada com as duas doses ou dose única.

O texto diz que, em locais fechados “nos municípios em que mais de 70% da população tenha recebido as duas doses ou a dose única da vacina contra a Covid-19, conforme dados constantes do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI), o uso de máscaras faciais de proteção é uma faculdade de cada indivíduo, ou decorrerá de norma municipal, não havendo mais obrigatoriedade estadual”.

O uso é obrigatório em locais fechados nos municípios com menos de 70% de vacinados. A dispensa nesse caso se dará no acesso a estabelecimento que exija comprovação da imunização.

Devem continuar usando o item nestes locais, pessoas infectadas com a Covid-19 e que tenham necessidade de sair do isolamento.

O prefeito de São José de Ribamar, Dr. Julinho, solicitou, nesta sexta-feira (25), à Câmara Municipal, licença saúde de até 30 dias. A Câmara deve votar ainda hoje, em sessão extraordinária, a solicitação do gestor ribamarense, que se afastará para repousar por orientação médica.

Assumirá o comando do Executivo ribamarense, o vice-prefeito, Júnior Lago, logo após a aprovação do Legislativo.

São José de Ribamar vem se transformando em um canteiro de obras, com ações em diversos setores da administração, o que irá continuar, com o Júnior Lago no período em que substituirá o prefeito.

Bebê de 11 meses morre vítima de Covid-19 em Imperatriz

Um bebê, de 11 meses faleceu, nesta quarta-feira (23), em decorrência de complicações causadas pela Covid-19, em Imperatriz. A informação foi confirmada pela Prefeitura do município.

A criança era do sexo masculino e estava internada em um hospital particular da cidade. Ele não tinha comorbidades.

Este é o segundo caso, em menos de um mês, de crianças abaixo de um ano. que morreram no Maranhão vítimas da doença. A outra morte por Covid-19 foi de um bebê, de um mês e 16 dias, que morreu em Balsas, sul do estado.

O caso acende o alerta para a importância da vacinação contra a Covid-19 em crianças. Apesar das publicidades e empenho para ampliar o número de imunizados, a vacinação deste público tem avançado pouco no país.