Deputado Othelino Neto pede desfiliação do PCdoB


O deputado estadual Othelino Neto pediu a desfiliação do PCdoB e deve seguir para o PDT, que tem como liderança Weverton Rocha. O comunicado divulgado pelo partido é assinado pelo presidente da legenda Márcio Jerry.

O PCdoB é da base do governador Carlos Brandão, e Othelino declarou oposição ao governo Brandão. Em nota o presidente do partido disse que “avaliações diferentes do cenário político estadual e municipal em São Luís conduziram ao desfecho que agora comunicamos e ressaltamos que o PCdoB seguirá dialogando democraticamente com o deputado”.

Othelino faz oposição ao governo estadual e, em São Luís, apoiará a candidatura da irmã, Flávia Alves, a prefeita. Ela preside o Solidariedade no estado. Já o PCdoB caminhará com o deputado Duarte Jr

200 mil eleitores – Imperatriz terá 2º turno

A cidade de Imperatriz, na Região Tocantina do Maranhão, atingiu neste sábado (27), a marca de 200 mil eleitores. Os dados, contudo, ainda não estão consolidados porque também há casos de pessoas alterando o domicílio eleitoral da cidade para outros municípios.

Por conta disso, tanto o presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), desembargador José Gonçalo Filho, quanto o juiz Delvan Tavares, que coordena a campanha de alistamento eleitoral na cidade, adotam cautela.

“A princípio, sim [Imperatriz já alcançou os 200 mil eleitores]. Mas não estamos divulgando porque também está ocorrendo muita saída de eleitores”, declarou Gonçalo, neste fim de semana. Já Tavares diz que “é preciso esperar a consolidação dos números para anunciar”.

Leia mais: Prazo para transferir o título eleitoral acaba em 8 de maio

Segundo eles, só será possível confirmar o número após o fim do prazo para regularização, que é o dia 8 de maio. Apenas com a consolidação do resultado será possível cravar se o município estará apto a ter eleição em dois turnos para prefeito em outubro deste ano.

Campanha – A meta está sendo buscada em meio a uma intensa campanha realizada pela Justiça Eleitoral, em parceria com diversas entidades, chamada “Imperatriz 200 mil eleitores”.

O coordenador do esforço concentrado, Delvan Tavares Oliveira lembra que na última eleição realizada, a cidade registrava, aproximadamente, 183 mil votantes.

“Essa campanha carrega um aspecto positivo, pois além de impulsionar pessoas a votarem, também aprofunda o debate político na cidade”, declara.

Na semana passada, até o governador do Estado, Carlos Brandão (PSB), apareceu como reforço para que a cidade alcançasse o objetivo.

“A nossa querida Imperatriz está perto de alcançar a marca de 200 mil eleitores, o que vai possibilitá-la a realização de segundo turno. E o jovem que tem ou vai completar 16 anos até a data das próximas eleições terá uma participação de protagonismo. Portanto, faça parte desse momento histórico e regularize o seu título até 8 de maio!”, destacou ele, nas redes sociais.

Por Gilberto Leda

Eleições 2024: Imperatriz deve atingir 200 mil eleitores nos próximos dias

A cidade de Imperatriz está prestes a alcançar os 200 mil títulos registrados. Segundo levantamento do blog Diego Emir, faltam apenas 995 eleitores atingir a marca. para que Imperatriz atinja a marca.

Faltam 16 dias para o prazo final, a data limite é dia 8 de maio, tanto para a troca de domicílio eleitoral ou retirada do primeiro título para quem tem a partir de 16 anos.

Os números oficiais do TRE-MA apontam que Imperatriz possui, nesta segunda-feira (22), 199.905 títulos registrados.

Parnarama | Vereador acusado de agressão contra esposa renuncia ao cargo para evitar inelegibilidade

O vereador do município de Parnarama, Hindemburgo Lima dos Santos, renunciou ao cargo, na segunda-feira (8), como uma manobra para evitar inelegibilidade. Isso porque o parlamentar foi manchete nos últimos dias ao protagonizar a agressão contra sua esposa, no dia 4 de abril.

Na sessão ordinária da segunda, o vereador Miguel ainda chegou a iniciar a leitura de cassação do vereador por conta do fato, mas interrompeu após a casa legislativa ser informada, pelo advogado de Hindemburgo Lima dos Santos, a renúncia ao mandato.

A manobra permite que Hindemburgo possa buscar uma nova eleição como vereador no pleito deste ano, pois como não foi cassado, o vereador continua elegível. Caso fosse cassado o parlamentar estaria impedido pela legislação eleitoral.

Edivaldo Holanda Júnior desiste da disputa pela Prefeitura de São Luís

O ex-prefeito Edivaldo Holanda Júnior anunciou, nesta quarta-feira (10), que não disputará a Prefeitura de São Luís. A informação já circulava nos bastidores.

Sem fazer campanha, ausente das redes sociais, sem partido, Edivaldo Jr. chegou a aparecer com 12,9% das intenções der votos.

O levantamento foi registrado na Justiça Eleitoral sob o nº MA-04782/2024 e foi contratada pelo próprio instituto. Foram ouvidos 1.066 eleitores, entre os dias 29 e 31 de janeiro de 2024, para uma margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos, e intervalo de confiança é de 95%.

Mas desde o segundo semestre de 2023 o ex-prefeito começou a sinalizar que não sairia candidato, quando se afastou, novamente, do cenário político.

Através das redes sociais, Edivaldo confirmou sua saída da corrida eleitoral.

TRE decide pela cassação de Fernando Braide e Wellington do Curso

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão decidiu, nesta terça-feira (9), pela cassação da chapa do PSC, nas eleições de 2022, por fraude na cota de gênero. Com o placar de 5 a 2, os deputados estaduais Fernando Braide e Wellington do Curso estão no bolo da cassação.

A fraude foi confirmada nas candidaturas de Claudia Guilhermina e Vitória Gabriela, que foram consideradas laranjas no processo eleitoral.

Tanto Wellington do Curso como Fernando Braide afirmaram que não participaram da montagem da chapa do PSC e que por este motivo, não têm relação alguma com a tentativa de fraude à cota de gênero.

MDB forma chapa com 32 pré-candidatos a vereador

O deputado federal e presidente municipal do MDB, Cléber Verde, cumpriu a missão de montar uma chapa para tentar fortalecer o partido e conquistar espaços na Câmara de Vereadores de São Luís. A foto com todos os 32 pré-candidatos que compõem a chapa marca o início da batalha para reeleger Eduardo Braide (PSD) e eleger pelo menos três vereadores emedebistas.

“Chapa de candidatos a vereador completa, 32 nomes, preservado o percentual de mulheres candidatas. Todos comprometidos com a reeleição do atual prefeito, Eduardo Braide”, disse Cleber Verde a titular do blog.

Há três eleições o partido não consegue eleger nenhum vereador em São Luís, e a expectativa é que os nomes colocados na disputa, alguns já testados nas urnas, garantam a volta da legenda para o parlamento municipal.

Em levantamento feito pelo blog do Jorge Aragão, entre os novos nomes do MDB estão: a apresentadora e influencer digital ,Thadna Azevedo; o filho do presidente do MDB, Cléber Verde Filho; Enfermeira Fátima Sales; Thiagão Austríaco; o ex-vereador César Bombeiro; Flávio Foguinho; Irmão Dijé; Augusto Fernande; Diogo Ávila; Ciro Nolasco; João Filho; Rocasa; Jú Santos; Edmilson Vaz; Neide Carvalho; Dr Mário Luna e Henrique Marinho.

Contagem regressiva para fechamento da Janela Partidária

A corrida eleitoral 2024 vem se acirrando, principalmente em busca de uma melhor nominata dos partidos. A Janela Partidária fecha na próxima sexta-feira (5),e é uma boa oportunidade para vereadores e suplentes escolherem o melhor partido para garantir êxodo nas eleições. O prazo da Janela foi aberto no dia 07 de março, para que vereadores troquem de partidos e disputem a reeleição deste ano, sem sofrer sanções, como perda de mandato.

Pensando em garantir viabilidade para voltarem a sentar na cadeira parlamentar, Vereadores têm feito um movimento de afastamento de da Câmara de São Luís para dar espaço para os Suplentes, evitando que eles troquem de legenda em busca de melhores condições e oportunidade de espaço parlamentar.

Os partidos que correm mais intensamente para assegurar uma boa nominata são o MDB (Esvaziado com a decisão de manter apoio a Eduardo Braide deixando os apoiadores de Duarte Júnior insatisfeitos); PSB – Que tenta manter os vereadores e suplentes de mandato sem perda para outras legendas; o Novo- Com a recente chegada de Wellington do Curso que tenta juntar nomes para a disputa de vereadores; PSDB – Que vê uma provável debandada com a saída de nomes para o PSB; entre outros.

O PSB tem feito de tudo para que o seu chapão com mais de oito vereadores e, pelo menos quatro suplentes, não se esfacele. Tanto que vereadores de mandato
estão pedindo licença para dá espaço a suplentes que ameaçaram deixa
a legenda.

 

Ted Anderson revoluciona direito eleitoral com lançamento de Inteligência Artificial e plataforma completa

O advogado eleitoralista e constitucionalista, Ted Anderson, reuniu suas duas décadas de expertise e oferece o que há de mais atual no direito político para a batalha eleitoral: A inteligência artificial TedIA. O lançamento da plataforma Ted IA será, neste sábado (30), às 9h, no site tedanderson.com.br.

A Ted IA foi preparada ao longo dos últimos meses com o conteúdo completo de direito eleitoral atualizado.

A IA contará com atualizações constantes para que permaneça sempre com as informações mais recentes e
precisas. A plataforma vai além de uma “simples” inteligência artificial. Os futuros candidatos e partidos políticos, bem como suas equipes nas áreas afeitas que dispuserem do serviço, contarão com uma equipe multidisciplinar em Direito Eleitoral, Marketing Político, Contabilidade, Oratória e Reprogramação Mental.

Os dois últimos produtos são voltados especificamente para o candidato ou candidata, enquanto os demais podem ser utilizados por integrantes dos times de marketing, jurídico e contábil dos candidatos e partidos, a partir da assinatura única.

Para Ted Anderson, a TedIA garantirá um ‘equilíbrio de forças’ nas disputas eleitorais deste ano. “Independentemente do pré-candidato estar hoje em
posições inferiores nas pesquisas, ele terá conhecimento e uma equipe de trabalho suficientes para se colocar em igualdade aos players melhor posicionados, garantindo um equilíbrio de forças inédito nas disputas eleitorais deste ano”, afirma o advogado Ted Anderson.

O fenômeno já estabelecido da judicialização das batalhas eleitorais, com mudanças constantes de regras e aplicação rigorosa de multas pela Justiça Eleitoral exigirão dos futuros candidatos às eleições deste ano e dos partidos políticos um preparo ainda maior para o jogo eleitoral.

O uso da inteligência artificial nas eleições deste ano foi regulamentado pela Justiça Eleitoral. A Ted IA, além de cumprir rigorosamente com todos os dispositivos legais, poderá ser declarada nas futuras prestações de contas
eleitorais com tranquilidade.

Todo o acesso à TedIA, bem como aos conteúdos e lives exclusivas com a equipe multidisciplinar serão feitos através do site tedanderson.com.br. A partir do lançamento do produto, o pré-cadastro estará liberado aos interessados. Para garantir exclusividade a quem contratar o serviço, as assinaturas serão limitadas.

SERVIÇO
Evento: Lançamento da plataforma TedIA
Quando: Sábado (30), às 9h
Onde: tedanderson.com.br
Redes Sociais: @tedanderson.adv

Senado quer aprovar PEC do Fim da Reeleição até fim de 2024

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), disse que o Senado quer aprovar a PEC do fim da reeleição ainda em 2024. Segundo o presidente da Casa, o texto deve avançar em conjunto com o projeto de Código Eleitoral, para ambos serem aprovados na Casa ainda neste ano.

“Vejo toda a condição de aprovação ainda esse ano, não necessariamente no primeiro semestre, com apreciação sobre a questão do instituto da reeleição, o mandato de cinco anos e eventualmente da coincidência de eleições”, disse Pacheco a jornalistas. “Para que o Brasil possa sair desse estado permanente de eleições, que tem fomentado polarização, radicalização e muito ódio, sobretudo em redes sociais”.

Segundo Pacheco, o tema será amplamente debatido no Senado, com audiências públicas e sessões de debate. Como mostrou o Congresso em Foco, o fato de o Datafolha dizer que a maior parte da população é a favor da reeleição não deve afetar as discussões na Casa Alta.